Isolamento, identificação e teste de susceptibilidade aos antimicrobianos de bactérias patogênicas em vestimentas usadas por profissionais de saúde em ambiente hospitalar / Isolation, identification, and susceptibility test to antimicrobials of pathogenic bacteria isolated from clothing worn by health professionals in a hospital environment

Lillian Longue Rios, Vanessa Teixeira Oliveira Oliveira, Thaís Brito Malta, Guilherme Pereira dos Santos, Jorge Luiz Fortuna

Abstract


Um dos maiores meios de transporte de colônias bacterianas em ambiente hospitalar é a vestimenta utilizada pelos profissionais de saúde, sendo que os locais de maior contaminação são: bolsos, punhos e região da cintura, pois são áreas de maior contato com superfícies e pacientes. O presente estudo teve como objetivo investigar a presença de bactérias patogênicas em vestimentas utilizadas pelos profissionais do Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF) e da Unidade de Pronto Atendimento (UPA); e verificar a sensibilidade das bactérias isoladas e identificadas através de testes de susceptibilidade aos antimicrobianos (TSA). Foram retiradas amostras da região do bolso e pulso (punho) através de suabes esterilizados. A escolha do lado foi de acordo com a mão dominante do profissional. Os suabes foram acondicionados em tubos contendo caldo BHI e transportados para o Laboratório de Microbiologia da UNEB, Campus X, para análises microbiológicas e TSA. Foram isoladas e identificadas 87 cepas de bactérias, como: Staphylococcus aureus, Staphylococcus Coagulase Negativa, S. saprophyticus, Citrobacter freundii, Acinetobacter baumannii, Klebsiella spp., entre outras. Na UPA, foram 32 espécies e no HMTF, foram 55. As cepas submetidas ao TSA foram resistentes a um ou mais antimicrobianos. Faz-se necessário adotar medidas que enfatizam o controle da disseminação de bactérias patogênicas.


Keywords


Infecção, IRAS, Acinetobacter, Enterobactérias, Estafilococos.

References


ABBOTT, I. J.; PELEG, A. Y. Acinetobacter baumannii and hospital infections. Microbiology Australia, v.10, n.1, p. 54-56, 2014.

ALMEIDA, A. A. MANFRÉ, L. L. M.; GARCIA, M. T. R. C.; CHANG, M. R.; OLIVEIRA, K. M. P. Fatores associados a bacteremia por Klebsiella spp. em hospital universitário. Evidência-Interdisciplinar, v. 12, n. 2, p. 165-174, 2012.

ALMEIDA, M. C. L.; MATOZZO, J. M. A.; TELLIAN, A.; KREBS, V. L. J. Sepse neonatal por Klebsiella spp.: análise da incidência em três unidades neonatais. Revista Médica de Minas Gerais, v. 16, v. 3, p. 140-142, 2006.

ARAUJO, K. L.; QUEIROZ, A. C. Análise do perfil dos agentes causadores de infecção do trato urinário e dos pacientes portadores, atendidos no Hospital e Maternidade Metropolitano-SP. Journal of the Health Sciences Institute, v. 30, n. 1, p. 7-12, 2012.

AZAMBUJA, E. P.; PIRES, D. P.; VAZ, M. R. C. Prevenção e controle da infecção hospitalar: as interfaces com o processo de formação do trabalhador. Texto & Contexto-Enfermagem, v. 13, n. SPE, p. 79-85, 2004.

BAPTISTA, M. G. F. M. Mecanismos de resistência aos antibióticos. Lisboa. 2013. 51 p. Dissertação (Mestrado). Faculdade de Ciências e Tecnologias da Saúde. Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologia.

BARTELT, M. A. Diagnostic Bacteriology: A Study Guide. Philadelphia: Davis Company, 1999.

BIZZARRO, M. J.; DEMBRY, L. M.; BALTIMORE, R. S.; GALLAGHER, P. G. Changing patterns in neonatal Escherichia coli sepsis and ampicillin resistance in the era of intrapartum antibiotic prophylaxis. Pediatrics, v. 121, n. 4, p. 689-696, 2008.

BRASIL. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). Ministério da Saúde. Manual de Microbiologia Clínica para o Controle de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde. Módulo 6: Detecção e Identificação e Bactérias de Importância Médica. Brasília: ANVISA. 2010. p. 150.

BRASIL. Ministério da Saúde. Lei n. 9.431 de 6 de janeiro de 1997. Dispõe sobre a obrigatoriedade da manutenção de programa de controle de infecções hospitalares pelos hospitais do País. Diário Oficial da União, Brasília, Seção 1, p. 265, 7 jan., 1997.

BRASIL. Ministério do Trabalho. Riscos Biológicos. Guia técnico. Os riscos biológicos no âmbito da Norma Regulamentadora Nº. 32. Brasília, 2008. [online]. Disponível em: . Acesso em 24 jan. 2017.

BÜTTNER, H.; MACK, D.; ROHDE, H. Structural basis of Staphylococcus epidermidis biofilm formation: mechanisms and molecular interactions. Frontiers in Cellular and Infection Microbiology, v. 5, n. 14, p. 1-15, 2015.

CARVALHO, C. M. R. S.; MADEIRA, M. Z. A.; TAPETY, F. I.; ALVES, L. M.; MARTINS, M. C. C.; BRITO, J. N. P. O. Aspectos de biossegurança relacionados ao uso do jaleco pelos profissionais de saúde: uma revisão de literatura. Texto e Contexto Enfermagem. v. 18, n. 2, p. 355-360, 2009.

CAVEIÃO, C.; NOVELLO, N.; SALES, W. B.; VISENTIN, A.; BREY, C.; OLIVEIRA, V. B. C. A. SWAB de vigilância em aparelhos de celulares em hospital de Curitiba-PR: relato de experiência. Cadernos da Escola de Saúde, v. 2, n. 12, p. 12-18, 2014.

CEFAZOLINA SÓDICA. Florentino de Jesus Krencas. Anápolis: Pharma Limirio Ind. Farmacêutica, 1999. Bula de remédio.

CHUANG, Y. C.; SHENG, W. H.; LI, S. Y.; LIN, Y. C.; WANG, J. T.; CHEN, Y. C; CHANG, S. C. Influence of genospecies of Acinetobacter baumannii complex on clinical outcomes of patients with Acinetobacter bacteremia. Clinical Infectious Diseases, v. 52, n. 3, p. 352-360, 2011.

CLSI (Clinical and Laboratory Standards Institute). Performance Standards for Antimicrobial Susceptibility Testing; Fifteenth Informational Supplement. Clinical and Laboratory Standards Institute. Wayne, Pennsylvania 19087-1898 USA, 2005.

CORREA, C. M. C.; DAVID, C. M. N.; GONTIJO FILHO, P. P. Uso de antimicrobianos e resistência bacteriana em um hospital universitário do Rio de Janeiro. Revista da Associação Médica Brasileira, v. 35, p. 46-48, 1989.

COSTA, G. M.; BARROS, R. A.; CUSTÓDIO, D. A. C.; PEREIRA, U. P.; FIGUEIREDO, D. J.; SILVA, N. Resistência a antimicrobianos em Staphylococcus aureus isolados de mastite em bovinos leiteiros de Minas Gerais, Brasil. Arquivos do Instituto Biológico, v. 80, n. 3, p. 297-302, 2013.

COSTA, L. C.; BELÉM, L. F.; SILVA, P. M. F.; PEREIRA, H. S.; SILVA JÚNIOR, E. D.; LEITEL, T. R.; PEREIRA, G. J. S. Infecções urinárias em pacientes ambulatoriais: prevalência e perfil de resistência aos antimicrobianos. Revista Brasileira de Análises Clínicas, v. 42, n. 3, p. 175-180, 2010.

DAROUICHE, R. O. Treatment of infections associated with surgical implants. New England Journal of Medicine, v. 350, n. 14, p. 1422-1429, 2004.

DIAS JÚNIOR, P. P. Jaleco: uso correto na hora certa, em local apropriado. Revista Eletrônica de Ciências. 2008. [online]. Disponível em: Capturado em 25 de junho de 2018.

ESMERINO, L. A., GONÇALVES, L. G., SCHELESKY, M. E. Perfil de sensibilidade antimicrobiana de cepas Escherichia coli isoladas de infecções urinárias comunitárias. Revista Semina: Ciências Biológicas e da Saúde, v. 9, n. 1, p. 31- 39, 2003.

FARIA JUNIOR, C. Caracterização de cepas de Enterobacteriaceae resistentes a carbapenens isoladas no Distrito Federal. Brasília. 2014. 87 p. Dissertação (Mestrado). Instituto de Biologia da Universidade de Brasília. Universidade de Brasília.

FARIA, S. T.; PIEKARSI, A. C. R.; TOGNIM, M. C. B.; BORELLI, S. D.; BEBENDO, J. Perfil fenotípico e genotípico de Staphylococcus aureus isolados de estudantes de enfermagem, 2008. Acta Paulista de Enfermagem, v. 24, n. 2, p. 213-8, 2011.

FORIS, L. A.; SNOWDEN, J. Proteus mirabilis Infections. StatPearls. 13/10/2017. [online]. Disponível em: Capturado em 23 de junho de 2018.

FUNAHASHI, T.; TANABE, T.; MAKI, J.; MIYAMOTO, K.; TSUIIBO, H.; YAMAMOTO, S. Identification and characterization of a cluster of genes involved in biosynthesis and transport of acinetoferrin, a siderophore produced by Acinetobacter haemolyticus ATCC 17906T. Microbiology, v. 159, n. 4, p. 678-690, 2013.

GASPARD, P.; ESCHBACH, E.; GUNTHER, D.; GAYET, S.; BERTRAND, X.; TALON, D. Meticillin-resistant Staphyococcus aureus contamination of healthcare workers’ uniforms in long-term care facilites. Journal of Hospital Infection. v. 71, n. 2, p. 170-175, 2009.

HEILBERG, I. P.; SCHOR, N. Abordagem diagnóstica e terapêutica na infecção do trato urinário: ITU. Revista da Associação Médica Brasileira, v. 49, n. 1, p. 109-116, 2003.

HEFFRON, F. R. E. D.; RUBENS, C.; FALKOW, S. Transposition of a plasmid deoxyribonucleic acid sequence that mediates ampicillin resistance: identity of laboratory-constructed plasmids and clinical isolates. Journal of Bacteriology, v. 129, n. 1, p. 530-533, 1977.

HENNIGS, J. K.; BAUMANN, H. J.; SCHMIEDEL, S.; TENNSTEDT, P.; SOBOTTKA, I.; BOKEMEYER, C.; KLUGE, S.; KLOSE, H. Characterization of Enterobacter cloacae pneumonia: a single-center retrospective analysis. Lung, v. 189, n. 6, p. 475-483, 2011.

HOFLING, J. F.; GONÇALVES, R. B. Microscopia de Luz em Microbiologia. Porto Alegre: Artmed. 2008.

JANDA, J. M.; ABBOTT, S. L. The genus Hafnia: from soup to nuts. Clinical Microbiology Reviews, v. 19, n. 1, p. 12-28, 2006.

JAWETZ, E.; MELNICK, J. L.; ADELBERG, E. A.; BROOKS, G. F; BUTEL, J. S.; ORNSTON, L. N. Microbiologia Médica. 22 ed. Rio de Janeiro: AMGH, 2005.

KIM, M. G.; JEON, J. W.; RYU, I. H.; LEE, J. J.; KIM, J. S.; CHOI, J. W.; CHO, B. S.; YOON, H. J. Mycotic abdominal aortic aneurysm caused by Bacteroides thetaiotaomicron and Acinetobacter lwoffii: the first case in Korea. Infection & Chemotherapy, v. 46, n. 1, p. 54-58, 2014.

KLOOS, W. E. Natural populations of the genus Staphylococcus. Annual Reviews in Microbiology, v. 34, n. 1, p. 559-592, 1980.

LARANJEIRA, V. S.; MARCHETTI, D. P.; STEYER, J. R.; CORÇÃO, G.; PICOLI, S. U. Pesquisa de Acinetobacter sp. e Pseudomonas aeruginosa produtores de metalo-β-lactamase em hospital de emergência de Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v. 43, n. 4, p. 462-464, 2010.

LEÃO, A. C. Q. Impacto das bacteremias por Acinetobacter spp. em relação a bacteremias causadas por outras bactérias na sobrevida de pacientes internados em unidade de terapia intensiva. São Paulo. 2015. 96 p. Dissertação (Mestrado). Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Universidade de São Paulo.

LEE, C. R.; LEE, J. H.; PARK, M.; PARK, K. S.; BAE, K.; KIM, Y. B.; CHA, C. J.; JEONG, B. C.; LEE, S. H. Biology of Acinetobacter baumannii: pathogenesis, antibiotic resistance mechanisms, and prospective treatment options. Frontiers in Cellular and Infection Microbiology, v. 7, n. 55, p. 1-35, 2017.

LEVY, C. E. Módulo V - Detecção e identificação de bactérias de importância médica. In: LEVY, C. E. Manual de Microbiologia Clínica para o Controle de Infecção de Serviços de Saúde. Brasília: Agência Nacional de Vigilância Sanitária. 2004. p. 1-93.

LIU, L.; LEE, D. J.; WANG, A.; REN, N.; SU, A.; LAI, J. Y. Isolation of Fe (III)-reducing bacterium, Citrobacter sp. LAR-1, for startup of microbial fuel cell. International Journal of Hydrogen Energy, v. 41, n. 7, p. 4.498-4.503, 2016.

MARGARIDO, C. A.; BOAS, T. M. V.; MOTA, V. S.; SILVA, C. K. M.; POVEDA, V. B. Contaminação microbiana de punhos de jalecos durante a assistência a saúde. Revista Brasileira de Enfermagem. v. 67, n. 1, p. 127-132, 2014.

MARRA, A. R.; CAMARGO, L. F. A.; PIGNATARI, A. C. C.; SUKIENNIK, T.; BEHAR, P. R. P.; MEDEIROS, E. A. S.; RIBEIRO, J.; GIRÃO, E.; CORREA, L.; GUERRA, C.; BRITES, C.; PEREIRA, C. A. P.; CARNEIRO, I.; REIS, M.; SOUZA, M. A.; TRANCHESI, R.; BARATA, C. U.; EDMOND, M. B. Nosocomial bloodstream infections in Brazilian hospitals: analysis of 2,563 cases from a prospective nationwide surveillance study. Journal of Clinical Microbiology, v. 49, n. 5, p. 1.866-1.871, 2011.

MAYER, L. E.; HÖRNER, R. Avaliação da prevalência e do perfil de sensibilidade de Staphylococcus coagulase negativa resistentes à meticilina/oxacilina no Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM) e comparação de testes para detecção de resistência. Saúde (Santa Maria), v. 35, n. 2, p. 62-69, 2009.

MCCONNELL, M. J.; ACTIS, L.; PACHÓN, J. Acinetobacter baumannii: human infections, factors contributing to pathogenesis and animal models. FEMS Microbiology Reviews, v. 37, n. 2, p. 130-155, 2013.

MENEZES, E. A.; CEZAFAR, F. C.; ANDRADE, M. S. S.; ROCHA, M. V. A. P.; CUNHA, F. A. Frequência de Serratia sp. em infecções urinárias em pacientes internados na Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v. 37, n. 1, p. 70-71, 2004.

MIMICA, M. Update on the laboratory detection of antimicrobial resistance in Staphylococcus aureus. Arquivos Médicos dos Hospitais e da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, v. 57, p. 129-134, 2012.

MORAES, F. M.; RAU, C. Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAS): impacto na saúde e desafios para seu controle e prevenção. 8ª Mostra de Produção Científica da Pós-graduação Lato Sensu da PUG Goiás, v. 1, p. 1711-1727, 2013.

MORENO, C. Hafnia alvei. Revista Chilena de Infectologia, v. 26, n. 4, p. 355, 2009.

MUNOZ-PRICE, L. S.; WEINSTEIN, R. A. Acinetobacter infection. New England Journal of Medicine, v. 358, n. 12, p. 1271-1281, 2008.

NASCIMENTO, J. P M.; RAMOS, R. L. B. Staphylococus aureus resistente à meticilina em jalecos de estudantes de enfermagem. Saúde.com, v. 12, n. 1, p. 463-469, 2016.

NOVATO, D. A. M. B.; SILVA, G. P. D.; FERRASSOLI, K. P.; SIQUEIRA, L. P.; MURONI, P. M.; PELAIS, P. F. R.; BRUNO, T. F.; ALMEIDA, C. B. Eficácia dos desinfetantes quanto ao controle microbiológico. Revista UNILAGO, v. 11, p. 309-316, 2012.

ODA, L. M.; ÁVILA, S. M. Biossegurança em Laboratórios de Saúde Pública. Brasília: Ministério da Saúde. 1998.

OLIVEIRA, A. C.; PAULA, A. O.; IQUIAPAZA, R. A.; LACERDA, A. C. S. Infecções relacionadas à assistência em saúde e gravidade clínica em uma unidade de terapia intensiva. Revista Gaúcha de Enfermagem, v. 33, n. 3, p. 89-96, 2012.

OLIVEIRA, A. C.; SILVA, M. D. M. Caracterização epidemiológica dos microrganismos presentes em jalecos dos profissionais de saúde. Revista Eletrônica de Enfermagem, v. 15, n. 1, p. 80-87, 2013.

OLIVEIRA, B. R. M.; SOUSA, L. F.; SOARES, R. C.; NASCIMENTO, T. C.; MADUREIRA, M. S.; FORTUNA, J. L. Pesquisa de enterobactérias e estafilococos em formigas em ambiente hospitalar. Ciência & Tecnologia Fatec-JB, v. 8, n. esp., p. 1-12, 2016.

OLIVEIRA, R. C. Resistência a oxacilina e vancomicina em Staphylococcus aureus e estafilococos coagulase negativos de diferentes origens. Viçosa. 2007. 63 p. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola. Universidade Federal de Viçosa.

PHILIPS, G.; GOLLEDGE, C. L. Vancomycin and Teicoplanin something old, something new. The Medical Journal of Australia, v. 156, n. 1, p. 53-57, 1992.

PIETTE, A.; VERSCHRAEGEN, G. Role of coagulase-negative staphylococci in human disease. Veterinary Microbiology, v. 134, n. 1-2, p. 45-54, 2009.

PILONETTO, M.; ROSA, E. A. R.; BROFMAN, P. R. S.; BAGGIO, D.; CALVÁRIO, F.; SCHELP, C.; NASCIMENTO, A.; MESSIAS-REASON, I. Hospital gowns as a vehicle for bacterial dissemination in an Intensive Care Unit. The Brazilian Journal of Infectious Diseases. v. 8, n. 3, p. 206-210, 2004.

POIREL, L.; NORDMANN, P. Carbapenem resistance in Acinetobacter baumannii: mechanisms and epidemiology. Clinical Microbiology and Infection, v. 12, n. 9, p. 826-836, 2006.

POLETTO, K. Q.; REIS, C. Suscetibilidade antimicrobiana de uropatógenos em pacientes ambulatoriais na Cidade de Goiânia, GO. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v. 38, n. 5, p. 416-420, 2005.

REZAEI, M.; AKYA, A.; ELAHI, A.; GHADIRI, K.; JAFARI, S. The clonal relationship among the Citrobacter freundii isolated from the main hospital in Kermanshah, west of Iran. Iranian Journal of Microbiology, v. 8, n. 3, p. 175-180, 2016.

ROCHA, D. P.; RUGGIERO, R.; OLIVEIRA, C. A.; GUERRA, W.; FONTES, A. P. S.; TAVARES, T. T.; MARZANO, I. M.; PEREIRA-MAIA, E. C. Coordenação de metais a antibióticos como uma estratégia de combate à resistência bacteriana. Química Nova, v. 34, n. 1, p. 111-118, 2011.

RODRIGUES, P. L.; ALVES, P. H.; BARTH, A. L. Incidência de infecções por enterobactérias resistentes a carbapenêmicos em pacientes previamente colonizados. Clinical and Biomedical Research, v. 35, n. 3, p. 134-140, 2015.

ROGERS, K. L.; FEY, P. D.; RUPP, M. E. Coagulase-negative staphylococcal infections. Infectious Disease Clinics, v. 23, n. 1, p. 73-98, 2009.

SAKOULAS, G.; MOELLERING JUNIOR, R. C. Increasing antibiotic resistance among methicillin-resistant Staphylococcus aureus strains. Clinical Infectious Diseases, v. 46, n. 5, p. S360-S367, 2008.

SALES, W. B.; VISENTIN, A.; CAVEIÃO, C.; HEY, A. P.; GUIMARÃES, L.; BAPTISTELLA, R. S. R. Quantitativo microbiano em jalecos de estudantes da área da saúde em instituição de ensino superior. Biomedicina, v. 78, n. 30, p. 6, 2016.

SANTOS, S. S. F.; JORGE, A. O. C. Sensibilidade in vitro de Enterobacteriaceae e Pseudomonadaceae isoladas da cavidade bucal humana à espiramicina, metronidazol e tetraciclina. Revista Biociências, v. 6, n. 1, p. 1-4, 2000.

SANTOS, T. W. P.; FREITAS, L. M. A proliferação de microrganismos (bactérias) provenientes de área laboratorial em região acadêmica: uso incorreto do jaleco. Simpósio de TCC/Seminário de IC, n. 12, p. 470-473, 2017.

SCHEIDT, K. L. S. RIBEIRO, R. L.; ARAÚJO, A. R. V. F. Práticas de utilização e perfil de contaminação microbiológica de jalecos em escola médica. Revista Medicina-Ribeirão Preto, v. 48, n. 5, p. 467-77, 2015.

SOUSA, E. P. C. P.; SILVA, F. L. Conhecimento e adesão da prática de higienização das mãos dos profissionais da saúde. Saúde em Foco, v. 3, n. 1, p. 84-93, 2016.

STEFFANI, J. A.; GALHOTO, A.; IAGHER, F.; BAÚ, M.; STUMPF, C. C. Identificação de micro-organismos em profissionais e superfícies de uma unidade de terapia intensiva. Revista Brasileira de Medicina, v. 69, n. 11, p. 297-302, 2010.

SWARTZ, M. N. Use of antimicrobial agents and drug resistance. New England Journal of Medicine, v. 337, n. 1, p. 491- 492, 1997.

TAVARES, W. Bactérias gram-positivas problemas: resistência do estafilococo, do enterococo e do pneumococo aos antimicrobianos. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v. 33, n. 3, p. 281-301, 2000.

THEISEN, J. Suscetibilidade de Staphylococcus epidermidis à vancomicina, rifampicina, azitromicina e eritromicina. 2010. 28 f. Monografia (Farmácia). Faculdade de Farmácia. Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

TOLEDO, M. R. F. Edwardsiella-Citrobacter-Klebsiella-Enterobacter-Hafnia-Serratia-Morganella-Providencia. In: TRABULSI, L. R.; ALTERTHUM, F.; GOMPERTZ, O. F.; CANDEIAS, J. A. N. Microbiologia. 3 ed. São Paulo: Atheneu, 2002.

TORRES, R. A.; TORRES, B. R. Importância e bases de um programa de controle e prevenção de infecção em unidade de terapia intensiva geral. Revista Médica de Minas Gerais, v. 25, n. 4, p. 577-582, 2015.

TORTORA, G. J.; FUNKE, B. R.; CASE, C. L. Microbiologia. 10 ed. Porto Alegre: Artmed, 2012.

UNEKE, C. J.; IJEOMA, P. A. The potencial for nosocomial infection transmission by white coat used by physicians in Nigeria: Implications for improved patient-safety initiatives. Would Health & Population. v. 11, n. 3, p. 44-54, 2010.

VIEIRA, P. B.; PICOLI, S. U. Acinetobacter baumannii multirresistente: aspectos clínicos e epidemiológicos. Revista Brasileira de Ciências da Saúde, v. 19, n. 2, p. 151-156, 2016.

VON, E. C.; PETERS, G.; HEILMANN, C. Pathogenesis of infections due to coagulase negative staphylococci. The Lancet Infectious Diseases, v. 2, n. 11, p. 677-685, 2002.

WIE, S. H. Clinical significance of Providencia bacteremia or bacteriuria. The Korean Journal of Internal Medicine, v. 30, n. 2, p. 167-169, 2015.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n5-131

Refbacks

  • There are currently no refbacks.