Saúde sexual na adolescência: desafios e perspectivas em âmbito escolar / Sexual health in adolescence: challenges and perspectives in school

David Ederson Moreira do Nascimento, Vanessa Silva Gaspar, José Juciano Moura Victor, Tamires Alves Dias, Valeria Kely Gomes da Silva, Francisco Antonio Siqueira da Silva, Rany Eryclys de Freitas Ferreira, Vitória Askenaz de Freitas Matos

Abstract


A adolescência traz à tona uma série de modificações a nível biológico, psicológico, social e cultural, estas que são afloradas quando posto em discussão a sexualidade e suas relações. A escola é um espaço ideal para que se lance mão destas discussões, desde que exista formação adequada e mecanismos de ação. Dado o exposto, este estudo tem por objetivo averiguar o discurso de adolescentes escolares sobre às questões que emergem diante da saúde sexual na adolescência. Trata-se de uma pesquisa exploratória e descritiva, com abordagem qualitativa, desenvolvida junto a 8 adolescentes escolares do município de Icó – Ceará no ano de 2017, com idade entre 15 e 18 anos, e matriculados no ensino médio de tempo integral. Os dados foram coletados através de uma entrevista semiestruturada e analisados por meio do método de análise de conteúdo proposto por Minayo, os quais, posteriormente, tiveram a sua organização feita por meio de categorização temática. Os resultados foram apresentados através da categoria que se intitula Adolescência, Escola e Sexualidade: desafios e perspectivas, onde foram feitos apontamentos importantes sobre a visão do adolescente diante do ensino sobre sexualidade na escola, trazendo narrativas singulares importantes e às corroborando junto a literatura científica pertinente. O estudo concluiu que existem obstáculos a serem superados junto ao binômio aluno-escola, e que é pertinente, ainda, a prática de ações educativas por meio das tecnologias leves de saúde.


Keywords


Adolescente, Assistência integral à saúde, Serviços de saúde escolar, Sexualidade.

References


BRASIL. Ministério da Educação. Censo Escolar 2014. INEP – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Data Escola, Brasília: 2015.

BRASIL. Ministério da Saúde. Resolução Nº 466, de 12 de dezembro de 2012. Conselho Nacional de Saúde, Brasília: 2013.

CARNEIRO, R. F.; SILVA, N. C.; ALVES, T. A.; ALBUQUERQUE, D. O.; BRITO, D. C.; OLIVEIRA, L. L. Educação sexual na adolescência: uma abordagem no contexto escolar. S.A.N.A.R.E – Revista de Políticas Públicas, Sobral, v. 14, n. 01, p. 104-108, 2015.

FAIAL, L. C. M.; SILVA, R. M. C. R. A.; PEREIRA, E. R.; REFRANDE, S. M.; SOUZA, L. M. C.; FAIAL, C. S. G. A escola como campo de promoção à saúde na adolescência: revisão literária. Revista Pró-UniverSUS, Rio de Janeiro, v. 7, n. 2, p. 22-29, 2016.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6 ed., São Paulo: Atlas Editora S.A, 2014.

GOMES, A. M.; SANTOS, M. S.; FINGER, D.; ZANITTINI, A.; FRANCESCHI, V. E.; SOUZA, J. B.; HAAG, F. B.; SILVA, D. J. Refletindo sobre as práticas de educação em saúde com crianças e adolescentes no espaço escolar: um relato de extensão. Revista Conexão UEPG, Ponta Grossa, v. 11, n. 3, p. 332-341, 2015.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 7 ed. São Paulo: Atlas Editora S.A, 2010.

MINAYO, M. C. S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 14. ed. São Paulo: Hucitec Editora Ltda., 2014.

MOIZÉS, J. S.; BUENO, S. M. V. Compreensão sobre sexualidade e sexo nas escolas segundo professores do ensino fundamental. Revista da Escola de Enfermagem da USP, São Paulo, v. 44, n. 1, p. 205-212, 2010.

NOTHAFT, S. C. S.; ZANATTA, E. A.; BRUMM, M. L. B.; GALLI, K. S. B.; ERDTMANN, B. K.; BUSS, E.; SILVAN, P. R. R. Sexualidade do adolescente no discurso de educadores: possibilidades para práticas educativas. Revista Mineira de Enfermagem – REME, Minas Gerais, v. 18, n. 2, p. 284-289, 2014.

PEREIRA, V. B.; SANTOS, L. M. R. Níveis de aprendizagem de estudantes do ensino fundamental com o uso de estratégia lúdica durante atividade de educação em saúde. Revista de Ensino, Educação e Ciências Humanas, Londrina, v. 12, n. 1, p. 37-43, 2011.

RODRIGUES, M. J. Doenças sexualmente transmissíveis (DST) na adolescência. Nascer e Crescer, Porto, v. 19, n. 3, 2010.

SALOMÃO, R.; SILVA, M. A. I.; CANO, M. A. T. Sexualidade do adolescente na percepção dos pais, sob a perspectiva de Foucault. Revista Eletrônica de Enfermagem. Goiás, v. 15, n. 3, p. 609-18, 2013.

SANTOS, L. F. O.; SEBASTIÃO, M. L. V. A.; FRANCO, R. O. M.; MARTINS, M. L.; SILVA, C. P. O.; SOUZA, E. R. P. Desmistificação da simplicidade das tecnologias leves no processo de trabalho em medicina de família e comunidade. Revista de Saúde, Rio de Janeiro, v. 8, n. 1, p. 123-124, 2017.

SILVA, B. R. Sobre sexualidade, adolescência e escola: uma proposta de intervenção. 2013. 37 f. TCC (Licenciatura) - Curso de Ciências Naturais, Faculdade UNB Planaltina, Universidade de Brasília, Planaltina, 2013.

SILVA, R. A.; SOARES, R. Sexualidade e identidade no espaço escolar: notas de uma atividade em um curso de educação a distância. Educar em Revista, Curitiba, v. esp, n. 1, p. 135-151, 2014.

STAKE, R. E. Pesquisa qualitativa: estudando como as coisas funcionam. São Paulo: Artmed Editora S.A, 2011.

VESCO, N. L.; LIMA, R. F.; NOGUEIRA, C. S.; VIANA, C. D. M. R. Oficinas educativas em sexualidade do adolescente: a escola como cenário. Anais do 11º Congresso Internacional da Rede Unida, Botucatu, v. 11, n. 3, p. 1, 2014.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n5-147

Refbacks

  • There are currently no refbacks.