Cuidados paliativos: Importância da assistência à saúde ao paciente em fase terminal / Palliative care: Importance of health care to the patient in the terminal phase

Ednan Cardoso de Sousa, Hugo Marcilio Lacava de Carvalho, David Henrique Vieira Vilaça, Luan Mateus Salvador Silva, Marília Millena Remígio da Costa, Bruna Queiroz de Oliveira Vespaziano Borges, Layse Ciane Silveira Cirino de Britto Galvão, José Iago Simões Ferreira, Paloma Lopes de Melo, Apolonio Alves de Lima Junior

Abstract


Introdução: Cuidados paliativos têm como relevância a qualidade de vida dos pacientes e de seus parentes que precisam lidar com a fase terminal da vida, como a prevenção e o alívio do sofrimento, através do reconhecimento prévio, avaliação adequada e tratamento da dor e das outras complicações físicas, psicossociais e espirituais. Objetivo: Verificar o que tem sido produzido na literatura científica acerca da atuação dos profissionais de saúde nos cuidados paliativos aos pacientes na fase terminal.  Metodologia: Revisão integrativa da literatura de artigos publicados nas bases de dados eletrônicas: LILACS e SCIELO. Para alcançar variadas informações sobre o tema. Utilizaram-se os descritores (DeCS): cuidados paliativos, medicina e cuidados de saúde, associado ao operador booleano (AND). Os critérios de seleção foram artigos completos publicados no período de 2011 a 2018, em Língua inglesa, portuguesa e espanhola, que discutiam a temática referente ao problema da pesquisa. Foram excluídos os artigos duplicados, incompletos, e os que não se enquadravam na temática. Resultados e Discussão: Foram encontrados 57 artigos científicos que abordavam a temática, destes, selecionaram- se 12 para análise, interpretação dos dados e discussão da presente pesquisa. Foi possível identificar, nos artigos, aspectos relevantes aos cuidados paliativos, em que os profissionais de saúde prestam assistência ao ponto de reduzir o sofrimento desses enfermos. Além disso, percebeu-se, também, dificuldades apresentadas por esses profissionais devido à ausência de conhecimentos durante a formação acadêmica. Conclusão: Destacou-se a forma de assistência na abordagem do cuidado, na obrigação de promover segurança e na qualidade prestadas aos pacientes um vínculo de confiabilidade entre os profissionais e pacientes.


Keywords


Cuidados paliativos, Medicina, Cuidados de saúde.

References


ARAÚJO, Monica Martins Trovo de; SILVA, Maria Júlia Paes da. O conhecimento de estratégias de comunicação no atendimento à dimensão emocional em cuidados paliativos. Texto & Contexto - Enfermagem, [s.l.], v. 21, n. 1, p.121-129, mar. 2012. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s0104-07072012000100014. Disponível em

ANDRADE, Luana Machado; SENA, Edite Lago da Silva; PINHEIRO, Gleide Magali Lemos. Políticas públicas para pessoas idosas no Brasil: uma revisão integrativa. Ciência & Saúde Coletiva, Pombal-pb, p.3543-3552, 2013. Disponível em

BRITTO, Sabrina Maria Coelho de et al. Representação social dos enfermeiros sobre cuidados paliativos. Revista Cuidarte, [s.l.], v. 6, n. 2, p.1062-1069, 17 jul. 2015.Universidad Santander - UDES. http://dx.doi.org/10.15649/cuidarte.v6i2.170. Disponívelem

DARONCO, Vivian Fernanda et al. Cuidados paliativos a pacientes oncológicos: percepções de uma equipe de enfermagem / Palliative care to cancer patients. Ciência, Cuidado e Saúde, [s.l.], v. 13, n. 4, p.657-664, 29 out. 2014. Universidade Estadual de Maringa. http://dx.doi.org/10.4025/cienccuidsaude.v13i4.19146.

FERNANDES, Maria Andréa et al. Percepção dos enfermeiros sobre o significado dos cuidados paliativos em pacientes com câncer terminal. Ciência & Saúde Coletiva, [s.l.], v. 18, n. 9, p.2589-2596, set. 2013. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s1413-81232013000900013. Disponível em

www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-81232013000900013&script=sci...tlng.>

GOMES, Ana Luisa Zaniboni; OTHERO, MarÍlia Bense. Cuidados paliativos. Estudos Avançados, [s.l.], v. 30, n. 88, p.155-166, dez. 2016. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s0103-40142016.30880011. Disponível em

MENDES, K. D. S.; SILVEIRA, R. C. C. P.; GALVÃO, C. M. Revisão Integrativa: Método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto Contexto Enfermagem, Florianópolis-SC, v. 17, n. 4, p. 758-764, out-dez, 2008. Disponível em: . Acesso em 04 ago. 2017.

PAIVA, Fabianne Christine Lopes de; ALMEIDA JÚNIOR, José Jailson de; DAMÁSIO, Anne Christine. Ética em cuidados paliativos: concepções sobre o fim da vida. Ev. Bioét. (impr.), São Paulo (sp) Brasil., p.550-560, 22 mar. 2014. Disponível em

SILVA, Marcelle Miranda da; MOREIRA, Marléa Chagas; LEITE, Joséte Luzia. Análise do cuidado de enfermagem e da participação dos familiares na atenção paliativa oncológica. Texto Contexto Enferm, Florianópolis-sc, p.658-666, set. 2012. Disponível em

SILVA, Vladimir Araujo da; SALES, Catarina Aparecida. Encontros musicais como recurso em cuidados paliativos oncológicos a usuários de casas de apoio. Revista da Escola de Enfermagem da Usp, [s.l.], v. 47, n. 3, p.626-633, jun. 2013. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s0080-623420130000300015. Disponível em

SILVA, Marcelle Miranda da et al. Palliative care in highly complex oncology care: perceptions of nurses. Escola Anna Nery - Revista de Enfermagem, [s.l.], v. 19, n. 3, p.460-466, 2015. GN1 Genesis Network. http://dx.doi.org/10.5935/1414-8145.20150061.Disponívelem

SILVA, Lízia Fabíola Almeida; LIMA, Maria da Glória; SEIDL, Eliane Maria Fleury. Conflitos bioéticos: atendimento fisioterapêutico domiciliar a pacientes em condição de terminalidade. Revista Bioética, [s.l.], v. 25, n. 1, p.148-157, abr. 2017. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/1983-80422017251176. Disponível em

SILVEIRA, Natyele Rippel et al. Cuidado paliativo e enfermeiros de terapia intensiva: sentimentos que ficam. Revista Brasileira de Enfermagem, [s.l.], v. 69, n. 6, p.1074-1081, dez. 2016. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2016-0267. Disponívelem

VASQUES, Tânia Cristina Schäfer; LUNARDI, Valéria Lerch; SILVA, Priscila Arruda da. Percepção dos trabalhadores de enfermagem acerca do cuidado paciente em terminalidade no ambiente hospitalar. Texto Contexto Enferm, p.1-7, 25 mar. 2016.Disponível em




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n5-072

Refbacks

  • There are currently no refbacks.