Análise entre adesão ao tratamento da hipertensão arterial sistêmica, fatores de risco e desfechos cardiovasculares em uma unidade de saúde da família / Analysis between adherence to the treatment of systemic arterial hypertension, risk factors and cardiovascular outputs in a family health unit

Tales Tadeu Russelakis Carneiro Oliveira, Layse Melo Menici Ayres, Stéphanie De Windson Navarro Cruz, Roseane do Socorro Ferreira dos Santos, Ivete Moura Seabra de Souza

Abstract


Objetivo: Analisar a associação entre variáveis clínicas, epidemiológicas, laboratoriais e comportamentais e a presença de desfechos cardiovasculares em pacientes com diagnóstico clínico e ambulatorial de Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) cadastrados na Estratégia Saúde da Família do Julia Seffer. Método: Estudo quantitativo, de corte transversal, do tipo observacional e de caráter descritivo e analítico realizado em uma amostra de 64 pacientes idosos hipertensos, com idade igual ou superior a 60 anos, de ambos os sexos, cadastrados na USF Julia Seffer. Resultados: Foram avaliados 64 pacientes, sendo 42 do sexo feminino e 22 do sexo masculino, não sendo observada associação entre a presença de complicações cardiovasculares e o sexo dos pacientes. A maioria dos pacientes apresentou bom controle da PA (Pressão Arterial), referiu aderir ao tratamento medicamentoso proposto, e não foi observada relação entre o número de consultas ou intervalo entre consultas e o controle da PA.. Conclusão: É preciso reforçar os princípios da atenção básica, conhecendo a população atendida e aplicando medidas específicas para a população estudada, tendo em vista seu perfil clinico epidemiológico laboratorial, objetivando um melhor prognóstico e seguimento.

 

 


Keywords


Hipertensão Arterial Sistemica, Atenção Primária à Saúde, Perfil Clínico, Complicação Cardiovascular, Idoso.

References


Da Silva Lima, D. B., Moreira, T. M. M., Borges, J. W. P., & Rodrigues, M. T. P. (2016). Associação entre adesão ao tratamento e tipos de complicações cardiovasculares em pessoas com hipertensão arterial. Texto & Contexto Enfermagem, 25(3), 1-9.

Da Silva Bezerra, D., de Lira Silva, M., Araújo, R. D. O. F., Oliveira, G. S., da Silva, J. M. D. A., da Silva, Í. M. R., ... & de Oliveira, T. (2019). ANÁLISE DO ACOMPANHAMENTO E FATORES DE RISCO PARA O ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL EM HIPERTENSOS. Revista Eletrônica Acervo Saúde, 11(12), e792-e792.

Guimarães Filho, G. C., Sousa, A. L. L., Jardim, T. D. S. V., Barroso, W. S., & Souza, P. C. B. V. J. (2015). Evolução da pressão arterial e desfechos cardiovasculares de hipertensos em um Centro de Referência. Arq Bras Cardiol [Internet], 104(4), 292-8.

Vasconcelos, T. R. D. S., Da Silva, J. M., & Miranda, L. N. (2018). FATORES ASSOCIADOS A NÃO ADESÃO AO TRATAMENTO DE PACIENTES COM HIPERTESÃO ARTERIAL SISTÊMICA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA. Caderno de Graduação-Ciências Biológicas e da Saúde-UNIT-ALAGOAS, 4(2), 385.

Brandão, A. A., Alessi, A., Feitosa, A. M., Machado, C. A., Figueiredo, C. E. P. D., Amodeo, C., et. al (2018). 6ª DIRETRIZES DE MONITORIZAÇÃO AMBULATORIAL DA PRESSÃO ARTERIAL E 4ª DIRETRIZES DE MONITORIZAÇÃO RESIDENCIAL DA PRESSÃO ARTERIAL. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, 110(5), 1-29.

Sociedade Brasileira de Cardiologia; Sociedade Brasileira de Hipertensão; Sociedade Brasileira de Nefrologia. VII Diretriz Brasileira de Hipertensão Arterial. Arq Bras Card 2016; 107(3 Suppl 3): 1-83.

Bortolotto, Luiz Aparecido. Hipertensão arterial e insuficiência renal crônica. Rev Bras Hipertens, v. 15, n. 3, p. 152-5, 2008.

Da Silva Maciel, A. B., da Silva, E. R. D., de Matos, M. M., de Castro, S. K. O., & Lobo, M. R. G. (2018). Fatores de risco cardiovasculares como preditor para o desenvolvimento de infarto agudo do miocárdio. Enfermagem Brasil, 16(6), 383-390.

Amaral, Jonábia Alves Demétrio. O cuidar de pessoas idosas hospitalizadas por diabetes mellitus e hipertensão arterial sistêmica. 2017.

Soutello, A. L. S., Rodrigues, R. C. M., Jannuzzi, F. F., São-João, T. M., Martinix, G. G., & Nadruz Jr, W. (2015). Qualidade de vida na hipertensão arterial: validade de grupos conhecidos do MINICHAL. Arq Bras Cardiol, 104(4), 299-307.

Rosa, C. B., Agostini, J. A., Bianchi, P. D. A., Garces, S. B. B., Hansen, D., Moreira, P. R., & Schwanke, C. H. A. (2016). Síndrome metabólica e estado nutricional de idosos cadastrados no HIPERDIA. Scientia Medica, 26(3), 5.

Ayres, Manuel et al. BioEstat 5.4. Aplicações estatísticas nas áreas das ciências biológicas e médicas. Belém: Mamirauá, 2015.

GraphPad Prism versão 8.00, GraphPad Software, La Jolla California USA, www.graphpad.com

Firmo, J. O. A., Mambrini, J. V. D. M., Peixoto, S. V., Loyola, A. I. D., Souza, P. R. B. D., Andrade, F. B. D., & Lima-Costa, M. F. (2018). Controle da hipertensão arterial entre adultos mais velhos: ELSI-Brasil. Rev. Saúde Pública, 52(Suppl 2).

De Menezes, T. N., Oliveira, E. C. T., Fischer, M. A. T. S., & Esteves, G. H. (2016). Prevalência e controle da hipertensão arterial em idosos: um estudo populacional. Revista Portuguesa de Saúde Pública, 34(2), 117-124.

Gonçalves, L. H. R., Características ambientais e epidemiológicas de uma população de idosos hipertensos atendida em uma unidade de saúde da família em ImperatrizMA. 2014.

Andrade, S. S. D. A., Stopa, S. R., Brito, A. S., Chueri, P. S., Szwarcwald, C. L., & Malta, D. C. (2015). Prevalência de hipertensão arterial autorreferida na população brasileira: análise da Pesquisa Nacional de Saúde, 2013. Epidemiologia e Serviços de Saúde, 24, 297-304.

da Silva, S. S. B. E., da Silva Barbosa, S. D. F., & Pierin, A. M. G. (2016). O controle da hipertensão arterial em mulheres e homens: uma análise comparativa. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 50(1), 50-58

De Oliveira Ferreira, B., da Silva, L. V., Oliveira, R. A., de Carvalho, R. F., Fontes, L. B. A., Vieira, C. F., ... & de Assis Costa, J. (2017). PERFIL DE SAÚDE E HÁBITOS DE VIDA DE PACIENTES HIPERTENSOS DE UMA UBS DA ZONA DA MATA MINEIRA. Revista Científica FAGOC-Saúde, 1(2), 33-42.

da Silva, Fernanda Oliveira, Cleuma Sueli Santos Suto, and Laura Emmanuela Lima Costa. "Perfil de pacientes cadastrados no HIPERDIA: conhecendo o estilo de vida." Revista de Saúde Coletiva da UEFS 5.1 (2016): 33-39.

Grossman E, Messerli FH, Goldbourt U. High blood pressure and diabetes mellitus: are all antihypertensive drugs created equal. Arch Intern Med. 2000;160(16):2447-52.

Faludi, A. A., Izar, M. C. D. O., Saraiva, J. F. K., Chacra, A. P. M., Bianco, H. T., Afiune Neto, A., ... & Chagas, A. C. P. (2017). Atualização da diretriz brasileira de dislipidemias e prevenção da aterosclerose–2017. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, 109(2), 1-76

Martins, M. V., Souza, J. D. D., Martinho, K. O., Franco, F. S., & Tinôco, A. L. A. (2017). Associação entre razão Triglicerídeos e HDL-colesterol e fatores de risco cardiovascular em idosos atendidos na estratégia saúde da família de Viçosa, MG. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, 20(2), 236-243.

Tavares, N. U. L., Bertoldi, A. D., Mengue, S. S., Arrais, P. S. D., Luiza, V. L., Oliveira, M. A., ... & Dal Pizzol, T. D. S. (2016). Fatores associados à baixa adesão ao tratamento farmacológico de doenças crônicas no Brasil. Revista de Saúde Pública, 50(2), 1s-11s.

Daskalopoulou SS, Rabi DM, Zarnke KB, Dasgupta K, Nerenberg K, Cloutier L, et al. The 2015 Canadian Hypertension Education Program recommendations for blood pressure measurement, diagnosis, assessment of risk, prevention, and treatment of hypertension. Can J Cardiol. 2015;31(5):549-68.

Conselho Federal de Medicina (CFM). Resolução CFM nº 1.958/11 de 10 de janeiro de 2011.

Guimarães Filho, G. C., Sousa, A. L. L., Jardim, T. D. S. V., Barroso, W. S., & Souza, P. C. B. V. J. (2015). Evolução da pressão arterial e desfechos cardiovasculares de hipertensos em um Centro de Referência. Arq Bras Cardiol [Internet], 104(4), 292-8.

Costa, M. S., Sampaio, J. B., Teixeira, O. F. B., Pinheiro, M. B. G. N., Leite, E. D. S., & Pereira, A. A. (2015). Doenças renais: perfil social, clínico e terapêutico de idosos atendidos em um serviço de nefrologia. Espaço para a Saúde-Revista de Saúde Pública do Paraná, 16(2), 77-85.

Matthews CE, Chen KY, Freedson PS, Buchowski MS, Beech BM, Pate RR, et al. Amount of time spent in sedentary behaviors in the United States, 2003-2004. Am J Epidemiol. 2008 Apr 1;167(7):875–81




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n5-105

Refbacks

  • There are currently no refbacks.