Sistema de monitoramento e correção do trajeto do nado para deficientes visuais / System for monitoring and correcting the path of swimming for the visually impaired

Lucas Tonetto Firmo, Bruno Esper Kallas Ferrari, João Victor Jesus de Sousa, Ricardo Felix Monteiro Neto, Pedro Cardozo Júnior

Abstract


O presente trabalho teve como foco a elaboração de soluções tecnológicas que possam auxiliar a prática da natação paralímpica para deficientes visuais, implementando um software responsável por analisar imagens em tempo real do nadador e calcular sua distância em relação aos limites da raia, além da confecção de um dispositivo em formato de pulseira responsável por alertar a proximidade em relação aos limites da piscina, permitindo que o indivíduo corrija seu trajeto sozinho e consequentemente desenvolva independência e segurança na prática do esporte. A solução elaborada durante o trabalho mostrou-se eficaz no cálculo em tempo real de distância entre o nadador e os limites da raia, entretanto é necessária maior eficácia no método de análise de imagens, que mostrou-se impreciso em determinados momentos. Testes em nadadores ainda não foram realizados para comprovar a eficácia do impacto do sistema na aprendizagem.


Keywords


natação, paralímpica, solução, aprendizagem, tecnologia.

References


ABRANTES, G. M.; LUZ, L. M. R.; BARRETO, M. M. Natação paraolímpica: manual de orientação para professores de educação física. Comitê Paraolímpico Brasileiro – Paraolímpicos do Futuro. Brasília – DF, 2006

ALMEIDA, J. J. G.; OLIVEIRA FILHO, C. W. A Iniciação e o Acompanhamento do Atleta Deficiente Visual. In: Sociedade Brasileira de Atividade Motora Adaptada, Temas em Educação Física Adaptada [S.L], SOBAMA, 2001.

BREDARIOL, B. Modelos de projetos de natação para pessoas com deficiência visual. 2014. 129p. Mestrado em Educação Física, Faculdade de Educação Física. Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2014

COSTA, A. M.; DUARTE, E. Atividade Física, Saúde e Qualidade de Vida das Pessoas com Deficiência. In: RODRIGUES, David (Org.). Atividade motora adaptada: a alegria do corpo. São Paulo: Artes Médicas, 2006. p. 119-129.

GREGUOL, M. Natação adaptada: em busca do movimento com autonomia. Barueri, SP: Manole, 2010. LEPORE, M. Esportes Aquáticos. In: WINNICK, J. P. Educação física e esportes adaptados. Barueri: Manole, 2004. p. 407-425.

MARTÍN, M. B.; RAMÍREZ, F. R. Visão Subnormal. In: MARTÍN, M. B.; BUENO, S. T. (Coord.). Deficiência visual: aspectos psicoevolutivos e educativos. São Paulo: Livraria Santos Editora Ltda., 2003. p. 27-44

MIRON, E. M. Da pedagogia do jogo ao voleibol sentado: possibilidades inclusivas na Educação Física Escolar. 2011. 340f. Tese (Doutorado) – Curso de Educação Física e Motricidade Humana, Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2011.

PAVANI, R.M. et al. Design em Tecnologia Assistiva: esgrima paraolímpica. Revista de Design, Tecnologia e Sociedade Brasília, v. 4, n. 1 (2017), p. 53-79.

PAVANI RM. Esporte, Tecnologia e Inclusão: o caso da modalidade de esgrima adaptada para atletas cadeirantes. FIEP Bulletin. Journal of the International of Physical Education. v. 81- Special Edition, Foz do Iguaçu, Paraná, 2011

RAMIREZ, G.S. et al. ensino e aprendizagem da natação para crianças com deficiência visual. Revista Conexões Educ. Fís., Esporte e Saúde, Campinas: SP, v. 15, n. 2, p. 210-223, abr./jun. 2017

SAMPAIO, A.M.L; Treinamento concorrente como método de desenvolvimento de força e motricidade global em um paciente autista. Braz. J. Hea. Rev., Curitiba, v. 3, n. 2, p. 3006-3020 mar/abr. 2020.

TSUTSUMI, O. et al. Os benefícios da natação adaptada em Indivíduos com lesões neurológicas. Neurociências. Santo André, v.12, n.2, p. 82-86, abr/jun., 2004.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n5-055

Refbacks

  • There are currently no refbacks.