Efeito de uma sessão de treino concorrente sobre a memória de trabalho visuo-espacial de curto prazo em idosos hipertensos / Effect of a competing training session on working memory short-term visuo-spatial in hypertensive elderly

Hevellem Lima de Souza, Cleberson Alexandre Ferreira Santos, Renan Wallace Guimarães da Rocha, Alexandre Maia de Farias

Abstract


Introdução: A hipertensão arterial sistêmica (HAS) é o principal fator de risco evitável para doenças cardiovasculares (DCV) e aumento do risco de mortalidade por todas as causas em todo o mundo [1]. A HAS promove disfunções cerebrovasculares que induzem declínios neurofuncionais, incluindo pior desempenho cognitivo em adultos, o que acarreta prejuízos na realização das atividades cotidianas [2,3]. Objetivo: Verificar os efeitos agudos do treinamento concorrente (TC) na memória de trabalho visuo-espacial de curto prazo em idosos hipertensos. Método: 7 indivíduos fisicamente ativos, sendo 5 participantes do sexo masculino e 2 do sexo feminino, considerados iniciantes para o TC, com média de idade 63,16±5 anos, foram submetidos a uma sessão TC. Antes de iniciar a intervenção do treinamento a pressão arterial dos participantes foi aferida para assegurar que os mesmos estavam em condições pressóricas seguras para a prática de exercícios físicos. Em seguida, os participantes foram avaliados no teste de Blocos de Corsi e logo após foi realizada a sessão de TC, cujo tempo total de duração foi de 40 minutos. O tempo total do treinamento foi dividido em 12 minutos de exercício aeróbio em cicloergômetro, divididos em 3 séries de 4 minutos de estímulo, sendo uma série no início, outra no meio e uma no fim da sessão de treinamento, realizados em uma intensidade “ligeiramente cansativa” de acordo com a percepção subjetiva de esforço. O treinamento de força foi realizado com 3 séries de 12 repetições submáximas, a 75% de 1RM, compostos pelos exercícios de supino inclinado, leg press 45º, abdominal, tração frontal, desenvolvimento e agachamento abduzido, com intervalo de descanso de 1 minuto entre as séries de cada exercício. Para a análise estatística foi utilizado o teste t de student. Resultados: A pontuação média de acertos no teste de Blocos de Corsi antes do TC foi de 5,4±3, enquanto que ao final da sessão a pontuação média aumentou para 7,5±1, o que representou uma  melhora estatisticamente significativa nas medidas pós exercício comparada com as medidas de repouso (p<0.05) Conclusão: Uma única sessão de TC foi capaz de promover melhoras na memória de trabalho em idosos hipertensos.


Keywords


Memória de Trabalho, Hipertensão, Treinamento Concorrente

References


MILLS, Katherine T.; STEFANESCU, Andrei; HE, Jiang. The global epidemiology of hypertension. Nature Reviews Nephrology, p. 1-15, 2020.

ARAÚJO, João Marcos Minowa Monteiro et al. Efeitos do treinamento resistido e do treinamento combinado sobre os níveis pressóricos de portadores de hipertensão arterial sistêmica. Brazilian Journal of Health Review, v. 3, n. 4, p. 7976-7988, 2020.

GĄSECKI, Dariusz et al. Hypertension, brain damage and cognitive decline. Current hypertension reports, v. 15, n. 6, p. 547-558, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n4-381

Refbacks

  • There are currently no refbacks.