Condições Clínicas e Saúde de Idosos no Sertão Central Cearense / Clinical Conditions and Health of Elderly People in the Central Hills of Ceará

Roger Rodrigues da Silva, Diego Rodrigues Ponciano, Tiago Ribeiro dos Santos, José Adelmo da Silva Filho, Antonio Germane Alves Pinto, Thais Teles Veras Nunes

Abstract


Este estudo objetivou descrever o perfil sociodemográfico e clínico de saúde dos idosos de um município do sertão central cearense. Trata-se de uma pesquisa de cunho transversal e abordagem quantitativa, realizada em um município do sertão central cearense. A coleta dos dados foi realizada no período de março a abril de 2012. A população foi composta por idosos que foram selecionados aleatoriamente, resultando em uma amostra de 370 participantes. Os critérios de elegibilidade pautaram-se em: idade igual ou superior a 60 anos, de ambos os sexos e com a cognição preservada. Foram excluídos os indivíduos com deficiência auditiva e/ou visual ou que não compreendiam a comando verbal simples. Os dados foram coletados por meio de questionário, contendo extração para dados do perfil sociodemográfico e clínico. O estudo respeitou os preceitos éticos de pesquisas envolvendo seres humanos e foi aprovado por comitê de ética em pesquisa (Protocolo nº 20120017). Dos 370 participantes, 69,7% eram do sexo feminino e a média de idade predominante foi de 71,48 anos (DP= 9,27). A maioria era da zona urbana (80%) e autodeclarado de cor branca (50,27%). Concernente ao estado civil, 52,16% eram casados e 27,88% viúvos, com escolaridade analfabeta (48,65%) e religião católica (88,92%). Com relação ao perfil clínico, 358 (96,76%) possuíam alguma doença; 290 (78,38%) faziam uso de medicamentos; 77 (20,81%) eram tabagistas e 23 (6,22%) etilistas; 99 (26,76%) praticavam atividade física; 290 (78,38%) mantinham uma boa alimentação; 99 (26,76%) mencionam lazer; média de glicemia entre o total de idosos foi de 127mg/dl e pressão arterial média de 138/87 mmHg. A maioria dos entrevistados sofria de alguma patologia osteomioarticular, sendo a artrose (81,8%), seguida da artrite (74,8%) e reumatismo (31,8%), as mais presentes. Destaca-se também a hipertensão arterial, presente em 64,5%, e diabetes mellitus, em 22,4% dos participantes. Evidencia-se a prevalência dos agravos e afecções clínicas entre os idosos. A cronicidade é condição comum entre os processos de adoecimento. Destaca-se que o curso de envelhecimento humano em condições sociais e de saúde no contexto do semiárido nordestino apresenta comorbidades e doenças comuns à faixa etária em questão.


Keywords


Idoso, Doenças crônicas, Envelhecimento.

References


CAMARANO, A. A; PASCOM, A. R. P. Idosos brasileiros: diferentes regionalmente? In: XII ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDOS POPULACIONAIS: POPULAÇÃO, GOVERNANÇA E BEM-ESTAR, 19., 2014, São Pedro. Anais [recurso eletrônico], São Paulo: ABEP, 2014.

CAVALCANTI, A. D; MOREIRA, R. S; BARBOSA, J. M. V; et al. Envelhecimento ativo e estilo de vida: uma revisão sistemática da literatura. Estud. Interdiscipl. Envelhec, v. 21, n. 1, p. 71-89, 2016.

CRUZ, R. O; ARAÚJO, P. P; BATISTA, K. A; et al. Perfil glicêmico de um asilo no município de Anápolis-GO. Ensaios e Ciências. v. 15, n. 3, p. 83-96, 2011.

FARIAS, M. F. R. N; SOUZA, P. H. V; SANTOS, E. S. S. O novo retrato demográfico do Brasil: análise acerca do envelhecimento populacional e suas decorrências econômicas. Ver Bras Direito Gestão Pública, v. 7, n. 03, p. 01-11, 2019.

FELICIANO, A. B; MORAES, S. A; FREITAS, I. C. M. O perfil do idoso de baixa renda no Município de São Carlos, São Paulo, Brasil: um estudo epidemiológico. Caderno de Saúde Pública, v. 20, n. 6, p. 1575-1585, 2004.

FERRAZ, M. O. S; REIS, L. A; LIMA, P. V. Condições de saúde de idosos portadores de diabetes mellitus e hipertensão arterial sistêmica. Id onLine Rev Psic, v. 10, n. 33, 2017.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Indicadores Sociodemográficos e de saúde no Brasil. Estudos & Pesquisas. Informação demográfica e Socioeconômica, 2010.

MARI, F. R; ALVES, G. G; AERTS, D. R. G. C. et al. O processo de envelhecimento e a saúde: o que pensam as pessoas de meia-idade sobre o tema. Rev Bras Geriatr Gerontol, v. 19, n. 1, p. 35-44, 2016.

MARIN, M. J. S; CECÍLIO, L. C. O. Necessidades de saúde de idosos de uma Unidade de Saúde da Família. Rev Bras Geriat Gerontol, v. 12, n. 1, p. 63-76, 2009.

MEDEIROS, S. M; SILVA, L. S. R; CARNEIRO, J. A; et al. Fatores associados à autopercepção negativa da saúde entre idosos não institucionalizados de Montes Claros, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v. 21, n. 11, p. 3377-3386, 2016.

MELO, L. A; FERREIRA, L. M. B. M; SANTOS, M. M; et al. Fatores socioeconômicos, demográficos e regionais associados ao envelhecimento populacional. Rev Bras Geriatr Gerontol, v. 20, n. 4, p. 494-502, 2017.

MYRRHAL, L. J. D; TURRA, C. M; WAJNMANL, S. A contribuição dos nascimentos e óbitos para o envelhecimento populacional no Brasil, 1950 a 2100. Revista Latinoamericana de Población, v. 11, n. 20, p. 37-54, 2017.

NEVES, A. Q; SILVA, A. M. C; CABRAL, J. F; et al. Prevalência e fatores associados à fragilidade em idosos usuários da Estratégia Saúde da Família. Rev Bras Geriatr Gerontol, v. 21, n. 6, p. 704-714, 2018.

OLIVEIRA, D. C; CUPERTINO, A. P. Explorando o Perfil de Saúde dos Idosos do Exército Brasileiro. Psicologia Pesquisa, v. 5, n. 1, p. 68-76, 2011.

PASKULIN, L. M. G; VIANNA, L. A. C. Perfil sociodemográfico e condições de saúde autoreferidas de idosos de Porto Alegre. Rev Saúde Pública. v. 41 n. 5, p. 757-68, 2007.

SILVA, D. A. Fatores contextuais do envelhecimento populacional no Nordeste brasileiro. 2016. 111f. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva) – Rio Grande do Norte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; 2016.

SILVA, H. O; CARVALHO, M. J. A. D; LIMA, F. E. L; et al. Perfil epidemiológico de idosos frequentadores de grupos de convivência no município de Iguatu, Ceará. Rev Bras Geriat Gerontol, v. 14, n. 1, p. 123- 133, 2011.

SOUSA, F. J. P; MOTA, M. V; ARRAIS, P. S. V; et al. Idoso e saúde no Ceará: condições de acesso e qualidade de vida. Pesquisa para o SUS Ceará: coletânea de artigos PPSUS – 2 / Secretaria da saúde do estado do Ceará. – Fortaleza: Secretaria da saúde do Estado do Ceará. 2008.

VICTOR, J. F; XIMENES, L. B; ALMEIDA, P. C; et al. Perfil sociodemográfico e clínico de idosos atendidos em Unidade Básica de Saúde da Família. Acta Paul Enferm. v. 22, n. 1, p. 49-54, 2009.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n5-169

Refbacks

  • There are currently no refbacks.