Perfil da qualidade de vida em Utentes Idosos com Fibrose Pulmonar Idiopática no Estado do Pará / Quality of life profile in elderly patients with Idiopathic Lung Fibrosis in the State of Pará

Agnes Nami Kaminosono, Jocileide de Sousa Gomes, Orenzio Soler

Abstract


Introdução: O Brasil não possui uma política ou programa específico para doenças raras. Observam-se ações isoladas voltadas para esse campo, apresentando algum grau de dispersão. A Fibrose Pulmonar Idiopática é uma doença do interstício pulmonar, que se manifesta por fibrose progressiva, de etiologia desconhecida, que ocorre principalmente em adultos de idade avançada e, que apesar de ser rara, é o quadro clínico mais prevalente das Pneumonias Intersticiais Idiopáticas. Objetivo: analisar a percepção de idosos com Fibrose Pulmonar Idiopática sobre a qualidade de vida. Metodologia: Trata-se de um estudo aplicado, analítico-descritivo, qualitativo-quantitativo, prospectivo no período de maio a junho de 2019, realizado por meio da aplicação aplicando o instrumento World Health Organization Quality of Life-Bref, orientado pelo conceito de qualidade de vida da Organização Mundial da Saúde, composto pelos domínios Físico, Psicológico, Relações sociais e Ambiental à 07 utentes com Fibrose Pulmonar Idiopática (FPI), utilizando-se de amostragem consecutiva, que recebem os medicamentos antifibróticos nintedanib e pirfenidona através de demanda judicial ou administrativa na “Farmácia de Demandas Judiciais e Administrativas” da Secretaria de Estado de Saúde do Pará. Foi constatado que 80% dos participantes são idosos do sexo masculino e a idade média foi de 74 anos. A pontuação no WHOQOL-Bref, dos escores para tais domínios, respectivamente: físico=64,29, psicológico=73,21, social=84,52 e ambiental=74,55. Conclusão: Concluiu-se que os utentes apresentam boa qualidade de vida. O instrumento utilizado mostrou-se sensível ao objetivo pretendido, permitindo verificar consonância com outros estudos em relação às facetas que mais influenciam a qualidade de vida desta população.

Keywords


Doenças Raras, Fibrose Pulmonar Idiopática, Qualidade de vida, Medicamentos.

References


BALDI, B. G.; PEREIRA, C.A.; RUBIN, A. S.; SANTANA, A. N.; COSTA, A. N.; CARVALHO, C. R. et al. Highlights of the Brazilian Thoracic Association guidelines for interstitial lung diseases. J Bras Pneumol. 2012;38(3):282-91. http:// dx.doi.org/10.1590/S1806-37132012000300002

BRASIL. Conselho Nacional de Saúde. Resolução n o 466 de 12 de dezembro de 2012. Aprova as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Brasília, 2012.

FLECK, MPA. O instrumento de avaliação de qualidade de vida da Organização Mundial da Saúde (WHOQOL-100): características e perspectivas. Ciência & Saúde Coletiva. 20005(1):33-38.

FLECK, MPA; LOUZADA, S; XAVIER, M; CHACHAMOVICH, E; VIEIRA, G; SANTOS,

L; PINZON, V. Aplicação da versão em português do instrumento de avaliação de qualidade de vida da Organização Mundial da Saúde (WHOQOL-100). Rev. Saúde Pública. 1999; 33(2):198-205.

HUTCHINSON, J.; FOGARTY, A.; HUBBARD, R.; McKEEVER, T. Global incidence and mortality of idiopathic pulmonary fibrosis: a systematic review. Eur Respir J. 2015;46(3):795- 806. http://dx.doi. org/10.1183/09031936.00185114

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). 2015. Censo 2010-

Distribuição da população por sexo, segundo os grupos de idade. Brasília. DF.

MARQUES, C. L. Economia das doenças raras: uma análise econômica. 2017. Monografia apresentada como requisito parcial para a obtenção do título de bacharel, pelo curso de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Rio Grande. Orientador: Prof. Dr. Tiarajú

A. de Freitas. Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Instituto de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis (ICEAC). Curso de Ciências Econômicas. Rio Grande. Rio Grande do Sul.

MINAYO, M. C. S. Análise qualitativa: teoria, passos e fidedignidade. Revista Ciência & Saúde Coletiva, v. 17, n. 3, 2012.

NALYSNYK, L.; CID-RUZAFA, J.; ROTELLA, P.; ESSER, D. Incidence and prevalence of idiopathic pulmonary fibrosis: review of the literature. Eur Respir Rev. 2012;21(126):355-61. http://dx.doi. org/10.1183/09059180.00002512

PEREIRA, J. M. Fibrose Pulmonar Idiopática. Acta Radiológica Portuguesa. Maio-Agosto 2016 nº 108 Volume XXVIII 9. ISSN: 2183-1351.

PEREIRA, R.J., et al . (2006). Contribuição dos domínios físico, social, psicológico e ambiental para a qualidade de vida global de idosos. Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul, 28 (1), 112116 .

TURATO, E.R. Métodos qualitativos e quantitativos na área da saúde: definições, diferenças e seus objetos de pesquisa. Revista de Saúde Pública, v. 39, n. 3, p. 507-14, 2005.

WHOQOL-BREF. (1996). Introduction, administration, scoring and generic version of the assessment. Programme on mental health. Acessado de http://www.who.int.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n5-218

Refbacks

  • There are currently no refbacks.