A importância da equidade no pré-natal em uma estratégia saúde da família (ESF) / The importance of prenatal equity in a family health strategy (ESF)

Lucas Geovane dos Santos Rodrigues, Evelyn Nicoly Ferreira Furtado, Elyade Nelly Pires Rocha Camacho, Kamille Giovanna Gomes Henriques, Gleivison Cunha Teles, Karla da Costa Martins, Alessandra Carla da Silva Ferreira, Lucilena Estumano Almeida, Letícia Lôide Pereira Ribeiro, Iasmim da Silva Dias, Jonatas Monteiro Nobre, Sandy Valente Coelho, Ana Luisa Lemos Bezerra, Laydiane Martins Pinto, Wanessa Maiellen Coelho de Oliveira, Keren Raissa Santos do Amaral, Andressa Karolinny Costa de Oliveira, Jamille Marcelle Ribeiro Costa, Samir Felipe Barros Amoras, Andressa Rafaela Amador Maciel, Suane Priscila dos Santos Antunes, Clédia Maria Gomes Moraes, Aline Pantoja da Costa

Abstract


Objtivo. Relatar experiência durante a prática de enfermagem na assistência ao pré-natal e sua relação com a equidade no atendimento, vivenciada por discentes do 6º semestre de enfermagem da Universidade da Amazônia. Métodos. Trata-se de um estudo descritivo com abordagem qualitativa, do tipo relato de experiência, realizado a partir da vivência de acadêmicos de enfermagem. Resultados. Durante as consultas de enfermagem realizadas com gestantes, identificou-se a importância de o enfermeiro realizar uma boa classificação, afim de reconhecer qual grávida deveria ser atendida de forma mais prioritária. Nessa circunstância, percebia-se princípios do SUS como a equidade, quando as gestantes eram classificadas segundo o risco de sua gravidez e assim a assistência tornava-se diferenciada ao existir uma gestante de alto risco. Conclusão. O trabalho da enfermagem prestado às gestantes é de suma importância para que a mesma possa ser assistida da melhor forma possível, além disso, ao se realizar uma boa consulta de enfermagem, proporciona-se uma assistência humanizada e equânime.


Keywords


Pré-natal, Estratégia Saúde da Família, Enfermagem.

References


BRASIL. Ministério da Saúde (MS). Portaria Nº 2.436, de 21 de setembro de 2017. Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes para a organização da Atenção Básica, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2017/prt2436_22_09_2017.html Acesso em: 22 de ago. 2020.

BARROS, F. P. C.; SOUSA, M. F. Equidade: seus conceitos, significações e implicações para o SUS. Saúde e Sociedade, v. 25, p. 9-18, 2016. Disponível em: https://www.scielosp.org/article/sausoc/2016.v25n1/9-18/pt/ . Acesso em: 22 ago. 2020.

EUGENIO, S. J.; VENTURA, C. A. A. Estratégia saúde da família: iniciativa pública destinada a populações vulneráveis para garantia do direto à saúde - uma revisão crítica da literatura. Revista Cadernos Ibero-Americanos de Direito Sanitário., v. 6, n. 3, p. 129-143, jul./set 2017. Disponível em: https://www.cadernos.prodisa.fiocruz.br/index.php/cadernos/article/view/402 Acesso em: 30 ago. 2019.

GOMES, C. B. A. et al. Prenatal nursing consultation: narratives of pregnant women and nurses. Texto contexto - enferm., Florianópolis , v. 28, e20170544, 2019 . Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010407072019000100320&lng=pt&nrm=iso . Acesso em: 26 ago. 2020.

MEDEIROS, F. F. et al. Prenatal follow-up of high-risk pregnancy in the public service. Rev. Bras. Enferm., Brasília, v. 72, supl. 3, p. 204-211, dez. 2019. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S003471672019000900204&lng=pt&nrm=iso . Acesso em: 26 ago. 2020.

NASCIMENTO, A. M. R.; SILVA, P. M. DA; NASCIMENTO, M. A.; SOUZA, G.; CALSAVARA, R. A.; SANTOS, A. A. DOS. Atuação do enfermeiro da estratégia saúde da família no incentivo ao aleitamento materno durante o período pré-natal. Revista Eletrônica Acervo Saúde, n. 21, p. e667, 1 abr. 2019. Disponível em: https://www.acervomais.com.br/index.php/saude/article/view/667 Acesso em: 26 ago. 2020

NOGUEIRA, Cintia Mikaelle Cunha de Santiago et al. Assistência ao pré-natal e as práticas desenvolvidas pela equipe de saúde: revisão integrativa Prenatal care and practices developed by the health team: integrative review. Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online, [S.l.], v. 9, n. 1, p. 279-288, jan. 2017. ISSN 2175-5361. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/4184. Acesso em: 30 ago. 2019.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n5-201

Refbacks

  • There are currently no refbacks.