Vivências de enfermeiros em uma unidade de terapia intensiva neurológica / Experiences of nurses in a neurological intensive care unit

Julia Maria Pacheco Lins Magalhães, Ana Karolina dos Santos Ferreira, Camila Feitoza Maciel, Carla Danielle Botelho Silva, Janinne Santos de Melo, Karulyne Silva Dias, Marcela Vieira de Carvalho Santos, Mayra Villiany Siqueira Damasceno

Abstract


Introdução: a equipe de enfermagem está ligada a todo processo de organização e administração de recursos humanos e materiais das Unidades de Terapia Intensiva, já que é responsável por atender as necessidades humanas fundamentais dos pacientes e seus familiares. Na Unidade de Terapia Intensiva Neurológica a que se refere o estudo há 02 enfermeiros assistenciais em cada turno; para os 10 leitos existentes; estando, assim, de acordo com a RDC 7 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) de 2010 que preconiza 01 enfermeiro no mínimo para cada 08 leitos. Objetivo: descrever as vivências de enfermeiros atuantes em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neurológica. Método: trata-se de um estudo do tipo descritivo, observacional, exploratório do tipo relato de experiência. A coleta dos dados ocorreu através das vivências de enfermeiras atuantes na UTI Neurológica do Hospital Memorial Arthur Ramos, na cidade de Maceió-AL, no período de julho a agosto de 2017. A pesquisa somente foi iniciada após a autorização da instituição hospitalar. Resultados:os enfermeiros da UTI prestam uma assistência de forma integral, obtendo uma visão holística do paciente. Cumprem 05 etapas do Processo de Enfermagem (PE), realizam o histórico de enfermagem, o diagnóstico, o planejamento, a implementação e a avaliação. Dentre as ações dos enfermeiros na rotina diária observa-se: a anamnese; o exame físico, que compreende a avaliação pupilar a cada 2 horas, utilização das Escalas de Coma de Glasgow e da escala de RASS. Na visita multidisciplinar onde os técnicos de enfermagens também participam, é traçado o plano de cuidado específico para cada paciente. Conclusão: o enfermeiro é de suma importância na rotina da UTI Neurológica, pois tem papel fundamental no cuidado do paciente e no bom funcionamento da unidade. Contribuições ou implicações para a Enfermagem: reforçar como os enfermeiros de cuidados intensivos auxiliam no tratamento de pacientes críticos como integrante da equipe multiprofissional da UTI.


Keywords


Cuidados Críticos, Unidade de Terapia Intensiva, Equipe de Assistência ao Paciente, Cuidados de Enfermagem, Enfermagem de Cuidados Críticos.

References


DICCINI, S. The challenge of neuro intensive care units. Acta paul. enferm., São Paulo, v. 25, n. spe1, p. iii-iv, 2012. Disponível em: < https://doi.org/10.1590/S0103-21002012000800001>. Acesso em 27 Nov. 2020. .

Epimed Solutions. Disponível em: . Acesso em 13 Dez. 2020.

EVANGELISTA, V.C., et al . Equipe multiprofissional de terapia intensiva: humanização e fragmentação do processo de trabalho. Rev. Bras. Enferm., Brasília , v. 69, n. 6, p. 1099-1107, dez. 2016 . Disponível em <. https://doi.org/10.1590/0034-7167-2016-0221>. Acesso em 13 dez. 2020.

FAVARIN, S.S.; CAMPONOGARA, S. Perfil dos pacientes internados na unidade de terapia intensiva adulto de um hospital universitário. Rev Enferm UFSM. 2012; 2(2):320-9. Disponível em: . Acesso em 13 dez. 2020.

MONTANHOLI, L.L.; MERIGHI, M.A.B.; JESUS, M.C.P. Atuação da enfermeira na unidade de terapia intensiva neonatal: entre o ideal, o real e o possível. Rev Latino-am Enferm. 2011; 19(2):301-8. Disponível em: < https://www.scielo.br/pdf/rlae/v19n2/pt_11>. Acesso em 13 dez. 2020.

RESOLUÇÃO - RDC Nº 26, DE 11 DE MAIO DE 2012.

SILVA, G.R.F, et al. Tecnologias nas ações em enfermagem: utilização de escalas/testes. Revista de Enfermagem da UFPI. 2012. Jan-Abr; 1(1): 71-76. Disponível em: . Acesso em 13 Dez. 2020.

SOUZA, C.T.; PRADO, R.T. A utilização da escala de braden na UTI para prevenção de úlcera por pressão. Revista EDUC – Faculdade de Duque de Caxias, v.3 n.1, Jan-Jun. 2016. Disponível em: < http://uniesp.edu.br/sites/_biblioteca/revistas/20170608151641.pdf>. Acesso em 13 Dez. 2020.

VIANA, R.A.P.P.; TORRE, M. Enfermagem em Terapia Intensiva. Barueri, SP: Manole, 2017. Disponível em: < https://doi.org/10.1590/S0104-11692013000400006>. Acesso em 13 Dez. 2020.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n1-076

Refbacks

  • There are currently no refbacks.