A síndrome de burnout e suas consequências nos profissionais de saúde: uma revisão de literatura / Burnout syndrome and its consequences on health professionals: a literature review

Thiago Henrique de Andrade Barbosa, Arthur Hister Felizardo Gurgel, Débora Nobre Vasconcellos, Leonardo Braz de Sousa Filho, Priscila Nunes Costa Travassos

Abstract


1 INTRODUÇÃO

Hodiernamente, observa-se que o alto estresse emocional é fator de predisposição a doenças como fadiga, depressão, distúrbios de sono e Síndrome de Bournout (SB). A SB caracteriza-se como uma desordem psicossocial decorrente de fatores estressantes severos no ambiente de trabalho. Suas repercussões atingem principalmente profissionais da saúde, devido a responsabilidade de lidar com vidas constantemente. Pacientes sofrem com o déficit de qualidade do atendimento que acometem esses profissionais. Portanto, se não diagnosticada e tratada precocemente, pode resultar em problemas maiores que afetam o indivíduo como um todo.

 


 

2 OBJETIVO

Analisar artigos científicos relevantes na literatura científica sobre a Síndrome de Burnout, no que tange às suas consequências, especificamente nos profissionais de saúde e de que forma isso impacta na sociedade.

 

3 MATERIAIS E MÉTODOS

Realizou-se uma revisão integrativa de literatura, através das plataformas: SciELO, Lilacs e BVS nos idiomas inglês e português, em julho de 2020. Na metodologia da busca, usou-se os seguintes descritores: Síndrome de Burnout [Burnout Syndrome], Saúde mental [mental health] e profissionais de saúde [health professionals]. Na leitura dos 12 artigos que atenderam aos critérios de inclusão, 3 foram selecionados para compor este resumo.

 

4 RESULTADOS E DISCUSSÃO

Mostrou-se que a SB entre os profissionais de saúde possui alta prevalência, alcançando uma taxa média de 78,4% entre seus trabalhadores. Nesse contexto, enfermeiros e médicos são os mais afetados por essa enfermidade. Destaca-se que a qualidade do atendimento aos pacientes pode ser altamente prejudicada, trazendo sérios danos a estes. Os sintomas mais experimentados pelos portadores são: exaustão física e mental, depressão, irritabilidade, entre outros.

 

5 CONCLUSÃO

Observou-se que a SB é um grave problema para os profissionais de saúde, podendo várias complicações. Outrossim, o estresse emocional e desgastes físicos advindos dessa comorbidade interferem diretamente nos cuidados a seus pacientes. Faz-se necessário maior atenção com estes profissionais e medidas de combate aos fatores de predisposição dessa doença, a fim de dirimir as consequências descritas.


Keywords


Burnout, Saúde mental, Profissionais de saúde.

References


RODRIGUES, C. C. F. M., SANTOS, V. E. P., & SOUSA, P. Segurança do paciente e enfermagem: interface com estresse e S índrome de Burnout Patient. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 70, n. 5, p. 1083–1088, 2017.

SILVA, D. D. S. e et al. Síndrome de Burnout em residentes multiprofissionais em saúde. Revista Enfermagem UERJ, v. 27, e43737, 2019.

ORGANIZATIONS, P. et al. Organizações e Trabalho Fadiga e Estresse como preditores do Burnout em Profissionais da Saúde, Revista Psicologia, v. 19, p. 695–702, 2019.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n1-004

Refbacks

  • There are currently no refbacks.