Abordagem dos cuidados com o coto umbilical na atenção básica para prevenção da onfalite: relato de experiência/ Umbilical stump care approach in basic care for prevention of onphalitis: experience report

Núbia Ivo da Silva, Franciare Vieira Silva, Carlos Alberto Pimentel de oliveira filho, João Allef de Matos Silva, João Paulo do Nascimento Cordeiro, Rubens Frutuoso de Oliveira Neto, Silvana Medeiros Costa Cavalcante

Abstract


INTRODUÇÃO: Após o nascimento da criança, o cordão umbilical é clampeado e seccionado, passando a ser chamado de coto umbilical, ele necessita de vigilância e cuidados por favorecer a ocorrência de infecções; onfalite, caracterizado por sinais de inflamação local, como edema, aumento da sensibilidade e calor local. OBJETIVO: Orientar gestantes sobre cuidados preventivos de infeção e melhor tratamento a instituir para os cuidados ao coto umbilical.  METODOLOGIA: O estudo é do tipo relato de experiência, que surgiu a partir de uma oficina para 12 gestantes realizado por acadêmicos de enfermagem onde foram abordados os primeiros cuidados ao recém-nascido com ênfase no coto umbilical. RESULTADOS: O conhecimento prévio das participantes sobre a temática possibilitou o desenvolvimento teórico do curso de maneira clara e objetiva, além de proporcionar a socialização das gestantes com os cuidados apropriados com o coto umbilical onde as mesmas realizaram a técnica correta em bonecas. CONCLUSÕES: Ao não realizar a técnica correta da limpeza do coto umbilical mães e/ou cuidadores, podem contribuir com inúmeros fatores favoráveis para a proliferação de microrganismos. Algumas intervenções são consideradas seguras para a limpeza do coto umbilical entre elas lavagem das mãos, não utilização de substâncias caseiras e a limpeza diária com antisséptico álcool a 70%.


Keywords


Cordão Umbilical, Cultura,Cuidados.

References


BARBOSA, Manuel; MOREIRA, Sara; FERREIRA, Sara. Desinfeção do cordão umbilical: revisão baseada na evidência. Rev Port Med Geral Fam, Lisboa, v. 33, n. 1, p. 41-47, fev. 2017.

BRASIL.MINISTÉRIO DA SAÚDE. Atenção à Saúde do Recém-Nascido Guia para os Profissionais de Saúde. Brasília – DF 2ª edição 2014.

CARDÃO, Cláudia; PARREIRA, Vitória; COUTINHO, Emília. Práticas preventivas nos cuidados ao coto umbilical do recém-nascido – uma revisão integrativa da literatura. In: CONGRESSO IBERO-AMERICANO EM INVESTIGAÇÃO QUALITATIVA, 8., 2018, Lisboa. Anais [...]. Lisboa: Atas Ciaiq2019, 2019. v. 2, p. 1590-1999.

LINHARES, Eliane Fonseca et al. Memória coletiva de cuidado ao coto umbilical: uma experiência educativa. Rev. Bras. Enferm., Brasília, v. 72, supl. 3, p. 360-364, dez. 2019.

LUÍS, Sandra Paula Domingues; COSTA, Maria Graça F. Aparício; CASTELEIRO, Catarina Susana Cunha. BOAS PRÁTICAS NOS CUIDADOS AO COTO UMBILICAL: um estudo de revisão. Millenium Journal, [s.i.], n. 47, p. 33-46, 2014. Bimestral.

MIRANDA, Juliana de Oliveira Freitas et al. EVIDÊNCIAS PARA AS PRÁTICAS DE CUIDADO DO COTO UMBILICAL: revisão integrativa. Rev Enferm Ufpe: on line, Recife, p. 821-829, fev. 2016.

TAVARES, Elsy; RAMOS, Natália. ONFALITE: uma realidade de saúde pública em angola. Revista Ciência Plural, [s.l.], v. 6, n. 2, p. 1-20, 11 jun. 2020. Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n5-100

Refbacks

  • There are currently no refbacks.