Análise da assertividade na técnica de higienização das mãos pelos profissionais de enfermagem do HUAP / Assertiveness analysis in hand sanitizing technique by HUAP nursing professionals

Marilda Andrade, Pedro Paulo Corrêa Santana, Lavinia Firmino Cardoso dos Santos Faria, Rhanã Amaral Macedo, Thaíssa Fernandes Oliveira

Abstract


É de conhecimento de todos os profissionais de saúde que a higienização das mãos é a forma mais simples e barata de se prevenir infecções relacionadas à assistência à saúde, entretanto, diversos trabalhos mostram que a execução desta técnica entre os profissionais de saúde possui uma adesão insuficiente e falha. O presente estudo teve por objetivo avaliar a execução da técnica de higienização das mãos pela equipe de enfermagem do Hospital Universitário Antônio Pedro (HUAP),  identificando realização das etapas e por objetivo específico discutir o processo de educação em saúde na qualificação da equipe de enfermagem no controle da infecção relacionada à assistência à saúde. Trata-se de uma pesquisa descritiva, com abordagem quantitativa, do tipo observação sistemática não participante. A coleta de dados foi realizada em três etapas. Na primeira, ocorreu um diagnóstico situacional no setor atribuindo aos critérios de inclusão e exclusão dos setores do HUAP. Na segunda etapa houve a aplicação do check-list através da observação não participante. A terceira etapa da pesquisa foi compreendida pela análise das informações obtidas através da observação não participante. A coleta de dados foi realizada com 17 funcionários e obteve-se como resultado que: 100% dos candidatos entrevistados realizaram a técnica incorretamente, não cumprindo todas as etapas preconizadas e também em menos tempo do que o estipulado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA. Dessa forma a higienização das mãos não é realizada de uma forma eficaz para a finalidade de remover os microrganismos que colonizam as camadas superficiais da pele, retirando a sujidade. Com base nesses resultados que obtidos, há uma necessidade de dar continuidade com esse projeto trabalhando junto com a equipe do CTI, para que esses números mudem para melhor.


Keywords


Segurança do Paciente, Desinfecção das Mãos, Controle de Infecções.

References


BRASIL. Agência nacional de vigilância sanitária. Assistência Segura: Uma Reflexão Teórica Aplicada à Prática Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Brasília: Anvisa, 2017.

BRASIL. Agência nacional de vigilância sanitária. Manual de Referência Técnica para a Higiene das Mãos. Brasília: Anvisa, 2015.

GERÔNIMO, Ana Géssyca Silva; MONTELES, Amanda Oliveira; GIRÃO, Ana Lívia Araújo. Avaliação da implementação dos protocolos de segurança do paciente pela equipe de enfermagem em urgência e emergência. Brazilian Journal of Health Review, v. 3, n. 4, p. 10775-10787, 2020.

WHO. Save lives: clean your hands 5 may 2019. 2019a. Disponível em: . Acesso em: 29 mai. 2019.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n1-103

Refbacks

  • There are currently no refbacks.