Os efeitos do treinamento de força na marcha de pacientes com doença de Parkinson: uma revisão sistemática/ The effects of strength training on the gait of patients with Parkinson's disease: a systematic review

Amanda Cristina Rodrigues da Silva Teixeira, Andersson Goulart Santos Filgueira, Igor dos Santos Monteiro, Martha de Souza França

Abstract


A doença de Parkinson (DP) é uma síndrome progressiva e neurodegenerativa, que se caracteriza pela morte dos neurônios dopaminérgicos na região do encéfalo chamada de substância negra que apresenta sintomas motores e cognitivos. No Brasil, estima-se que cerca de 200 mil pessoas sofram com o problema. Em pessoas com Parkinson há diminuição dos passos largos, moderada diminuição da velocidade de movimento e distúrbios associados na amplitude do movimento. Para o auxílio do tratamento da DP, o exercício físico traz afirmações para melhora da qualidade de vida. O treinamento de força (TF) além do ganho de força muscular, pode proporcionar ao paciente de DP, a melhora das capacidades funcionais, influenciando positivamente as funções de locomoção, melhorando sua marcha e resultando na sua maior autonomia. Diante disto, o objetivo deste trabalho é avaliar os efeitos do treinamento de força na marcha de pessoas com doença de Parkinson. Esta pesquisa trata-se de uma revisão sistemática da literatura, a qual foi feita com buscas nas bases de dados eletrônicas: Biblioteca virtual em saúde (BVS) e Pubmed. Após a busca dos estudos publicados na literatura nos anos de 2015 a 2020 foram selecionados 14 artigos que se adequavam aos critérios de inclusão proposto neste estudo. Por fim, os resultados encontrados nesta pesquisa permiti-nos concluir que a utilização isolada do TF em conjunto com a terapia farmacológica para pacientes com DP apresentam resultados positivos que contribuem na melhora da capacidade funcional e parâmetros da função locomotora.


Keywords


parkinson, treinamento resistido, treinamento de força, marcha.

References


AMARAL-FELIPE, k. M.; YAMADA, P. A.; CURSINO, M. P.; RODRIGUES, B. F.;HALLAL, C. Z.; FAGANELLO-NAVEGA, F. R. Comparação de variáveis cinemáticas da marcha em esteira e em solo de indivíduos com doença de Parkinson. Motricidade, v. 13, n. 2, p. 18-26, 2017.

BARBALHO, M.; MONTEIRO, E. P.; COSTA, R. R.; RAIOL, R. Effects of low-volume resistance training on muscle strength and functionality of people with Parkinson’s disease.International journal of exercise science, 12(3), 567, 2019.

BALASH, Y.; PERETZ, C.; LEIBOVICH, G.; HERMAN, T.; HAUSDORFF, J. M.;

GILADI, N. Falls in outpatients with Parkinson's disease: frequency, impact and identifying factors. Journal of Neurology, v. 252, n. 11 p. 1310-1315, 2005.

CLAEL, S.; BRANDÃO, E.; RODRIGUES, J.; PAIVA, T. D.;WELLS, C.; CALAND, L.;BEZERRA, L. Cross-education em indivíduos com a doença de parkinson: um ensaio clínico randomizado. Geriatr., Gerontol. Aging (Impr.), 225-226,2018.

CARVALHO, A.; BARBIRATO, D.; ARAUJO, N.; MARTINS, J. V.; CAVALCANTI, J.L. S.; SANTOS, T. M; DESLANDES, A. C. Comparison of strength training, aerobic training, and additional physical therapy as supplementary treatments for Parkinson’s disease: pilot study. Clinical interventions in aging, 10, 183, 2015.

DEMONCEAU, M.; MAQUET, D.; JIDOVTSEFF, B.; FRANÇOISE, A.; DONNEAU, T.B.; CROISIER, J. L.; GARRAUX, G. Effects of 12 weeks of aerobic or strength training in addition to standard care in Parkinson’s disease: a controlled study. Eur J Phys Rehabil Med, 53, 184-200, 2017.

DE MORAES FILHO, A. V.; CHAVES, S. N.; MARTINS, W. R.; TOLENTINO, G. P.;

HOMEM, R. D. C. P. P.; de Farias, G. L.; Mota, M. R. Progressive Resistance Training Improves Bradykinesia, Motor Symptoms and Functional Performance in Patients with Parkinson’s Disease. Clinical Interventions in Aging, 15, 87, 2020.

DIBBLE, L. E.; FOREMAN, K. B.; ADDISON, O.; MARCUS, R. L.; LASTAYO, P. C.

Exercise and medication effects on persons with Parkinson disease across the domains of disability: a randomized clinical trial. Journal of neurologic physical therapy: JNPT, 39(2), 85, 2015.

FREITAS, E. V.; PY, L.; CANÇADO, F. A. X.; DOLL, J.; GORZONI, M. L. Tratado de geriatria e gerontologia. 3. ed. Rio de Janeiro: GUANABARA KOOGAN, 2013

GENTIL, P. Bases científicas do treinamento de hipertrofia/Paulog Gentil. 6. Ed. Charleston. SC. Createspace. 2019

GUEDES, D.P. Musculação: Estética e Saúde Feminina. 3. ed. São Paulo. Phorte. 2007 HELGERUD, J.; THOMSEN, S. N.; HOFF, J.; STRANDBRÅTEN, A.; LEIVSETH, G.;UNHJEM, R.; WANG, E. Maximal strength training in patients with Parkinson’s disease:impact on efferent neural drive, force-generating capacity, and functional performance.Journal of Applied Physiology, 129(4), 683-690, 2020.

IDE, B. N.; MURAMATSU, L. V.; RAMARI, C.; MACEDO, D. V.; PALOMARI, E. T.

Adaptações neurais ao treinamento de força. Acta Brasileira Do Movimento Humano, v. 4, n. 5, 2014.

LEAL, L. C.; ABRAHIN, O.; RODRIGUES, R. P.; DA SILVA, M. C.; ARAÚJO, A. P.;

DE SOUSA, E. C; CORTINHAS‐ALVES, E. A. Low‐volume resistance training improves the functional capacity of older individuals with Parkinson's disease. Geriatrics & gerontology international, 19(7), 635-640, 2019.

LIMA, A. C; PEREIRA, A.W. B.; VIEGAS, I. F.; QUEIROZ, E. M. S.; SOUSA, A. P. S; UCHOA, M. C. G.; LOPES, A. B. A.. Efeitos do treino resistido na reabilitação do equilíbrio em pacientes com doença de parkinson: revisão de literatura. Brazilian Journal Of Health Review, [S.L.], v. 3, n. 5, p. 15507-15521, 2020.

LOPES, C. D. C.; MAGALHÃES, R. A.; HUNGER, M. S.; MARTELLI, A. Treinamento

de fora e terceira idade: componentes básicos para autonomia. Arch Health Invest, v. 4, n. 1, p. 37-44, 2015.

MANCOPES, R.; BUSANELLO-STELLA, A. R.; FINGER, L. S.; NEU, A. P.; PACHECO,B.; TORRIANI, M. S. Influência da levodopa sobre a fase oral da deglutição em pacientes com Doença de Parkinson. Revista Cefac, v. 15, n. 3, p. 707-712, 2013.

MARINHO, Cândida Leão; NASCIMENTO, Vanusa; BONADIMAN, Beatriz da Silva Rosa; TORRES, Stella Regina Folhadela. Causas e consequências de quedas de idosos em domicílio. Brazilian Journal Of Health Review, [S.L.], v. 3, n. 3, p. 6880-6896, 2020.

MEZZAROBA, PAULO VICTOR; PRATI, ALESSANDRA REGINA CARNELOZZI. Influence of strength training on variables related to elderly autonomy. Acta Scientiarum. Health Sciences, v. 34, n. 2, p. 157-162, 2012.

MOREIRA, L. B.; SILVA, S. L. A. D.; CASTRO, A. E. F. D.; LIMA, S. S.; ESTEVAM, D.O.; FREITAS, F. A. S. D.; PEREIRA, D. S. Fatores associados a capacidade funcional de idosos adscritos à Estratégia de Saúde da Família. Ciência & Saúde Coletiva, 25, 2041- 2050, 2020.

NI, M.; SIGNORILE, J. F.; BALACHANDRAN, A.; POTIAUMPAI, M. Power training

induced change in bradykinesia and muscle power in Parkinson's disease. Parkinsonism & Related Disorders, 23, 37-44, 2016.

ORTIZ-RUBIO, A.; CABRERA-MARTOS, I.; TORRES-SÁNCHEZ, I.; CASILDA-

LÓPEZ, J.; LÓPEZ-LÓPEZ, L.; VALENZA, M. C. Effects of a resistance training program on balance and fatigue perception in patients with Parkinson's disease: A randomized controlled trial. Medicina clínica, 150(12), 460-464, 2018.

PAILLARD, T.; ROLLAND, Y.; BARRETO, P. S. Protective effects of physical exercise in Alzheimer's disease and Parkinson's disease: a narrative review. Journal of clinical neurology, v. 11, n. 3, p. 212-219, 2015.

PERRACINI, M. R.; RAMOS, L. R. R. Fatores associados a quedas em uma coorte de idosos residentes na comunidade. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 36, n. 6, p. 709- 716, 2002.

RAFFERTY, M. R.; PRODOEHL, J.; ROBICHAUD, J. A.; DAVID, F. J., POON, C.;

GOELZ, L. C.; CORCOS, D. M. Effects of Two Years of Exercise on Gait Impairment in People with Parkinson’s Disease: The PRET-PD Randomized Trial. Journal of neurologic physical therapy: JNPT, 41(1), 21, 2017.

SANTOS, S. C. A.; FIGUEIREDO, D. M. P. Preditores do medo de cair em idosos portugueses na comunidade: um estudo exploratório. Ciência & Saúde Coletiva, v. 24, n.1, p. 77-86, 2019

SANTOS, L.; FERNANDEZ-RIO, J.; WINGE, K., BARRAGÁN-PÉREZ, B.; GONZÁLEZ-GÓMEZ, L.; RODRÍGUEZ-PÉREZ, V.; FERNÁNDEZ-DEL-OLMO, M.

Effects of progressive resistance exercise in akinetic-rigid Parkinson's disease patients: a randomized controlled trial. European journal of physical and rehabilitation medicine, 53(5), 651-663,2017.

SILVA-BATISTA, C.; DE BRITO, L. C.; CORCOS, D. M. ROSCHEL, H.; De Mello, M.T.; PIEMONTE, M. E.; UGRINOWITSCH, C. (2017). Resistance training improves sleep quality in subjects with moderate Parkinson's disease. The Journal of Strength & Conditioning Research, 31(8), 2270-2277, 2017a.

SILVA-BATISTA, C.; CORCOS, D. M.; BARROSO, R.; DAVID, F. J.; KANEGUSUKU,H.; FORJAZ, C.; UGRINOWITSCH, C. Instability Resistance Training Improves Neuromuscular Outcome in Parkinson's Disease. Medicine and science in sports and exercise, 49(4), 652-660, 2017b.

SPAGNOL, G. P.; PUPO, A. del; SANTOS, J. A. S.; PINHEIRO, S. M.; CAVEDO, R. M.; SILVA, L. L. R.; BORTOLINI, G. G.; PIRES, J. G. P. Principais condutas terapêuticas da farmacologia, fitoterapia e neurocirurgia utilizadas na doença de parkinson: uma revisão da literatura. Brazilian Journal Of Health Review, [S.L.], v. 3, n. 5, p. 12535-12553, 2020

WERNECK, A. L. Doença de Parkinson: Etiopatogenia, clínica e terapêutica. Revista Hospital Universitário Pedro Ernesto, v. 9, n. 1, p. 10-19, 2010.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n1-167

Refbacks

  • There are currently no refbacks.