A epidemiologia do câncer de mama em Roraima / The epidemiology of breast cancer in Roraima

Ana Cecília Marques de Luna, Alexia Mahara Marques Araújo, Bryan Giusseppe Jaramillo Cardenas, Adriana de Lima Moreira, Ianara Fernanda de Lima Mendes, Marycassiely Rodrigues Tizolim, Natalie Rebeca Costa, Simone Lopes de Almeida

Abstract


O câncer de mama é um grande problema de saúde pública, sendo o diagnóstico na sua fase inicial de suma importância para um melhor prognóstico e tratamento da mulher afetada. O presente estudo traz como objetivos traçar um perfil epidemiológico do câncer de mama, no Estado de Roraima entre os anos de 2009 a 2013, bem como verificar se a mamografia influencia na melhoria das taxas de letalidade. Procurou-se, também, comparar a incidência da neoplasia mamária nas regiões do Brasil e entre indivíduos indígenas e não indígenas de Roraima. Para isso, o estudo foi realizado quantitativamente com dados obtidos através da plataforma SISMAMA, INCA e IBGE e complementado com a análise qualitativa de tais informações e de seus efeitos na epidemiologia do Estado. O estudo aponta possível deficiência no sistema preventivo, o que acarreta uma suscetibilidade maior a prognósticos ruins. Ressalta-se, então, a importância da melhoria da rede de atendimento, para a realização de mamografias preventivas, a fim aumentar a probabilidade de tratamento efetivo, cura e estudos mais aprofundados que evidenciem a problemática.

 


Keywords


câncer de mama, mamografia, vigilância epidemiológica.

References


BENETTA, Anderson Cesar Dalla. Perfil Epidemiológico de Pacientes Portadoras de Câncer de Mama Atendidas em um Hospital de Referência de Roraima: um Estudo de Base Populacional. 2014. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde), Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Universidade Federal de Roraima, Boa Vista, 2014.

BRASIL. Ministério da Saúde. DATASUS. Mamografia unilateral e Mamografia bilateral para rastreamento - estudo de estimativas populacionais para o Estado de Roraima, com análise das variáveis idade, escolaridade entre 2009-2013. Brasília, DF: Ministério da Saúde. Disponível em: . Acesso em: 30 Mai 2018.

FREITAS-JUNIOR, Ruffo. et al. Contribuição do Sistema Único de Saúde no rastreamento mamográfico no Brasil, 2013. Revista de Radiologia Brasileira, São Paulo, v. 49, n.5, p. 305-310, Set./Out. 2016.

GAUER, Ketrin Michellini. et al. The Influence of the Degree of Instruction in the Precocious Diagnosis of Breast Cancer in Women. The FIEP Bulletin, Foz do Iguaçu, v.77, p. 49-52, 2007.

GEBRIM, Luiz Henrique; QUADROS, Luis Gerk de Azevedo. Rastreamento do câncer de mama no Brasil. Rev. Bras. Ginecol. Obstet. , Rio de Janeiro, v. 28, n. 6, pág. 319-323, Jun. 2006. Disponível em . acesso em 16 de agosto de 2020

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Os indígenas no Censo Demográfico 2010: primeiras considerações com base no quesito cor ou raça. Rio de Janeiro: IBGE, 2012. Disponível em: < https://indigenas.ibge.gov.br/images/indigenas/estudos/indigena_censo2010.pdf>. Acesso em: 27 jun. 2020.

INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER JOSÉ ALENCAR GOMES DA SILVA. Estimativa 2020: incidência de câncer no Brasil. Rio de Janeiro: INCA, 2019. Disponível: https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files/media/document/estimativa-2020-incidencia-de-cancer-no-brasil.pdf. Acesso em: 25 jun 2020.

INUMARU, Lívia Emi; SILVEIRA, Érika Aparecida da; NAVES, Maria Margareth Veloso. Fatores de risco e de proteção para câncer de mama: uma revisão sistemática. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 27, n. 7, p. 1259-1270, Julho 2011

LIMA, Marilana Geimba de et al. Fatores de risco para câncer de mama em mulheres indígenas Teréna de área rural, Estado do Mato Grosso do Sul, Brasil. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 17, n. 6, p. 1537-1544, Dec. 2001.

MOURA, Luis Victor Moraes de et. Al. Avaliação da Cobertura do Exame Mamográfico de Rastreio do SUS e Mortalidade por Câncer de Mama no Nordeste Brasileiro. Braz. J. Hea. Rev. Curitiba, v. 3, n. 4, p. 9533-9546 Jul./Ago, 2020.

OLIVEIRA, Evangelina Xavier Gouveia de et al.. Condicionantes socioeconômicos e geográficos do acesso à mamografia no Brasil, 2003-2008. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro , v. 16, n. 9, p. 3649-3664, Sept. 2011.

SILVA, Gulnar Azevedo e, et al. Detecção precoce do câncer de mama no Brasil: dados da Pesquisa Nacional de Saúde, 2013. Rev. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v.51. 2017.

SILVA, Marcos Mendes da; SILVA, Valquíria Helena da. Envelhecimento: importante fator de risco para o câncer. Arquivos Médicos do ABC, São Paulo, v. 30, p. 11-18, Jan. 2005.

SILVA, Pamella Araújo da; RIUL, Sueli da Silva. Câncer de mama: fatores de risco e detecção precoce. Revista. Brasileira de Enfermagem, Brasília, v. 64, n. 6, p. 1016-1021, Dez. 2011.

SILVA, Priscilla Ferreira e. et al. Associação entre Variáveis Sociodemográficas e Estadiamento Clínico Avançado das Neoplasias da Mama em Hospital de Referência no Estado do Espírito Santo. Revista Brasileira de Cancerologia, Vitória, v. 59, n.3, p.361-367, Maio 2013.

VILLAR, Raquel Rey et al. Quality of life and anxiety in women with breast cancer before and after treatment. Revista. Latino-Americano de Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 25, e. 2958, Dez. 2017.

XAVIER, Diego Ricardo et al . Cobertura de mamografias, alocação e uso de equipamentos nas Regiões de Saúde. Saúde debate, Rio de Janeiro , v. 40, n. 110, p. 20-35, Set. 2016 .

WORLD CANCER RESEARCH FUND/ AMERICAN INSTITUTE FOR CANCER RESEARCH. Continuous update project report: diet, nutrition, physical activity, and breast cancer. 2017. Disponível em: < https://www.wcrf.org/sites/default/files/Breast-Cancer-2017-Report.pdf>. Acesso em: 15 Ago. 2020.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n4-319

Refbacks

  • There are currently no refbacks.