Prescrição de medicamentos por enfermeiros: opinião de médicos e enfermeiros das unidades básicas de saúde / Prescription of medicines by nurses: opinion of physicians and nurses from the basic health units

Wagner Carvalho de Lima, Magna Rafaela de Castro, Aliny Synara Rodrigues da Silva, Daniella Vilar Assis, Erika Cristiane Soares da Silva, Lucicleide Naildes da Silva, Raquel Bezerra dos Santos, Thyago da Costa Wanderley

Abstract


Objetivo: Conhecer a opinião dos médicos e enfermeiros das Unidades Básicas de saúde sobre a prescrição de medicamentos por enfermeiros na Atenção Básica em Caruaru-PE. Método: Estudo descritivo-exploratório, transversal com abordagem qualitativa. Participaram do estudo 19 enfermeiros e 4 médicos das UBS do município de Caruaru-PE. Resultados: 78,3% dos profissionais conhecem a Enfermagem com Prática Avançada e em relação ao sentimento sobre o enfermeiro ter autonomia para prescrever medicamentos na Atenção Básica, 3 (13%) foram Neutros, 8 (34,8%) acham Bom e 12 (52,2) Excelente. Foram elencadas quatro categorias temáticas: reconhecimento e aceitabilidade da enfermagem prescritiva; melhoria do acesso e resolutividade na Atenção Básica; prescrição de medicamentos pela enfermagem: baixa exploração e discussão durante a graduação; criação de protocolos e capacitação para prescrição; fazer saúde: modelo médico centrado x multiprofissional. Conclusão: O estudo apresentou opinião positiva dos profissionais, médicos e enfermeiros, sobre a prescrição de medicamentos por enfermeiros na Atenção Básica, entretanto, é preciso ressaltar que essa atividade necessita de capacitação e respaldo, vez que não há nas grades curriculares matéria que trate da prescrição, o que leva os profissionais enfermeiros à insegurança em adotar essa práxis.

 

 


Keywords


Enfermeiros, Prescrições de Medicamentos, Atenção Primária à Saúde.

References


Nascimento WG, Uchôa SAC, Coêlho AA. Clementino FS, Cosme MVB, Rosa RB, et al. Prescrição de medicamentos e exames por enfermeiros: contribuições à prática avançada e transformação do cuidado. Rev. Latino-Am. Enfermagem vol.26 Ribeirão Preto 2018 Epub 25-Out-2018

Camboim JCA, Souza MNA, Lima CB, et al. PRESCRIÇÃO DE MEDICAMENTOS POR ENFERMEIROS: LEGALIDADE, PRÁTICA E BENEFÍCIOS. São Paulo: Revista Recien. 2017; 7(19):15-27

Martiniano CS, Andrade PS, Magalhães FC, et al. LEGALIZAÇÃO DA PRESCRIÇÃO DE MEDICAMENTOS PELO ENFERMEIRO NO BRASIL: HISTÓRIA, TENDÊNCIAS E DESAFIOS. Texto Contexto Enferm, Florianópolis, 2015 Jul-Set; 24(3): 809-17

Vasconcelos RB, Araújo JL. A PRESCRIÇÃO DE MEDICAMENTOS PELOS ENFERMEIROS NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA. Cogitare Enferm. 2013 Out/Dez; 18(4):743-50

Oguisso T, Freitas GF. Enfermeiros prescrevendo medicamentos: possibilidades e perspectivas. Rev Bras Enferm 2007 mar-abr; 60(2):141-4.

Borges IAL. Consulta de enfermagem, prescrição de medicamentos e solicitação de exames por enfermeiros na atenção básica à saúde. Enfermagem em Foco 2010; 1(1):05-08

Bellaguarda MLR, et al. Autoridade Prescritiva e Enfermagem: uma análise comparativa no Brasil e no Canadá. Rev. Latino-Am. Enfermagem vol.23 no.6 Ribeirão Preto Nov./Dec. 2015.

CFM. Demografia Médica: Brasil possui médicos ativos com CRM em quantidade suficiente para atender demandas da população. Disponível em: . Acesso em 24.05.20.

CREMEPE. PERNAMBUCO TEM 1,73 MÉDICO POR MIL HABITANTES, OU SEJA, 21% A MENOS DO QUE A MÉDIA NACIONAL. Disponível em: . Acesso em 24.05.20.

Senado Nnotícias. Brasil tem 48% da população sem coleta de esgoto, diz instituto trata Brasil. Disponível em: . Acesso em 24.05.20.

Bryant-Lukosius D, Valaitis R, Martin-Misener R, et al. Enfermagem com prática avançada : uma estratégia para atingir cobertura universal de saúde e acesso universal à saúde. Rev. Latino-Am. Enfermagem. 2017;25:e2826

Cabral RWL, et al. OLHAR DOS ACADÊMICOS DE ENFERMAGEM ACERCA DA PRESCRIÇÃO DE MEDICAMENTOS NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA. Rev enferm UFPE on line., Recife, 8(11):3890-6, nov., 2014.

Protocolo de cuidados à saúde e de organização do serviço / Marcos Azeredo Furkim Werneck, Horácio Pereira de Faria e Kátia Ferreira Costa Campos. Belo Horizonte: Nescon/UFMG, Coopmed, 2009.

Neto MVM, Rewa T, Leonello VM, et al. Prática avançada em enfermagem: uma possibilidade para a Atenção Primária em Saúde?. Rev Bras Enferm [Internet]. 2018;71(Supl 1):716-21.

Justiça garante direito à solicitação de exames por enfermeiros. Disponível em: . Acesso em: 05.06.20

Fernandes MNF, Lopes KSM, Rocha FAC. A PRESCRIÇÃO DE MEDICAMENTOS NA ESTRATÉGIA DE SAÚDE DA FAMÍLIA: PERCEPÇÃO DE ENFERMEIROS. Rev Enferm UFSM 2016 Jul/Set.;6(3): 382-392




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n1-070

Refbacks

  • There are currently no refbacks.