Mitos e verdades sobre as adaptações fisiológicas do período gestacional: uma metodologia para profissionais de saúde/Myths and truths about the physiological adaptations of the gestational period: a methodology for health professionals

Aline Alvim Ferreira, Bruna Garbin de Souza, Bruna Ferreira Mendonça Silva, Débora Batista de Souza Rocha, Máyra Bernardes Rocha, Larissa Fernanda de Deus Faria, Efigênia Aparecida Maciel de Freitas

Abstract


Objetivo: Descrever a atividade educativa “Fisiologia da gestação: mitos e verdades” aplicadas em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para gestantes e profissionais de saúde, e observar a participação das mulheres, que esclareceram dúvidas, tanto em relação às questões do jogo, quanto em relação a questionamentos que não estavam entre as perguntas da atividade. Métodos: A atividade educativa “Fisiologia da gestação: mitos e verdades” foi desenvolvida por estudantes dos cursos de graduação em Enfermagem, Medicina e Nutrição da Universidade Federal de Uberlândia. Resultados: Foi possível observar a participação ativa das mulheres, que esclareceram dúvidas, tanto em relação às questões do jogo, quanto em relação a questionamentos que não estavam entre as perguntas do instrumento. Além da competitividade e vontade de envolver-se na atividade e até mesmo respondendo de modo cênico juntamente com a equipe que administrava o jogo. Considerações finais: Na aplicação da atividade foi percebido que as informações compartilhadas trazem mais segurança e tranquilidade as gestantes, inclusive o empoderamento, devolvendo à mulher o sentimento de protagonismo.


Keywords


Saúde das Mulheres, Gravidez, Educação em Saúde

References


LEITE, Mirlane Gondim et al. Sentimentos advindos da maternidade: revelações de um grupo de gestantes. Psicologia em estudo, v. 19, n. 1, p. 115-124, 2014.

VIEIRA, Bárbara Daniel; APAV, Parizotto. Alterações psicológicas decorrentes do período gravídico. Unoesc Ciênc ACBS, v. 4, n. 1, p. 79-90, 2013.

SANTOS, Regiane Veloso; PENNA, Cláudia Maria de Mattos. A educação em saúde como estratégia para o cuidado à gestante, puérpera e ao recém-nascido. Texto & contexto-enfermagem, v. 18, n. 4, p. 652-660, 2009.

SANTOS, G. M. Avaliação biomecânica do andar durante a gestação. 1998. 79 f.Dissertação (Mestrado em Ciência do Movimento Humano) – Centro de Educação Física e Desportos, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 1998.

Ziebell C & Cônsul W 2002. A práxis do serviço social (Unisinos) junto a mulheres em São Leopoldo. Disponível em

MENDONÇA, G. M. M. et al.Abordagem grupal como estratégia de cuidado no pré-natal. SANARE Revista de políticas públicas, V.13, n.2, p.78-85, jun./dez. – 2014




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n5-136

Refbacks

  • There are currently no refbacks.