A produção contista de Lima Barreto e a educação corporal para o trabalho produzida na sociedade capitalista no Brasil da Primeira República / Lima Barreto's story production and body education for the work produced in the capitalist society in Brazil of the First Republic

Aline Flavia Valgas, Juliana de Castro Chaves

Abstract


Tomando a literatura como campo privilegiado para apreender as contradições produzidas na sociedade, objetivamos investigar a educação do corpo nas condições concretas de instauração da Primeira República no Brasil em articulação com os contos de Lima Barreto. Os contos de Lima Barreto revelam que no final do século XIX, no Brasil, entra em cena uma educação corporal voltada à constituição do trabalhador assalariado envolvendo padrões de comportamento. Os contos analisados indicam que a educação corporal era orientada para a lógica do trabalho industrial e se dá de modo violento e de modo sutil em uma perspectiva de cisão corpo/mente, de normatização de desejos e a depender do grau de resistência e classe social.

 

 


Keywords


Educação; Corpo; Trabalho; Comportamento; Lima Barreto

References


BARRETO, Lima. Contos completos. Org. introd. e notas: Lilia Moritz Schwarcz. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

COSTA, Jurandir Freire. Ordem médica e norma familiar. Rio de Janeiro edições Graal, 1999.

FERNANDES, Florestan. A revolução burguesa no Brasil. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1976.

IANNI. Octávio. A ideia de Brasil Moderno. São Paulo: Brasiliense, 1992.

GRAMSCI, Antonio. Caderno 22 – Americanismo e Fordismo. In: Cadernos do cárcere vol. 4. Trad. Carlos Nelson Coutinho. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001.

MARCUSE, Herbert. A dimensão estética. Trad. M. E, Costa. Portugal: Ed. 70, 1999.

MARX, Karl. A ideologia alemã. Introd. Jacob Gorender. Trad. Luis Cláudio de Castro e Costa. 3ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

MARX, Karl. O capital: crítica da economia política. Vol. 1. Trad. Regis Barbosa e Flávio R. Kothe. 3. ed. São Paulo: Nova Cultural, 1988.

PATTO, Maria Helena de Souza. Estado, ciência e política na Primeira República: a desqualificação dos pobres. Ver. Estudos Avançados, vol. 13. n 35 São Paulo, Jan/Apr. 1999.

PEREZ, Davi Machado. Consolidação e atualidade do capitalismo dependente no Brasil: contribuição a debate teórico no serviço social. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) – Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, 2015.

RESENDE, Anita C. Azevedo. Subjetividade em tempos de reificação: um tema para a psicologia social. Rev. Estudos, V. 28 N. 4 p.511-538, Ago. 2001.

SCHWARCZ, Lilia Moritz. População e sociedade. In: História do Brasil Nação vol. 3: abertura para o mundo: 1989-1930. Rio de Janeiro: Objetiva, 2012.

SCHWARZ, Roberto. Ao vencedor as batatas. São Paulo: Duas Cidades, 1977.

SEVCENKO, Nicolau. Literatura como missão: tensões sociais e criação cultural na Primeira República. 2ª ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.

SOARES, Carmem Lúcia. Educação Física: raízes européias e Brasil. 3ª ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2004.

SOUZA. Luís Antônio Francisco. Polícia, classe trabalhadora e delinquência na Primeira República. Revista Plural 1: 17-35, 1sem. 1994.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n5-210

Refbacks

  • There are currently no refbacks.