Cuidados Paliativos em Neonatologia: uma revisão narrativa / Palliative Care in Neonatology: a narrative review

João Paulo da Rocha Santos, Marcelo Dantas Pedrosa, Ana Clara Maia de Carvalho, Clarissa Brito Farias, Emmilly Antonnielly Camargo de Freitas, Jane Mary Guimarães Cordeiro, Laís Gabrielly Silveira Dias, Lorena Costa Cardoso, Stephanie dos Santos Leal

Abstract


Objetivo: Este artigo trata-se de uma revisão de literatura que abordará a importância dos cuidados paliativos no mundo neonatal, as dificuldades e desafios que os profissionais de saúde enfrentam, abrangendo suas indicações, a comunicação e participação da família e formação de uma equipe multidisciplinar. Revisão bibliográfica: Os cuidados paliativos no mundo neonatal é uma área altamente especializada que atendem aqueles que apresentam doenças que ameaçam a continuidade da vida. As práticas de cuidados paliativos cresceram muito nos últimos anos, e há uma preocupação de proporcionar um serviço de qualidade centrado no paciente, na família, comunicação, avaliação do tratamento, da dor e do luto. Considerações finais: Os cuidados paliativos na neonatologia (CPN) são um grande desafio para os profissionais da saúde que mesmo não dispondo de formação adequada nessa área, precisam lidar com todas as dificuldades desde a tomada de decisão de indicar os CP para um RN, a oferta do melhor tratamento de conforto para eles e suas famílias, até lidar com suas próprias questões de insegurança e desconforto em fazer parte desse processo.


Keywords


Neonatologia, Cuidados Paliativos, Pessoal de Saúde.

References


ALVES, A.M.F.; FRANÇA, M.L.R.; MELO, A.K. Entre o nascer e o morrer: cuidados paliativos na experiência dos profissionais de saúde.: cuidados paliativos na experiência dos profissionais de saúde. Revista Brasileira em Promoção da Saúde, v. 31, n 1. p. 1-10, 2018.

BRAGA, F.C.; QUEIROZ, E. CUIDADOS PALIATIVOS: o desafio das equipes de saúde. Psicologia Usp, v. 24, n 3. p. 413-429, 2013.

CARTER, B. Pediatric Palliative Care in Infants and Neonates. Children, v. 5, n 2. p. 21-30, 2018.

CONSELHO FEDERAL DE MEDICINA (CFM). Novo Código de Ética Médica (2010).

CORTEZZO, D; SANDERS, M.R.; BROWNELL, E.; MOSS, K. Neonatologists’ perspectives of palliative and end-of-life care in neonatal intensive care units. Journal Of Perinatology, v. 33, n 9. p. 731-735, 2013.

GALE, G.; BROOKS, A. Implementing a palliative care program in a newborn intensive care unit. Adv Neonatal Care, v. 6, n 1. p. 37-53, 2006.

GAZZOLA, L.P.L.; LEITE, H.V.; GONÇALVES, G.M. Comunicando más notícias sobre malformações congênitas: reflexões bioéticas e jurídicas: reflexões bioéticas e jurídicas. Revista Bioética, v. 28, n 1. p. 38-46, 2020.

IGLESIAS, S.; ZOLLNER, A.C.; CONSTANTINO, C.F. Cuidados paliativos pediátricos. Residência Pediátrica, v. 6, n 1. p. 46-54, 2016.

KOPELMAN, A.E. Understanding, avoiding, and resolving end-of-life conflicts in the NICU. Mt Sinai J Med, v. 73, n 3. p. 580-586, 2006.

LUISADA, V.; FIAMENGHI-JR, G.A.; CARVALHO, S.G.; ASSIS-MADEIRA, E.A.; BLASCOVI-ASSIS, S.M. Experiências de médicos ao comunicarem o diagnóstico da deficiência de bebês aos pais. Ciência & Saúde, v. 8, n 3. p. 121-128, 2016.

MANCINI, A.; KELLY, P.; BLUEBOND-LANGNER, M. Training neonatal staff for the future in neonatal palliative care. Seminars In Fetal And Neonatal Medicine, v. 18, n 2. p. 111-115, 2013.

MARTY, C.M.; CARTER, B.S. Ethics and palliative care in the perinatal world. Seminars In Fetal And Neonatal Medicine, v. 23, n 1. p. 35-38, 2018.

ORZALESI, M. Ethical problems in the care of high risk neonates. The Journal Of Maternal-fetal & Neonatal Medicine, v. 23, n 3. p. 7-10, 2010.

PARRAVICINI, E. Neonatal palliative care. Current Opinion In Pediatrics, v. 29, n 2. p. 135-140, 2017.

PIVA, J.P.; GARCIA, P.C.R.; LAGO, P.M. Dilemas e dificuldades envolvendo decisões de final de vida e oferta de cuidados paliativos em pediatria. Revista Brasileira de Terapia Intensiva, v. 23, n 1. p. 78-86, 2011.

PORTUGAL. Grupo de Trabalho do Gabinete do Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Saúde (GTGSEAMS). Cuidados Paliativos Pediátricos: relatório do grupo de trabalho do gabinete do secretário de estado adjunto do ministro da saúde. Lisboa, p. 193, 2014.

SAMSEL, C; LECHNER, B. End-of-life care in a regional level IV neonatal intensive care unit after implementation of a palliative care initiative. Journal Of Perinatology., v. 35, n 3. p. 223-228, 2014.

SILVA, E.M.B.; SILVA, M.J.M.; SILVA, D.M. Perception of health professionals about neonatal palliative care. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 72, n 6. p. 1707-1714, 2019.

SOARES, C; RODRIGUES, M.; ROCHA, G.; MARTINS, A.; GUIMARÃES, H. Fim de Vida em Neonatologia: integração dos cuidados paliativos. : Integração dos Cuidados Paliativos. Revista Científica da Ordem dos Médicos, v. 26, n 4. p. 318-326, 2013.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA (SBP). Departamento Científico de Medicina da Dor e Cuidados Paliativos. Cuidados Paliativos Pediátricos: O que são e qual sua importância? Cuidando da criança em todos os momentos. [Documento Científico], v. 1, n 1. p. 1-9, 2017.

VALADARES, M.T.M.; MOTA, J.A.C.; OLIVEIRA, B.M. Cuidados paliativos em pediatria: uma revisão. Revista Bioética, v. 21, n 3. p. 486-493, 2013.

WOOL, C. Clinician Confidence and Comfort in Providing Perinatal Palliative Care. Journal Of Obstetric, Gynecologic & Neonatal Nursing, v. 42, n 1. p. 48-58, 2013.

World Health Organization (WHO). Better palliative care for older people. Geneva: WHO, p. 43, 2004.

World Health Organization (WHO). Global Atlas of Palliative Care at the End of Life. Worldwide Palliative Care Alliance, p. 111, 2014.

YOUNGE, N; SMITH, P.; GOLDBERG, R.; BRANDON, D.; SIMMONS, C.; COTTEN, C.; BIDEGAIN, M. Impact of a palliative care program on end-of-life care in a neonatal intensive care unit. Journal Of Perinatology., v. 35, n 3. p. 218-222, 2015.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n5-254

Refbacks

  • There are currently no refbacks.