Situação epidemiológica da meningite em Belém-PA, segundo sistema de informação, no período de 2015 a 2018 / Epidemiological situation of meningitis in Belman-PA, according to the information system, in the period from 2015 to 2018

Eduardo Pastana Cardoso, Samuel Filipe Santos de Oliveira, Érica Crsitina Gonçalves Martins, Pedro Augusto Ramos dos Santos, Gustavo Milton Barbosa Pinto, Andressa Ayumi Essashika Nascimento, Antonio Aécio de Miranda Lima Junior, Camila Andrade Brito, Alexsander Pereira da Silva, Anna Leticia Alves Dourado

Abstract


A meningite é caracterizada por uma inflamação nas meninges, que afeta principalmente, o espaço aracnoide e em alguns casos chegando a atingir o segmento medular ou o craniano. Tem como agentes etiológicos virais o Enterovírus e bacterianosNeisseria meningitidis, o Haemophilus influenzae e o Streptococcus pneumoniae, e até mesmo fungos e parasitas, ocorrendo de uma maneira menos frequente (SILVA, 2018). A transmissão ocorre através do contato direto pessoa a pessoa, por meio de secreções respiratórias de pessoas infectadas, assintomáticas ou doentes. Os principais sintomas são: Febre, vômitos/náuseas, cefaleia, rigidez na nuca e convulsões (BRASIL, 2017). Para o tratamento é necessário de forma precoce a antibioticoterapia associado a outros tipos de tratamento de suporte, como reposição de líquidos e cuidados na assistência, de preferência (SILVA, 2018). Ademais, estudos mostram que para se evitar etiologias bacterianas, torna-se necessário o uso de vacina meningocócica conjugada, que é realizada aos 3, 5 e um reforço aos 12 meses. O Sistema de Informação de Agravos de Notificação - SINAN é um instrumento fundamental para pesquisa epidemiológica, pois tem como responsabilidade o desenvolvimento de um sistema de informação eficaz, capazes de auxiliar no planejamento da saúde, definir prioridades e avaliar o impacto das intervenções. Trata-se de um estudo transversal de abordagem quantitativa, para avaliarcasos confirmados demeningite no município de Belém-PA entre os anos 2015 e 2018, levando em conta as faixas etárias entre <1 ano a 80 e + anos, sendo divididas em categorias: crianças, pré-adolescentes e adolescentes, adultos e idosos, considerando o maior e menor índice de ocorrência de casos notificados no Município de Belém-PA. A partir deste estudo, pôde-se observar o déficit nas ações em saúde destinadas à população, e principalmente nas faixas etárias de maior ocorrência dos casos de meningite, sendo estas em adultos de 20 a 59 anos. Desta forma, há a necessidade de planejamento de intervenções, a busca de soluções e maiores investigações dessa patologia no município de Belém-PA.

 

 


Keywords


Epidemiologia, Meningite, Sistema de informação.

References


ARAÚJO, Maria Márcia Pereira De; SILVA, Cleudinar Gomes Da. A importância do sistema de informação de agravos de notificação - SINAN para a vigilância epidemiológica do Piauí. Revista interdisciplinar ciências e saúde, Teresina, v. 2, n. 3, p. 25-29, jan. 2015.

BRASIL. Ministério da Saúde. Guia de vigilância em saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2017.

MASUDA, E. T. et al. Mortalidade por doença meningocócica no Município de São Paulo, Brasil: características e preditores. Caderno de saúde pública, Rio de Janeiro, v. 31, n. 2, p. 405-416, fev., 2015.

SILVA, Helena Caetano Gonçalves E; MEZAROBBA, Naiara. Meningite no Brasil em 2015: o panorama da atualidade. Arquivos catarinenses de medicina, Santa catarina, v. 47, n. 1, p. 34-46, jan./mar, 2018.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n5-140

Refbacks

  • There are currently no refbacks.