Programa de combate ao tabagismo: expandindo perspectivas através de recursos multimodais/Anti-smoking program: expanding perspectives through multimodal resources

Matheus Pereira Costa, Ruberval Franco Maciel, Vitor de Souza Vergara, Daniel Cunha José Karmouche, Isabela Furtado Vincensi, Leonardo Lyrio de Souza, Marcos Cruz Amaral, Samer Majid Ghadie

Abstract


As Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) tornaram-se nos últimos anos as maiores representações de agravos à saúde no Brasil. Segundo dados Caderno de Atenção Básica nº 40, dos tabagistas que tentam parar de fumar, uma minoria recebe aconselhamento de um profissional de saúde sobre como parar e uma parte menor ainda recebe acompanhamento adequado para este fim. O objetivo deste trabalho foi o de avaliar, por meio da multimodalidade, do letramento crítico em saúde e da epistemologia da emergência, o impacto das ações públicas em saúde no controle do tabagismo em adolescentes dos 15 aos 24 anos de idade. O experimento foi conduzido através da aplicação de oficinas inspiradas no Programa de Saúde nas Escolas, na Escola Estadual José Barbosa Rodrigues, em alunos do 3º ano do Ensino Médio. Os dados foram obtidos de forma descritiva, com análise embasada nos efeitos de sentido, com uma metodologia pautada como qualitativa com características da perspectiva da epistemologia da emergência. Dentre as variáveis multimodais analisadas, utilizando-se da contrapropaganda, concluiu-se que as ações estimuladas pelo Ministério da Saúde atingem parcialmente seus objetivos voltados ao controle do tabagismo, fato que provocou a população envolvida neste estudo a propor alternativas intervencionistas mais epidemiologicamente individualizadas e efetivas, através da translinguagem e do processo da criação de sentido, retificando três conceitos principais: reconhecimento, ressignificação e o de sinalização no processo de comunicação em cenários médicos, uma vez que este trata-se de um agravo que atinge diversos grupos de risco com características únicas e singulares.


Keywords


linguagem, letramento crítico em saúde, tabagismo.

References


Advertências sanitárias em produtos fumígenos. ANVISA, 2017. Disponível em: < http://portal.anvisa.gov.br/tabaco/imagens-de-advertencia>. Acesso em: 15 de setembro de 2020.

AYRES, J.R.C.M. Desenvolvimento histórico-epistemológico da Epidemiologia e do conceito de risco. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, n. 27, v. 7, p. 1301-1311, jul 2011.

BEZEMER, Jeff; KRESS, Gunther. Multimodality, learning and communication: A social semiotic frame. Routledge, 2015.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Saúde e prevenção nas escolas : guia para a formação de profissionais de saúde e de educação / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde. – Brasília : Ministério da Saúde, 2006.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica : o cuidado da pessoa tabagista / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – Brasília : Ministério da Saúde, 2015.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas. Proteger e cuidar da saúde de adolescentes na atenção básica [recurso eletrônico] / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas. – Brasília : Ministério da Saúde, 2017.

CASEY, B. J. Beyond simple models of self-control to circuit-based accounts of adolescent behavior. Annual review of psychology, v. 66, p. 295-319, 2015.

CHICK, Christina F. Reward processing in the adolescent brain: individual differences and relation to risk taking. Journal of neuroscience, v. 35, n. 40, p. 13539-13541, 2015.

DE INDICADORES SOCIAIS, IBGE Síntese. uma análise das condições de vida da população brasileira. Rio de Janeiro: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 2016.

Pulmão de um fumante. Instituto Marat, 2017. Disponível em: < https://www.institutomarat.com.br/faq/pulmao-de-um-fumante-fotos-e-ilustracoes>. Acesso em: 15 de setembro de 2020.

KRESS, G.; VAN LEEUWEN, T. The grammar of visual design (2ndeds). London & New York: Routledge. Taylor Francis Group, 2006.

LUNA, Beatriz; PADMANABHAN, Aarthi; O’HEARN, Kirsten. What has fMRI told us about the development of cognitive control through adolescence?. Brain and cognition, v. 72, n. 1, p. 101-113, 2010.

MONTE MÓR, Walkyria Maria. Linguagem tecnológica e educação. Em busca de práticas para uma formação crítica. Ensino de língua. Das reformas, das inquietações e dos desafios. Belo Horizonte: Ed. da UFMG, p. 181-190, 2012.

PORTELA, Nyva Maria Barroso. Enfrentando o tabagismo na Atenção Básica: experiência de equipe de Saúde da Família no Munícipio de Cascavel, Ceará. Trabalho de Conclusão de Curso (especialização) – Universidade Federal do Ceará. Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS) – Núcleo Ceará, Núcleo de Tecnologias de Educação em Saúde à Distância (NUTEDS), Curso de Especialização em Saúde da Família, Fortaleza, 2015 – 2015.

PORTES, Leonardo Henriques et al. A Política de Controle do Tabaco no Brasil: um balanço de 30 anos. Ciência & Saúde Coletiva, v. 23, p. 1837-1848, 2018.

PORTES, Leonardo Henriques; MACHADO, Cristiani Vieira; TURCI, Silvana Rubano Barretto. Trajetória da política de controle do tabaco no Brasil de 1986 a 2016. Cadernos de Saúde Pública, v. 34, p. e00017317, 2018.

SOMERVILLE, Margaret. Postmodern emergence. International Journal of Qualitative Studies in Education, v. 20, n. 2, p. 225-243, 2008.

VIDAL, Julie et al. Response inhibition in adults and teenagers: spatiotemporal differences in the prefrontal cortex. Brain and cognition, v. 79, n. 1, p. 49-59, 2012.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n5-159

Refbacks

  • There are currently no refbacks.