A utilização de tecnologias educacionais para o ensino de primeiros socorros ao público infantil: Um relato de experiência / The use of educational technologies for teaching first aid to children: An experience report

Lauany Silva de Medeiros, Karen Silva de Castro, Renata Campos de Sousa Renata Campos de Borges, Milena Coelho Fernandes Caldato, Daniele Lima dos Anjos Reis, Jose Ronaldo Teixeira de Sousa Junior, Ismaelino Mauro Nunes Magno, Genislaine Ferreira Pereira

Abstract


Objetivo: Dissertar sobre a confecção de tecnologias lúdicas, como instrumento de interação entre o brincar e o aprender a salvar vidas. Metodologia: Trata-se de um relato de experiência de cunho descritivo, qualitativo e exploratório, acerca da utilização de tecnologias educacionais no ensino de primeiros socorros ao público infantil. A pesquisa ocorreu com crianças que possuíam a faixa etária de 3 a 12 anos de idade, que estavam regulamente matriculadas em duas turmas do projeto social, no qual ministravam-se aulas acerca de PS e implantava-se tecnologias lúdicas com a objetivo de auxiliar no processo de ensino e aprendizagem. Resultados: O  uso das tecnologias lúdicas e metodologia ativa é uma das estratégias que possibilita com que o aluno tenha um entendimento abrangente, no que tange a efetivação da pesquisa, verificou-se maior aceitação por parte das crianças as inovações que necessitavam de interação, o que ocorre devido a estas tecnologias simularem brincadeiras, as quais contribuem para o desenvolvimento mental do público em questão, entretanto, ressalta-se que a utilização das tecnologias não representa, obrigatoriamente, que os alunos tenham compreendido o conteúdo, pois a aprendizagem requer estímulos a absorção do assunto. Conclusão: Em síntese, conclui-se que a utilização de tecnologias interativas no ensino dos princípios básicos de primeiros socorros para o público infantil, foi de muita relevância para o aprendizado e interesse ao decorrer das aulas, permitindo que as crianças sejam atores protagonistas no auxílio de uma situação de urgência e emergência.

 

 


Keywords


Tecnologia, Educação infantil, Primeiros socorros.

References


BOLLELA, V.R; CESARETTI, M.L.R; Sala de aula invertida na educação para as profissões de saúde: conceitos essenciais para a prática; Ed. Revista Eletrônica de Farmácia, v. 14, n. 1, p. 39-48, 2017.

DE CARVALHO SILVA, Vanessa et al. Instrumentos de avaliação de segurança do paciente nos serviços de saúde: uma revisão integrativa. Brazilian Journal of Health Review, v. 3, n. 6, p. 17210-17225, 2020.

DE OLIVEIRA, Gustavo Duarte; DE PAVESI FARIA, Vanessa. Metodologia ativa na educação em medicina veterinária. PUBVET, v. 13, p. 166, 2019.

FARIA, L. C. F. D.; GITAHY, R. R. C.; TOMIAZZI, E.; O encontro do lúdico com a tecnologia: uma proposta do uso de um jogo eletrônico como ferramenta metodológica; Ed. Colloquium Humanarum, v. 09, n. Especial, São Paulo, 2012.

GONÇALVES, C. C. S. A.; TV Paulo Freire: análise da recorrência da temática tecnologias educacionais na categoria formação continuada; XII Congresso Nacional De Educação, Paraná, 2015. Disponível em: https://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2015/18046_7805.pdf; Acessado em: 19 de mar. de 2020.

KRASNOR, L.R. & PEPLER, D.J. APUD BECKER, B.; Infância, tecnologia e ludicidade: a visão das crianças sobre as apropriações criativas das tecnologias digitais e o estabelecimento de uma cultura lúdica contemporânea; Ed. Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2017.

MARTINS, C.F; O brincar: funções constitutivas e implicações das novas experiências tecnológicas. Dissertação de Mestrado, Universidade de São Paulo, 2016.

MEIRELES, G. O. A. B; A abordagem de primeiros socorros realizada pelos professores em uma unidade de ensino estadual em Anápolis – Go; Ed. Faculdade Anhaguera de Anápolis, v. 18, n. 01, Campo Grande, 2014.

NEIRA, Ana Carolina. Professores aprendem com a tecnologia e inovam suas aulas. Ed. Jornal Estado de São Paulo, 24 de fevereiro de 2016. São Paulo, 2016.

PINTO, I. M.; BOTELHO, S. S. D. C.; Ambientes tecnológicos lúdicos de autoria (atla): criando espaços de ensino e aprendizagem; revista brasileira de informática na educação; Ed. Comissão Especial De Informática Na Educação, v. 20, n. 03; Porto Alegre; 2012.

ROSA, R. S. ET AL.; Estratégias baseadas em metodologias ativas no ensino-aprendizagem de primeiros socorros: relato de experiência; Ed. Revista de Enfermagem Ufpe, v. 02, n. 11, Recife, 2017.

SCHUHMACHER, V.R.N; SCHUHMACHER, E. OLIVEIRA, L.R.M;COUTINHO C. P; A percepção do professor sobre suas competências em tecnologias da informação e comunicação. Ed. CINTED-UFRGS, v. 14 n. 1, julho, 2016.

STINGHEN, R. S; Tecnologias na educação: dificuldades encontradas para utilizá-la no ambiente escolar. Monografia, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2016.

SOUZA, H.M.L.T; Os desafios da escola pública paranaense na perspectiva do professor: a ausência dos pais na escola. Ed. Universidade Estadual do Norte Do Paraná, 2013.

UNESCO. Padrões de competência em TIC para professores. Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura; Ed. UNESCO, Paris, França, 2008. 13p.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n1-035

Refbacks

  • There are currently no refbacks.