Entraves na assistência domiciliar ao idoso: análise da produção científica / Obstacles in home care for the elderly: analysis of scientific production

Cássia Micaela Viana de Oliveira, Maria Eliane Barbosa Maciel, Cleomarcos Gomes Lima, Geydson Dias Gallindo, July Polyana de Souza Simões, Valdirene Pereira da Silva Carvalho, Silvana Cavalcanti dos Santos

Abstract


Objetivo: Conhecer a produção científica brasileira referente aos entraves da assistência de enfermagem ao idoso no domicilio destaca-se a seguinte questão norteadora para este estudo: “Quais as evidências científicas disponíveis na literatura nacional sobre os entraves na assistência de enfermagem ao paciente idoso no domicílio”. Método:Revisão integrativa da literatura cuja intenção é fazer, de forma estruturada, a junção e análise dos resultados de pesquisas científicas publicadas acerca de determinada temática. Resultados:A amostra final foi composta de 570 artigos, dentre os quais 36 atenderam aos requisitos de especificidade do tema proposto. Após análise criteriosa desses artigos, foram selecionados 13 para compor a amostra, por apresentarem os critérios de inclusão determinados anteriormente.  Conclusão: Observou-se a escassez de literatura sobre a avaliação do cuidado domiciliar e a necessidade de um investimento em treinamentos teórico e prático, visto que há uma mudança do perfil demográfico e epidemiológico da população idosa no país, especialmente os portadores de dependência funcional.


Keywords


Assistência de Enfermagem, Atenção Integral Ao Idoso, Visita Domiciliar.

References


BRASIL, Lei nº.7.498, de 25 de junho de 1986. Dispõe sobre a regulamentação do exercício da enfermagem, e da ou-tras providências. Previdência da República, Brasília, DF, 1 jun. 2010. Disponível em: . Acesso em: 25 ago. 2015.

IBGE, Censo Demográfico, 2013. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2015.

THUMÉ, Elaine, et. al. Assistência domiciliar a idosos: fatores associados, características do acesso e do cuidado. Rev Saúde Pública 2010;44(6):1102-111.

(Silvana)

MIRANDA, Sílvia Mara, et. al. Saúde do cuidador de idosos: um desafio para o cuidado. Revista Enfermagem In-tegrada Unileste-MG-V.3-N.1-Jul-Ago. 2010.

SOUSA, Liliana Xavier, et. al. O cuidado em enfermagem a pessoas idosas dependentes: cuidados domiciliares, hospitalares e continuados. Rev. Eletr. Enf. 2012 jul/set; 14(3): 644-53.

MENDES, Karina Dal Sasso, et. al. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na Enfermagem. Texto Contexto Enferm, Florianópolis; 17(4): 758-64; Out-Dez,2008.

DUARTE, Valéria Regina Campos. A sobrecarga de trabalho na atuação do enfermeiro na estratégia de saúde da família. Trabalho de conclusão de curso de especialização em atenção básica da UFMG. 2013.

LIONELLO, Cristiane Dantas Laitano, et.al. O fazer das enfermeiras da estratégia de saúde da família na atenção domiciliária. Rev. Gaúcha Enf.. 2012; 33(4):103-110.

ACIOLI, Sônia, et. al. Práticas de cuidado: o papel do enfermeiro na atenção básica. Rev. Enf. UERJ, Rio de Janeiro, 2014 set/out; 22(5):637-42.

KAWATA, Lauren Suemi, et. al.Os desempenhos da enfermeira: construindo competência para o cuidado. Texto contexto enferm, Florianópolis, 2013 Out-Dez;22(4):961-70.

HOLANDA, Ruanna Gonçalves, et. al. Sistematização da Assistência de Enfermagem ao idoso na estratégia de saúde da família sob a ótica do profissional. Anais Eletrônicos: VIII EPCC – Encontro Internacional de Produção Cien-tífica, Editora CESUMAR.

OLIVEIRA, Amanda Mariza Souza, et. al. A enfermeira no cuidado ao idoso na estratégia saúde da família: sen-tidos do vivido. Rev. Enf. UERJ, Rio de Janeiro, 2014 jul/ago; 22(4):513-8. p.513.

BULGARELLI, Alexandre Fávero, et. al. Apoio comunitário na atenção integral ao idoso: uma revisão integrati-va sobre as publicações científicas entre 1997 e 2011. Rev Gaúcha Odontol., PortoAlegre, v.59, n.4, p. 627-632, out./dez., 2011.

BORGES, Maria Marta e TELLES, José Luiz. O cuidado do idoso no contexto familiar: percepção da equipe de saúde da família.Rev. Bras.Geriatr.Gerontol., Rio de Janeiro, 2010;13(3):349-360.

MUNIZ, Emanuel Avelar, et. al. Assistência domiciliar ao idoso no contexto da estratégia saúde da família: análi-se da produção científica. SA N A R E, Sobral, V.13, n.2, p.86-91, jun./dez. 2014.

PIRES, Maria Raquel Gomes, et. al. Fatores associados à atenção domiciliária: subsídios à gestão do cuidado no âmbito do SUS. RevEscEnferm USP 2013; 47(3):648-56.

DAY, Carolina Baltar e PASKULIN, Lisiane, et. al. Benefícios da atenção domiciliar ao idoso portador de dano crônico: revisão sistemática da literatura. Rev. Enf. UERJ, Rio de Janeiro, 2013 jul/set; 21(3):384-90.

NUNES, Emanuelle Caires Dias Araújo e SILVA, Luzia Wilma Santana. Enfermeiros de família – olhares e senti-dos à práxis cuidativa. Revista Temática Kairós Gerontologia, 14 (3), ISSN 2176-901X, SP, junho 2011: 55-73.

POLARO, Sandra Helena Isse, et. al. Construindo o fazer gerontológico pelas enfermeiras das Unidades de Estratégia Saúde da Família.RevEscEnferm USP 2013; 47(1):160-7.

SANTOS, José Rubens e MURAI,Hogla Cardoso. Metodologia e instrumentos para a implantação da Sistemati-zação da Assistência de Enfermagem na atenção básica. Rev. Enf. UNISA 2010; 11(1): 43-7.

SILVA, Maria Enoia, et. al. A sistematização da assistência de enfermagem na ótica de enfermeiros da Estratégia Saúde da família. Revista Interdisciplinar NOVAFAPI, Teresina. v.3, n.3, p.11-16, Jul-Ago-Set. 2010.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n1-033

Refbacks

  • There are currently no refbacks.