A garantia da equidade à população trans na atenção primária à saúde / Guaranteeing equity to the trans population in primary health care

Evelyn Nicoly Ferreira Furtado, Lucas Geovane Dos Santos Rodrigues, Renato Magalhães de Souza Costa, Samir Felipe Barros Amoras, Patricia da Silva Ferreira, Ana Luisa Lemos Bezerra, Luzia Beatriz Rodrigues Bastos, Suane Priscila dos Santos Antunes

Abstract


A população trans é um grupo de pessoas que ao longo dos anos vem sido vítima da discriminação, estigmatizada e marginalizada pela sociedade, e isso vem sido percebido no âmbito da saúde. Neste sentindo, este artigo trata-se de uma revisão de literatura que tem por objetivo analisar as evidências disponíveis na literatura sobre equidade no atendimento a pessoas transgênero atendidas na atenção primária à saúde, discorrendo sobre a importância da prestação de um atendimento de qualidade a esta população colocando em foco a garantia da equidade, que é um dos princípios fundamentais do sistema único de saúde.


Keywords


Atenção primária, Assistência ao transgênero, Equidade.

References


Rosa, Danilo Fagundes; Carvalho, Marcos Vinicius de Freitas; Pereira, Nayla Rodrigues; Rocha, Natalia Tenore; Neves, Vanessa Ribeiro; Rosa, Anderson da Silva/Assistência de Enfermagem à população Trans: Gêneros na perspectiva da prática profissional. / Revista Brasileira de Enfermagem, 2019

Rocon, Pablo Cardozo; Sodré, Francis; Zamboni, Jésio; Rodrigues, Alexsandro; Roseiro, Maria Carolina Fonseca Barbosa Roseiro. / O que espera pessoas trans no Sistema Único De Saúde? /www.scielo.org.com, 2018

Popadiuk, Gianna Schreiber; Oliveira, Daniel Canavese; Siignorelli, Marcos Claudio/A Política Nacional De Saúde Integral de Lesbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros (LGBT) e o acesso ao Processo Transexualizador no Sistema Único de Saúde (SUS): avanços e desafios/ www.sielo.org.com, 2017)

DE CARVALHO PEREIRA, L. B.; CHAZAN, A. C. S. O Acesso das Pessoas Transexuais e Travestis à Atenção Primária à Saúde: uma revisão integrativa. Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, Rio de Janeiro, v. 14, n. 41, p. 1795, 2019. DOI: 10.5712/rbmfc14(41)1795. Disponível em: https://www.rbmfc.org.br/rbmfc/article/view/1795. Acesso em: 24 out. 2020.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n6-064

Refbacks

  • There are currently no refbacks.