Ações em saúde sexual e reprodutiva: garantindo a assistência em tempos de COVID-19 / Sexual and reproductive health actions: ensuring the assistance in COVID-19 time

Ana Clara Antunes Pereira Resende, Geovana Marcolino Silva, Jéssica Cardoso de Jesus, Larissa Pereira Caixeta, Laura Prado Medeiros, Susane Pereira Rastrelo, Efigênia Aparecida Maciel de Freitas

Abstract


Introdução: As ações de planejamento reprodutivo, previstas em legislação, são ações voltadas para o fortalecimento dos direitos sexuais e reprodutivos que se baseiam no cumprimento de metas propostas pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) com oferecimento de métodos contraceptivos e reuniões que buscam esclarecer questões referentes à saúde sexual, diante dessas propostas o grupo de acadêmicas do projeto de extensão em Atenção Reprodutiva Feminina propõe ações que oportunizem a educação em saúde com a finalidade de apresentar e discutir por meio de dinâmicas grupais os métodos contraceptivos disponibilizados pelo Sistema Único de Saúde mesmo em tempos de pandemia. Objetivos: Propor e descrever uma dinâmica educativa sobre métodos contraceptivos por meio de metodologia ativa. Além disso, demonstrar a percepção de participantes sobre a técnica utilizada. Materiais e Métodos: As reuniões são conduzidas pelos profissionais da saúde, juntamente com as acadêmicas da graduação integrantes do projeto de extensão em Atenção Reprodutiva Feminina e  vídeos informativos e explicativos confeccionados pelo grupo devido a pandemia do Coronavírus - SARS Cov 2. Resultados: É possível observar substancialmente a necessidade de manter as reuniões de planejamento reprodutivo mesmo em tempos de pandemia do Coronavírus - SARS Cov 2 pois, observa-se que muitas dúvidas são sanadas, e que são formadas muitas opiniões positivas a respeito da utilização de contraceptivos. Conclusão: Reuniões de planejamento reprodutivo têm sua importância evidenciada entre a população como fonte de informação acerca  da educação sexual relacionada ao novo COVID-19. Neste sentido, destaca-se as estratégias e metodologias a serem utilizadas no processo de educação em saúde, considerando as limitações decorrentes da nova pandemia.


Keywords


Enfermagem, Planejamento familiar, Infecções por Coronavirus.

References


ALVAREZ, F. B.; FERNANDEZ, E.V. et al. New insights on the mode of action of intrauterine contraceptive devices in women. Fertil Steril 49(5):768, 1988, Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/3360166. Acesso em: 10 ago 2020.

ALVES, V. S. Um modelo de educação em saúde para o Programa Saúde da Família: pela integralidade da atenção e reorientação do modelo assistencial. Interface-Comunicação, saúde, educação, v. 9, n.

, p. 39-52, 2005.

BICALHO, D. S.; VEADO, R. A. D.; DE FIGUEIREDO, T. CORONAVÍRUS NA GRAVIDEZ: CONSIDERAÇÕES E RECOMENDAÇÕES SOGIMIG.

BRASIL. Congresso Nacional Portaria nº 3.265, de 1º de Dezembro de 2017. Altera o Anexo XXVIII da Portaria de Consolidação nº 2/GM/MS, de 28 de setembro de 2017, que dispõe sobre a ampliação do

acesso ao Dispositivo Intrauterino Tcu 380 (DIU de cobre) no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). D.O.U. de 07 de Dezembro de 2017 p. 867 Disponível em:

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2017/prt3265_07_12_2017.html. Acesso em: 10 ago 2020.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica.

Cadernos de Atenção Básica: saúde sexual e saúde reprodutiva. Brasília – DF: Ministério da Saúde. 2013. 300 p.il. (Cadernos de Atenção Básica, n. 26). Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/saude_sexual_saude_reprodutiva.pdf. Acesso em: 13 out 2019.

BUHLING, K. J. et al. Worldwide use of intrauterine contraception: a review.: Contraception.: v. 89, n. 3, p. 162-173, dez./2005. Disponível em:

https://www.contraceptionjournal.org/article/S0010-7824(13)00733-6/fulltext. Acesso em: 10 ago 2020.

CABRAL, E. R. M. et al. Contribuições e desafios da Atenção Primária à Saúde frente à pandemia de COVID-19. Interamerican Journal of medicine and health, v. 3, p. 1-12, 2020.

GROMATZKY, C; LUCON, A. M.; BAUTZER, C. R. D. Vasectomia. In: Anticoncepção : aspectos contemporâneos[S.l: s.n.], 2005.

HATCHER, R.A.; RINEHART, W.; BLACKBURN, R.; GELLER, J.S.; SHELTON, J.D. Pontos

essenciais da tecnologia de anticoncepção: um manual para pessoal clínico. Baltimore: Population Information Program; 2001.

Lei n 9.263. Regula o § 7º do art. 226 da Constituição Federal, que trata do planejamento familiar, estabelece penalidades e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9263.htm. Acesso em: 13 out 2019.

Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas

Estratégicas. Direitos sexuais, direitos reprodutivos e métodos anticoncepcionais. Brasília: Ministério da Saúde. 2009. 52 p. : il. (Série Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos; caderno n. 2). Disponívelem:http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/direitos_sexuais_reprodutivos_metodos_anticoncepciona is.pdf. Acesso em: 13.10.2019.

Ministério da Saúde. Secretaria de atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Saúde Sexual e Reprodutiva: os homens como sujeitos do cuidado. Brasília: Ministério da Saúde, 2018. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/saude_sexual_reprodutiva_homens_cuidado.pdf. Acesso em: 13 out 2019.

Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas

Estratégicas. Manual Técnico para Profissionais de Saúde : DIU com Cobre TCu 380A. Brasília:

Ministério da Saúde, 2018. 72 p.:il. Disponível em:

http://portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br/wp-content/uploads/2018/12/manual_diu_08_2018.pdf. Acesso em: 13 out 2019.

Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas

Estratégicas. Linha de cuidado para atenção integral à saúde de crianças, adolescentes e suas famílias em situação de violências: orientação para gestores e profissionais de saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2010. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/linha_cuidado_criancas_familias_violencias.pdf. Acesso em: 13 out 2019.

MOREIRA, L.M.A. Métodos contraceptivos e suas características. In: Algumas abordagens da

educação sexual na deficiência intelectual [online]. 3rd ed. Salvador: EDUFBA, 2011, pp. 125-137. Bahia de todos collection. ISBN 978-85-232-1157-8. Available from SciELO Books .

ORTIZ, M.E.; CROXATTO, H.B. The mode of action of IUDs. Contraception 36:37, 1987. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/3311625. Acesso em: 10 ago 2020.

SANTOS, A. M. D. REPRODUTIVO, Planejamento. Mestrado Profissional em Saúde da Família. 2019.

TRUSSELL, J. Contraceptive failure in the United States. Contraception. v. 83, n.5, p. 397-404. 2011.

WHO. Family Planning. A global handbook for providers. 3 rd edition. 2018. 460 p. Disponível em: https://fphandbook.org/sites/default/files/global-handbook-2018-full-web.pdf. Acesso em: 11 OUT 2019.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n5-135

Refbacks

  • There are currently no refbacks.