Reflexões sobre a violência relacionada às pessoas com Transtorno do Espectro Autista / Reflections on violence related to people with Autism Spectrum Disorder

Luíza Carolina Moreira Marcolino, Marina Ribeiro Coutinho Teixeira de Carvalho, George Harley Cartaxo Neves Filho, Mariana Soares Madruga Guedes Pereira, Rafaela Maria Martins Queiroz, Alinne Beserra de Lucena Marcolino

Abstract


Introdução: O Transtorno do Espectro Autista (TEA) envolve, no geral, alterações neurológicas que afetam as interações sociais, o desenvolvimento comportamental e de comunicação dos indivíduos, o que pode potencializar o risco de violência seja por eles realizada ou sendo os mesmos acometidos. Objetivo: analisar a produção científica acerca dos aspectos da violência relacionada às pessoas com TEA. Metodologia: Revisão integrativa da literatura que buscou artigos no banco de dados da Biblioteca Virtual de Saúde (BVS), utilizando como descritores: “autismo” e “violência”, com os filtros “texto completo”, nos idiomas “português”, “inglês” e “espanhol”, no recorte temporal de 2010-2019.  Resultados e discussão: Dos 13 artigos encontrados, após a utilização dos filtros, foram observados 02 eixos temáticos: (I) Aspectos da agressão e dos maus tratos sofridos por pessoas com TEA e (II) Aspectos sobre o comportamento agressivo de pessoas com TEA. Considerações Finais: As pessoas com TEA necessitam de programas de promoção de saúde que envolvam aspectos desde a prevenção de qualquer tipo de violência, seja psicológica, física, sexual, negligência ou abandono assim como a manutenção das habilidades adquiridas ao longo da vida, a fim de assegurar a adoção de abordagens que considerem estes sujeitos em sua dimensão sociocultural, mas também individual e global.


Keywords


Transtorno do Espectro Autista, Violência, Revisão Integrativa da Literatura.

References


ALBUQUERQUE, P. P. Sexualidade e deficiência intelectual: Um curso de capacitação para pais. Psicologia Argumento, Curitiba, v.29, n.64, p.109-119 jan/mar. 2011.

ALLELY, C. S.; WILSON, P.; MINNIS, H.; THOMPSON, L. et al. GILLBERG. Violence is Rare in Autism: When It Does Occur, Is It Sometimes Extreme? The Journal of Psychology, v.151, n.1, p.49-68, 2017.

BARBARO, J.; DISSANAYAKE, C. Autism spectrum disorders in infancy and toddlerhood: a review of the evidence on early signs, early identification tools, and early diagnosis. Journal of Developmental & Behavioral Pediatrics, v. 30, n. 5, p. 447-459, 2009.

BARNES, A; ZIEGLER, R; MCCONNICO, N; STEIN, M.T. When a Child Unexpectedly Draws a Violent Scene. Journal of Developmental & Behavioral Pediatrics. v.1, n.1, 2018.

BORDIN, I. A. S.; PAULA, C. S. Estudos populacionais sobre saúde mental de crianças e adolescentes brasileiros. Epidemiologia da saúde mental no Brasil, v. 101, p. 117, 2007.

BRENTANI, H. et al. Autism spectrum disorders: an overview on diagnosis and treatment. Brazilian Journal of Psychiatry, v. 35, p. S62-S72, 2013.

BUEMO, B.; ALLI, F.; IRACETI, J. V. et al. Autismo no Contexto Escolar: A Importância da Inserção Social. Research, Society and Development, v.8, n.3, p. 1-13, 2019.

CARVALHEIRA, G.; VERGANI, N.; BRUNONI, D. Genética do autismo. Revista Brasileira de Psiquiatria. v. 26, n. 4, p. 270-273, 2004.

CONNOLLY, T. M.; BOYLE, E. A.; MACARTHUR, E.; HAINEY, T.; BOYLE, J. M. A systematic literature review of empirical evidence on computer games and serious games. Computers & Education, v. 59, n. 2, p. 661-86, 2012.

CONOD, L.; SERVAIS, L. Sexual life in subjects with intellectual disability. Salud Pública de México, v. 50, n. 2, suppl 2, p. 230-38, 2008.

DANTAS, T. C.; SILVA, J.S.S.; CARVALHO, M. E.P. Entrelace entre Gênero, Sexualidade e Deficiência: Uma História Feminina de Rupturas e Empoderamento. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 20, n. 4, p. 555-568, Out.-Dez., 2014.

DALEY, T. C. From symptom recognition to diagnosis: children with autism in urban India. Social science & medicine, v. 58, n. 7, p. 1323-1335, 2004.

EASTGATE, G. Sexual health for people with intellectual disability. Salud Publica de México, v. 50, supl. 2, p. S255-259, 2008.

ELIAS, N; SCOTSON, J. Os estabelecidos e os Outsiders: sociologia das relações de poder a partir de uma pequena comunidade. Rio de Janeiro: WVA, 2000.

GIL-LLARIO, M. D; MORELL-MENGUAL, V.; BALLESTER-ARNAL, R.; DÍAZ-RODRÍGUEZ, I. The experience of sexuality in adults with intellectual disability. Journal of Intellectual Disability Research, v. 62, n.1, p:72-80, 2017.

GUERRA, V. N.A. Violência de Pais contra Filhos: a tragédia revisitada. 6 ed. São Paulo: Cortez, 2008.

HOWLIN, P.; MAGIATI, I.; CHARMAN, T. Systematic review of early intensive behavioral interventions for children with autism. American Journal of Intellectual Development Disabilities, v.37, p. 23-41, 2009.

JÄRBRINK, K.; KNAPP, M. The economic impact of autism in Britain. Autism, v. 5, n. 1, p. 7-22, 2001.

KATZ, G.; LAZCANO-PONCE, E. Sexuality in subjects with intellectual disability: An educational intervention proposal for parents and counselors in developing countries. Salud Pública de México, v. 50, n. 2, p. 239–54, 2008.

KERNS, C. M.; NEWSCHAFFER, C. J.; BERKOWITZ, S. J. Traumatic Childhood Events and Autism Spectrum Disorder. J Autism Dev Disord. v. 45, n. 11, p. 3475‐86, 2015.

LEMOS, E. L. M. D. et al. Concepções de pais e professores sobre a inclusão de crianças autistas. Fractal: Revista de Psicologia, v. 28, n. 3, p. 351-361, 2017.

LITTIG, P. M. C. B; CÁRDIA, D. R; REIS, L. B; FERRÃO, E. da S. Sexualidade na deficiência intelectual: Uma análise das percepções de mães de adolescentes especiais. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v.18, n.3, p. 469-486, Jul.-Set, 2012.

MCCULLOUGH E, STEDMON J, DALLOS R. Narrative responses as an aid to understanding the presentation of maltreated children who meet criteria for autistic spectrum disorder and reactive attachment disorder: a case series study. Clin Child Psychol Psychiatry. v.19, n.3, p.392-411, 2014.

REESE, S.; DEUTSCH, S.A. Sexual Assault Victimization Among Children and Youth With Developmental Disabilities. Journal of Forensic Nursing. v. 16, n.1, p.55-60, January/March, 2020.

REICHOW, B. Overview of meta-analyses on early intensive behavioral intervention for young children with autism spectrum disorders. Journal of Autism and Development Disorders, v.42, n.4, p. 512-20, 2011.

RUTTER, M. L. Progress in understanding autism: 2007–2010. Journal of autism and developmental disorders, v. 41, n. 4, p. 395-404, 2011.

WESTPHAL,A. Public Perception, Autism, and the Importance of Violence Subtypes. J Am Acad Child Adolesc Psychiatry. v.56, n. 6, p.462-63,.2017.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n5-025

Refbacks

  • There are currently no refbacks.