O uso dos corticosteróides em períodos curto e longo nas exacerbações da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica: uma revisão de literatura / The use of corticosteroids in short and long periods in exacerbations of Chronic Obstructive Pulmonary Disease: a literature review

Diego Handeri Hermes, Sersie Lessa Antunes Costa Almeida, Ana Luíza Reis Amaral, Edivanei Siqueira da Silva, Julia Demichelli Silva Bubani, Laura Valério dos Reis, Luiza Barbosa Brito, Luiza Lacerda Teixeira, Mirella Marques Freire, João Paulo da Rocha Santos

Abstract


A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) é uma desordem decorrente da diminuição crônica do fluxo expiratório de ar e possui como sintomas principais tosse, expectoração e dispnéia. Pode cursar com exacerbações, que são um agravamento agudo dos sintomas respiratórios que necessita de tratamento rápido e eficiente, principalmente com corticosteróides. RESULTADOS: Dentre os estudos, observou-se que a administração de corticóides em exacerbações aumenta o volume expiratório forçado no primeiro segundo e reduz a probabilidade de falha no tratamento. Alguns artigos evidenciaram que não há vantagem no uso corticosteróides orais além de 5 dias nos pacientes exacerbados. DISCUSSÃO: A administração de corticosteróides em pacientes com exacerbações na DPOC reduz o tempo de hospitalização e a probabilidade de falha no seu tratamento. Ademais, o tempo de uso de corticóide sistêmico (5 dias versus 14 dias) não mostra vantagem do longo período em relação ao curto, visto que não influencia significativamente no intervalo entre novas exacerbações e na ocorrência de outros efeitos adversos. CONCLUSÃO: Ainda que necessitem de mais estudos sobre o tema, sabe-se que a escolha do fármaco e a via de administração são estabelecidos de forma individualizada e a duração do tratamento deve ocorrer em um período de 5 a 7 dias.

Keywords


doença pulmonar obstrutiva crônica, exacerbação dos sintomas, corticosteróides.

References


BARNES, Neil C.; SHARMA, Raj; LETTIS, Sally et al. Blood eosinophils as a marker of response to inhaled corticosteroids in COPD. European Respiratory Journal, [S.L.], v. 47, n. 5, p. 1374-1382, 25 fev. 2016. European Respiratory Society (ERS). http://dx.doi.org/10.1183/13993003.01370-2015.

CAMPOS, Hisbello S.. Corticoterapia. Brazilian Journal Of Allergy And Immunology (Bjai), [S.L.], v. 2, n. 3, p. 324-334, 30 ago. 2018. GN1 Genesis Network. http://dx.doi.org/10.5935/2526-5393.20180050.

DAVIES, L; ANGUS, RM; CALVERLEY, PMA. Oral corticosteroids in patients admitted to hospital with exacerbations of chronic obstructive pulmonary disease: a prospective randomised controlled trial. The Lancet, [S.L.], v. 354, n. 9177, p. 456-460, ago. 1999. Elsevier BV. http://dx.doi.org/10.1016/s0140-6736(98)11326-0.

DOBLER CC; MORROW AS; FARAH MH et al. Terapias farmacológicas e não farmacológicas em pacientes adultos com exacerbação da DPOC: uma revisão sistemática. Rockville (MD): Agência de Pesquisa e Qualidade em Saúde (EUA); 2019 Oct. (Comparative Effectiveness Review, No. 221.) Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK549046/

Fernandes F.L.A; et al. Recomendações para o tratamento farmacológico da DPOC: perguntas e respostas. J Bras Pneumol. 2017;43(4):290-301

GOLD. Global Strategy for the Diagnosis, Management and Prevention of COPD, 2020. Disponível em: . Acesso em: 22 de julho de 2020.

LEUPPI, Jörg D.; SCHUETZ, Philipp; BINGISSER, Roland et al. Short-term vs Conventional Glucocorticoid Therapy in Acute Exacerbations of Chronic Obstructive Pulmonary Disease. Jama, [S.L.], v. 309, n. 21, p. 2223, 5 jun. 2013. American Medical Association (AMA).

MA, Zhao; ZHANG, Wei. Short-term versus longer duration of glucocorticoid therapy for exacerbations of chronic obstructive pulmonary disease. Pulmonary Pharmacology & Therapeutics, [S.L.], v. 40, p. 84-90, out. 2016. Elsevier BV.

MAQSOOD U; HO TN; PALMER K et al. Once daily long-acting beta2-agonists and long-acting muscarinic antagonists in a combined inhaler versus placebo for chronic obstructive pulmonary disease. Cochrane Database Syst Rev. 2019;3(3):CD012930. Published 2019 Mar 6. doi:10.1002/14651858.CD012930.pub2

MENEZES, Ana Maria Baptista et al. Prevalência de doença pulmonar obstrutiva crônica e fatores associados: o estudo PLATINO em São Paulo, Brasil. Caderno de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 21, n. 5, pág. 1565-1573, outubro de 2005. Disponível em: . Acesso em: 12 de agosto de 2020.

MOREIRA, Graciane Laender; MANZANO, Beatriz Martins; GAZZOTTI, Mariana Rodriguez. PLATINO, estudo de seguimento de nove anos sobre DPOC na cidade de São Paulo: o problema do subdiagnóstico. Jornal Brasileiro de Pneumologia, v. 40, n. 1, São Paulo, jan/fev. 2014. Disponível em: . Acesso em: 29 de julho de 2020.

NICE. Chronic obstructive pulmonary disease in over 16s: diagnosis and management. jul. 2019. Disponível em: . Acesso em: 31 de julho de 2020.

SINGH JM, PALDA VA, STANBROOK MB, CHAPMAN KR. Corticosteroid therapy for patients with acute exacerbations of chronic obstructive pulmonary disease: a systematic review. Arch Intern Med. Published 2002 Dec. https://doi:10.1001/archinte.162.22.2527

SOCIEDADE BRASILEIRA DE PNEUMOLOGIA E TISIOLOGIA. Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica: Exacerbação. 2012. Disponível em: https://diretrizes.amb.org.br/_BibliotecaAntiga/doenca_pulmonar_obstrutiva_cronica_exacerbacao.pdf. Acesso em: 31 jul. 2020.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE PNEUMOLOGIA. II Consenso Brasileiro sobre Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica. Jornal Brasileiro de Pneumologia, v. 30, n. 5, nov. 2004. Disponível em: . Acesso em: 31 de julho 2020.

VAN DIJK, Wouter et al. Clinical relevance of fixed ratio vs lower limit of normal of FEV1/FVC in COPD: patient-reported outcomes from the CanCOLD cohort. The Annals of Family Medicine, v. 13, n. 1, p. 41-48, 2015.

WALTERS JAE, TAN DJ, WHITE CJ et al. Different durations of corticosteroid therapy for exacerbations of chronic obstructive pulmonary disease. Cochrane Database of Systematic Reviews, publicação 3, Art. No: CD006897, [s.l.], mar. 2018. Disponível em:. Acesso em: 22 de julho de 2020.

WALTERS JAE; TAN DJ; WHITE CJ et al. Systemic corticosteroids for acute exacerbations of chronic obstructive pulmonary disease. Cochrane Database Syst Rev. 2014;(9):CD001288. Published 2014 Sep 1. doi:10.1002/14651858.CD001288.pub4

WEDZICHA, Jadwiga A.; MARTINEZ, Fernando J. Intensifying Long-Acting β-Agonist/Corticosteroid Therapy at Acute Exacerbations of Chronic Obstructive Pulmonary Disease. American Journal Of Respiratory And Critical Care Medicine, [S.L.], v. 197, n. 9, p. 1096-1098, maio 2018. American Thoracic Society. http://dx.doi.org/10.1164/rccm.201801-0202ed.

YANG IA; CLARKE MS; SIM EHA et al. Inhaled corticosteroids for stable chronic obstructive pulmonary disease. Cochrane Systematic Review - Intervention Version published: 11 July 2012 https://doi.org/10.1002/14651858.CD002991.pub3




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n4-359

Refbacks

  • There are currently no refbacks.