Abordagem sobre segurança do paciente do projeto pedagógico de um curso de Medicina / Patient safety approach to the pedagogical Project of medicine course

Tellyson Araujo Furtado, Jhemily Aires Amorim, Vera Lucia Lameira Picanço, Adriana Leticia dos Santos Gorayeb, Nathália Santos Serrão de Castro, Lourival Rodrigues Marsola, Brenda Nazaré Gomes Andriolo

Abstract


Objetivo: Avaliar a abordagem sobre segurança do paciente de um projeto pedagógico que usa metodologias ativas na graduação do curso de medicina. Métodos: Estudo do tipo transversal, que usou como objeto de análise o projeto pedagógico (PP) do curso de medicina vigente no ano de 2018 e 2019, do Centro Universitário Metropolitano da Amazônia (UNIFAMAZ), que usa metodologias ativas como estratégia de ensino, por meio de uma matriz curricular flexível, integrada e dinâmica com foco na interdisciplinaridade e associação teórica e prática. O projeto não necessitous ser analisado pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP). Resultados: Foram identificadas 66 unidades curriculares, das quais nove (13,6%) abordavam assuntos relacionados à segurança do paciente. Na proposta curricular do curso de medicina avaliada, foram identificados 13 termos rastreadores, relacionados a seis tópicos do guia da OMS sobre segurança do paciente. Conclusão: É possível verificar um currículo integrado e inovador sobre os aspectos relacionados aos temas propostos pela OMS sobre segurança do paciente.


Keywords


Segurança do Paciente, Medicina, Metodologia.

References


BOHOMOL E, et al. Ensino da segurança do paciente na graduação em saúde : reflexões sobre saberes e fazeres. Interface [Internet]. 2016;20(58):727–42.

BOGARIN DF, et al. Segurança Do Paciente: Conhecimento de Alunos de Graduação em Enfermagem. Cogitare Enferm [Internet]. 2014;19(3):491–7.

BOHOMOL E, et al. Ensino sobre segurança do paciente no curso de Medicina da Universidade Federal de São Paulo. einstein [Internet]. 2015;13(11):7–13.

BRASIL. Ministério da Saúde. Documento de referência para o Programa Nacional de Segurança do Paciente. 1st ed. Fundação Oswaldo Cruz; Agência Nacional de Vigilância Sanitária, editor. Brasília: Fundação Oswaldo Cruz; Agência Nacional de Vigilância Sanitária; 2014: 42

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Superior. Resolução CNE/CES nº 3, de 20 de junho de 2014 [Internet]. I Institui Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Medicina. Diário Oficial da União. Brasília, 23 de junho de 2014; Seção 1: 8–11.

GOMES F, et al. A segurança do paciente no contexto do ensino de graduação em enfermagem. Rev Enferm do Centro-Oeste Min [Internet]. 2017;2690(6):10–2.

MELLEIRO MM, et al. Temática Segurança do Paciente nas Matrizes Curriculares de Escolas de Graduação em Enfermagem e Obstetrícia. Rev Baiana Enfermagem‏ [Internet]. 2017;31(2):1–8.

MORETÃO DIC. A cultura de segurança do paciente em unidades cirúrgicas de um hospital de ensino da rede pública de saúde. Esc Enferm da UFMG [Internet]. 2019;0–136.

SOUSA PWM. Segurança do Paciente: conhecendo os riscos nas organizações de saúde. 1st ed. Rio de Janeiro: FIOCRUZ; 2016: 453

WEGNER W, et al. Educação para cultura da segurança do paciente: Implicações para a formação profissional. Esc Anna Nery - Rev Enferm [Internet]. 2016;20(3):1–8.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n5-049

Refbacks

  • There are currently no refbacks.