Primíparas Investigadas quanto a atividade física em uma Estratégia da Saúde da Família (ESF) / Primiparas Investigated Regarding Physical Activity in a Family Health Strategy (FHS)

Adryelle Lemes de Campos, Cristiane Leite Batista, Danyella Rodrigues de Almeida, Samira Michel Garcia

Abstract


Introdução: A fase gestacional proporciona ajustes fisiológicos e anatômicos que por sua vez ocasionam alterações no organismo das gestantes. Estas alterações poderiam ser melhor ajustadas quando conciliadas a prática de atividades físicas proporcionando benefícios para a gestante. Dentre os principais benefícios se destacam à prevenção as lombalgias, menor acumulo de tecido adiposo, melhora no sistema cardiovascular, entre outros. Objetivo: Avaliar o nível de atividade física entre gestantes atendidas em um posto do Programa de Saúde da Família (PSF) no município de Cáceres-MT. Materiais e Métodos: Trata- se de um estudo transversal, que reuniu um total de quinze gestantes que participaram dessa pesquisa, com idade entre 18 a 35 anos, que estavam entre o terceiro e nono mês de gestação, selecionadas no PSF do bairro Marajoara, município de Cáceres-MT. Foi aplicado o questionário internacional de atividade física (IPAQ) para a determinação do nível de atividade física. Resultados: Obteve-se em relação ao questionário aplicado um total 10 gestantes (66,7%) mulheres como sedentária, 3 (20,0%) como irregularmente ativas e somente 2 (13,3%) ativas. Quanto ao gasto calórico, observou-se em média que as gestantes gastam mais energia em atividades físicas no 2º trimestre de gestação. Conclusão: Conclui-se para esta amostra em particular que as gestantes desta ESF apresentam níveis reduzidos de atividade física no primeiro e terceiro trimestre de gravidez, as mesmas relatam ausência de esclarecimento sobre orientação de atividade física no período gestacional, o que requer a presença de um educador físico em uma ESF.


Keywords


Gravidez, Atividade física, Saúde.

References


ALVES,Gilvan Ferreira et all. Dermatologia e Gestação. An Bras Dermatol. 2005. Disponível em < www.scielo.br/pdf/abd/v80n2/a09v80n02.pdf> Acesso em 2005

ARTAL, Raul; WISWELL, Robert A.; DRINKWATER, Bárbara L. O exercício na gravidez. 2 ed. São Paulo: Manole, 1999.

BATISTA, D.C.; CHIARA, V.L.; GUGELMIN, S.A PATRÍCIA DIAS MARTINS, P.D.; Atividade física e gestação: saúde da gestante não atleta e crescimento fetal. Rev. Bras. Saúde Matern. Infant., Recife, v.3, n°2, p. 151-158, abr. / jun., 2003.

BARROS, T. L. Exercícios, Saúde e Gravidez – in: O Exercício – Preparação Fisiológica, Avaliação Medica, Aspectos Especiais e Preventivos. Ed. Atheneu, 1999.

BOUCHARD, Claude .Nível de Atividade Física e controle de peso na gravidez .1 ed.

São Paulo: Manole ,2003.

FERREIRA, Bruno Elias. O conceito de qualidade de vida inserido na atividade física: reflexão sobre concepções e evidências. Revista Digital Buenos Aires- Año 13- nº 122- Julho, 2008.

FINKELSTEIN, Ilana et all. Comportamento da Freqüência Cardíaca, Pressão Arterial e Peso Hidrostático de Gestantes em Diferentes Profundidades de Imersão. Rev. Bras. Ginecol. Obstet. - v. 26, nº 9, p. 685-690, 2004. Disponível em . Acesso em: set. 2007.

FLECK, Marcelo Pio de Almeida. O instrumento de avaliação de qualidade de vida da Organização Mundial da Saúde (WHOQOL-100): características e perspectivas. Ciênc. saúde coletiva vol.5 no.1 Rio de Janeiro 2000. Disponível em < www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-81232000000100004&script=sci_arttext>. Acesso em: maio 2008.

GUISELINI, Mauro. Aptidão física, saúde e bem estar: fundamentos teóricos e exercícios práticos. ed: 2. SP: Phorte, 2006.

LEMOS, Andréa et all. Avaliação da força muscular respiratória no terceiro trimestre de gestação. Rev. Bras. fisioter. v. 9, n°. 2 , p. 151-156, 2005. Disponível em

< www.assobrafir.com.br/site/imagens_up/...//Aval_gestacao.pdf >

LIMA, Fernanda R.; OLIVEIRA, Natália. Gravidez e Exercício. Rev. Bras. Reumatol. Vol. 45, n 3. São Paulo, 2005. Disponível em . Acesso em: set. 2007.

SILVA, Edna Lúcia da; MENEZES, Estera Muszkat. Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação. 3 ed. rev. Atual. Florianóplois Laboratório de Ensino a Distância da UFSC, 2001.

SOUZA, Ariani I; FILHO, Malaquias B.; FERREIRA, Luiz O.C. Alterações Hematológicas e Gravidez. Rev.bras.hematol.hemoter. 24 (1):29-36, 2002. Disponível em . Acesso em: set. 2007.

DE SOUZA, Ianaria C; Batista, Juliana C. de C et al. Alterações corporais e psíquicas durante a gestação. In: www.webartigos.com/articles/16067/1/alteracoes-corporais-e-psiquicas-durante-a-gestacao/pagina1.html.

www.eps.ufsc.br/disserta98/marcia/cap3.htm Metodologia acesso em 28/10/2009

www.efdeportes.com/efd59/gestac.htm acesso em 28/10/2009

GALLUP, E. Aspectos legais da prescrição de exercícios para a gravidez. Seção III: Aplicações práticas. In: Artal R, Wiswell AR, Drinkwater LR. O exercício na gravidez. São Paulo: Manole; 1999. p. 293-8.

TENDAIS, Iva, FIGUEIREDO, Bárbara e MOTA, Jorge. Actividade física e qualidade de vida na gravidez. Análise Psicológica. (2007), 3 (25): 489-501.

TEIXEIRA, P. C.; MATSUDO, S. M. M.; ALMEIDA, V. S. DE. Auto-estima e imagem corporal de gestantes de acordo com o nível de atividade física. R. bras. Ci e Mov. 2008; 16(1): 57-65.

TAKITO, Monica Yuri; NERI, Lenycia de Cassya Lopes; BENÍCIO, Maria Helena D´Aquino

Avaliação da reprodutibilidade e validade de questionário de atividade física para gestantes. Rev Bras Med Esporte – Vol. 14, No 2 – Mar/Abr, 2008.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n1-145

Refbacks

  • There are currently no refbacks.