Do corpo que temos ao corpo que somos: A experiência como experimentação nos terreiros / Of the body that we have to the body that we are: The experience as experimentation in the terreiros

Eduardo Hideto Kawahara Filho, Juan Carlos Aneiros Fernandez

Abstract


Esse trabalho apresenta possíveis olhares sobre o corpo. Primeiramente falamos do corpo condicionado pautado pelos estilos de vida propagados e propagandeados pelos profissionais de saúde. Depois diferentemente, olhamos para o corpo instituindo o que é saúde e o que é doença. Por fim, através de relatos das lideranças dos terreiros, percebemos o corpo como lugar de conhecimento, construindo outros modos de ser e existir com autonomia e singularidade.


Keywords


Corpo, Cultura, Religiões afro-brasileiras, Subjetividade.

References


ALVIM, M. B. Awareness: experiência e saber da experiência. In: FRAZÂO, L. M. e FUKUMITSU, K. O. Gestalt-Terapia: Conceitos Fundamentais. São Paulo: Summus, 2014. 223p.

BORTOLAZZO, S. F.; MACHADO, R. B. A mídia incitando estilos de vida saudáveis: uma análise do quadro “medida certa” do programa fantástico. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v.12, n.1, p.75-83, jan./jun.2014. Disponível em:

%2Farticle%2Fdownload%2F11313%2F8942&usg=AFQjCNGt9CnupgNisd50xpcnepaOjrqJzw>. Acesso em: 10 mai. 2017.

CANGHILHEM, G. (1966) O normal e o Patológico. Editora Forense Universitária. 6. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2009. 154 p.

CAPONI, S. A saúde como abertura ao risco. In: CZERESNIA, D; FREITAS, C. M. de (orgs.). Promoção da Saúde: conceitos, reflexões, tendências. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2003, 176 p. (55-77).

CASTIEL, L. D; GUILIAM, M. C. R.; FERREIRA, M.S. Correndo o risco: uma introdução aos riscos em saúde. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz; 2010. 134p.

KAWAHARA, E. H. K. A noção de sujeito saudável na experiência de lideranças dos terreiros. Campinas: UNICAMP, 2017.

ORTEGA, F. Práticas de ascese corporal e constituição de bioidentidades. Cadernos Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 11, n.1, p. 59-77, 2003.

RABINOW, P.; ROSE, N. O conceito de biopoder hoje. Política & Trabalho: Revista de Ciências Sociais, João Pessoa, n. 24, p. 27-57, abr. 2006.

SAFATLE, Vladimir. O que é uma normatividade vital? Saúde e doença a partir de Georges Canguilhem. Sci. stud., São Paulo, v. 9, n. 1, p. 11-27, 2011. Disponível em:

. Acesso em: 09 mai. 2016.

TÓFOLI, L. F. Transtorno afetivo bipolar de difícil controle e “encosto”: um caso da interação entre medidas terapêuticas técnicas e religiosas. Casos Clínicos Psiquiatria [online]. v. 6, n. 1- 2, Jan- dez, 2004. Disponível em:

%C3%Adcil_controle_e_encosto_um_caso_da_intera %C3%A7%C3%A3o_entre_medidas_terap

%C3%Aauticas_t

%C3%A9cnicas_e_religiosas_Refractory_bipolar_disorder_and_spirit_obsession_a_case_of_ inter-relationship_between_technical_and_religious_therapeutics>. Acesso em: 13 de fev. De 2016.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n4-371

Refbacks

  • There are currently no refbacks.