Prevalência de comorbidades clínicas em portadores de transtornos mentais acompanhados no Centro de Atenção Psicossocial / Prevalence of clinical comorbidities in patients with mental disorders accompanied at the Center for Psychosocial Attention

Josineide de Oliveira Novo França, Alaidistania Aparecida Ferreira, Taianny Amazonas Lopez, Caio César de Oliveira Freitas, Neil Emerson Silva de França, Silvani Vieira Cardoso, Vivianne Brandt Pereira Brasil

Abstract


Objetivo: verificar a ocorrência de comorbidades clínicas nos portadores de transtornos mentais graves atendidos no Centro de Atenção Psicossocial, a relação entre elas e se fazem acompanhamento para suas comorbidades e onde o fazem. Metodologia: Trata-se de um estudo transversal de abordagem quantitativa, amostra de 172 adultos, de ambos os sexos, as informações foram coletadas através da análise dos prontuários, entrevista, avaliação antropométrica e aferição pressão arterial sistêmica. As análises foram feitas com o software R versão 3.2.2. Resultados: A esquizofrenia foi o transtorno mental mais frequente com 34,3%, 52 participantes (30,2%) possuíam outra doença clínica, dentre as comorbidades encontradas, o diagnóstico de H.A.S foi o mais prevalente com 29 participantes, seguido por DM II nove participantes, dos quais sete apresentavam o diagnóstico para ambas.(86,5%) realizam acompanhamento para comorbidades, sendo 14 no próprio serviço, 14 participantes na UBS, 15 participantes em outros órgão públicos e dois em consultórios particulares Conclusão: Os dados revelam que as comorbidades estão presentes nos portadores de transtorno mental grave. Entretanto, os testes estatísticos não evidenciaram relação direta entre ambas, e sim, a presença de fatores de risco para o desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis, fatores estes, sobrepeso/obesidade e sedentarismo.


Keywords


Saúde Mental, Hipertensão Arterial, Doenças Não Transmissíveis, Assistência Integral À Saúde.

References


Cardoso et al, Reforma Psiquiátrica e a Política Nacional de Saúde Mental, Tempus, actas de saúde colet, Brasília, 8(1), 57-63, mar, 2014/ ISSN 1982-8829.

APA. Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais/DSM-V. American Psychiastric Association. [Tradução Maria Inês Correa Nascimento et al.. Porto Alegre: Artmed,]. 2014.

Brasil. Ministério Da Saúde. Caderno De Atenção Básica: Saúde Mental. Brasília, 2013. [Acessado em: 05 de março 2019]. Disponível em: http://189.28.128.100/dab/docs/portaldab/publicacoes/caderno_34.pdf.

Santos, E. G. Dos; Siqueira, M. M. De. Prevalência Dos Transtornos mentais na população adulta brasileira: uma revisão sistemática de 1997 a 2009. Rio de Janeiro. Jornal Brasileiro de Psiquiatria [online] 2010; (59)3: 238-246. DOI: 10.1590/S0047-20852010000300011.

Abelha, L. Depressão, uma questão de saúde pública. Editorial. Cad. Saúde Colet., 2014, Rio de Janeiro, 22 (3): 223. DOI: 10.1590/1414-462X20140003000.

Brasil. Ministério da saúde. Secretaria de atenção à saúde. Departamento de Atenção Básica. Diretrizes para o cuidado das pessoas com doenças crônicas nas redes de atenção à saúde e nas linhas de cuidado prioritárias Brasília, 2013.

Organização Pan-Americana Da Saúde (OPAS). Linhas de cuidado: hipertensão arterial e diabetes. 2010, Brasília.

Souza. M.F.M et al. Transição da saúde e da doença no brasil e nas unidades federadas durante os 30 anos do Sistema Único de Saúde Changes in health and disease in Brazil and its States in the 30 years since the Unified Healthcare System (SUS) was created. Ciência & Saúde Coletiva, 23(6):1737-1750, 2018. DOI: 10.1590/1413-81232018236.04822018.OMS.

Demarco, D. D. A.; Jardim, V. M. D. R.; Kantorski, L. P. Perfil dos familiares de usuários de Centros de Atenção Psicossocial: distribuição por tipo de serviço. Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online, 2017. 9(3): 732.

Branquinho, J.S. et al. Doenças crônicas em pacientes com transtornos mentais. revista eletronica gestão e saúde. 2014. 05 (0): 2458- 64. ISSN: 1982-4785.

Prado, M. F. Do; Sá, M. C.; Miranda, L. O paciente com transtorno mental grave no hospital geral: uma revisão bibliográfica. Saúde em debate, 2015. 39 (spe): 320–337.

Paes, M. R.; Maftum, M. A. Percepções Da Equipe De Enfermagem De Um Pronto atendimento sobre a pessoa com transtorno mental. Revista de Enfermagem da UFSM, 2013; 3(3): 461–469.

Ferreira, T.P.S, et al. Produção Do Cuidado Em Saúde Mental: Desafios Para Além dos muros institucionais. Interface: Comunicação saúde e educação. 2017; 21(61):373-84 (Botucatu).. DOI: 10.1590/1807-57622016.0139.

World Health Organization. Obesity: preventing and managing the global epidemic. Report of a World Health Organization Consultation. Geneva: World Health Organization. WHO Obesity Technical Report Series. 2000, (284): 256.

Abeso, Associação Brasileira Para O Estudo Da Obesidade E Da Síndrome Metabólica, Diretrizes Brasileiras de Obesidade, São Paulo 2016; (4).

OMRON, Manual de instruções, Balança de controle corporal : balança de Bioimpedância, Modelo HBF.514C, 2014.

SBC-Sociedade Brasileira de Cardiologia, 7ª diretrizes Brasileira de Hipertensão Arterial, Revista da sociedade Brasileira de Cardiologia. 2017 set, 107 (3):

Brasil. Conselho Nacional de Saúde. Resolução n° 466, de 12 de dezembro de 2012. Aprova normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Brasília: Diário Oficial da União, 2013.

Brostidt, E.M Et Al , Health Care Use, Drug Treatment And Comorbidity In Patients with schizophrenia or non-affective psychosis in Sweden: a cross-sectional study BMC Psychiatry 2017. DOI 10.1186/s12888-017-1582-x.

Hendrie, H. C., Hay, D., Lane, K. A., Gao, S., Purnell, C., Munger, S., Callahan, C. M. (2013). Comorbidity Profile and Health Care Utilization in Elderly Patients with Serious Mental Illnesses. The American Journal of Geriatric Psychiatry : Official Journal of the American Association for Geriatric Psychiatry, 21(12) .DOI: https://doi.org/10.1016/j.jagp.2013.01.056.

Gomes, E.T e Bezerra, S.M.M.S. Níveis pressóricos de pacientes em acompanhamento pelo Programa Hiperdia Pressure levels of patients followed by the Hiperdia Program. ABCS Health Sci. 2018; 43(2):91-96. DOI: http://dx.doi.org/10.7322/abcshs.v43i2.1076.

Nasser , F. J. et al, Doenças Psiquiátricas e o Sistema Cardiovascular: Interação Cérebro e Coração. Psychiatric Disorders and Cardiovascular System: Heart-Brain Interaction SciInternational Journal of Cardiovascular Sciences. 2016 ;29(1):65-75. DOI: 10.5935/2359-4802.20160003.

Garcia, G.D.V et al. Apoio matricial na atenção à saúde mental em uma regional de saúde, Paraná, Brasil, Revista Saúde e Pesquisa, v. 10, n. 3, p. 423-432, setembro/dezembro 2017 - ISSN 1983-1870 - e-ISSN 2176-9206. DOI: http://dx.doi.org/10.177651/1983-1870.2017v10n3p423-432.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n1-114

Refbacks

  • There are currently no refbacks.