Qualidade microbiológica do queijo tipo minas “frescal” comercializado na cidade de Fernandópolis-SP / Microbiology quality of Minas “frescal” cheese commercialized in the city of Fernandopolis-SP

Ana Carolina Bom Camargo, Ian Pagnozzi Jacinto, Jeferson Leandro de Paiva, Joyce Mara de Paula, Larissa Rossini Fação, Laryssa Gabrielle Katon Alves, Maria Cristina Dias Mattos

Abstract


Um alimento frequentemente sofre contaminações por agentes patógenos, resultantes de eventuais deficiências no processamento ou ainda prática inadequada de manipulação. Assim, o presente trabalho tem como objetivoapresentar deforma sistemática os principais tipos de microrganismos (Staphylococcus aureus, Salmonella, Aeróbios Mesópolis, Bolores , Leveduras, Coliformes totais e Termotolerantes (E.coli) causadores de doenças de origem alimentar através do queijo e a verificaçãode ocorrência dos mesmos em amostras de queijo tipo Minas "frescal" comercializado na cidade de Fernandópolis, SP, de modo a obter subsídios que permitam avaliar o risco potencial que este produto pode representar para a saúde da população consumidora.


Keywords


Agentes, contaminantes, queijo, microbiologia

References


ANDRADE, C. L. Histopatologia e identificação da escherichia coli, 2005.

Almeida Filho ES. Características microbiológicas do queijo Minas “frescal”, produzido artesanalmente e comercializado no Município de Poços de Caldas/MG. [dissertação]. Jaboticabal: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias Campus de Jaboticabal da UNESP; 1999.

ARAÚJO, V.S.; SANTOS, E.C.S.; QUEIROZ, M.L.P. et al. Análise bacteriológica do queijo-de-minas frescal comercializado na cidade do Rio de Janeiro. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MICROBIOLOGIA, 19., Rio de Janeiro, 1997. Anais... Rio de Janeiro: SBM, 1997, p. 283. (Resumo).

AZEVEDO, J.L. & ESPOSITO,E.. Fungos: Uma introdução a Biologia, Bioquimica e Biotecnologia. Caxias do Sul. EDUCS. 2004, P125- 169.

Bairros, J.V; Vargas, B.L; Destri, K; Nascente, P.S. Análise de bolores e leveduras em queijos tipo minas comercializados em feira livre. Faculdade de Nutrição - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas - RS. Instituto de Biologia - Universidade Federal de Pelotas, Pelotas - RS. 2016.

Barnett, J.A., RPayne,.W., Yarrow, D. Yeasts: Characteristics and Identification. 2000. ThirdEdition, Cambridge University Press, Cambridge, UK.

BOIA M N, MOTTA L P, SALAZAR M S P, et al. Estudo das parasitoses intestinais e da infecção chagásica 1995.

BORGES, M. F., ARCURI, E. F.; PEREIRA, J. L.; FEITOSA, T.; KUAYE, A. Y. Staphylococcusenterotoxigênicos em leite e produtos lácteos, suas enterotoxinas e genes associados: revisão. Boletim do Centro de Pesquisa de Processamento de Alimentos, v. 26, n. 1, p. 70-86, 2008.

BORGES, Maria de Fátima; ANDRADE, Ana Paula Colares de; MACHADO, Terezinha Feitosa. Salmonelose Associada ao Consumo de Leite e Produtos Lácteos. Fortaleza - Ce: Embrapa, 2010. 26 p.

BUSNELLO, Sabrina Rotger. ASPECTOS DA QUALIDADE DO LEITE E PRODUÇÃO DO QUEIJO MINAS FRESCAL.2008. 39 f. TCC (Graduação) - Curso de Medicina Veterinária, Centro das Faculdades Metropolitanas Unidas - Fmu, São Paulo, 2008. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2018.

CARMO, L.S. et al. Food poisoning due to enterotoxigenic strains of Staphylococcuspresent in Minas cheese and raw milk in Brazil. FoodMicrobiology, London, v.19, n.1, p.914, 2002.

CORREA, João Guilherme de Freitas. A importância da higiene de manipuladores para a qualidade dos alimentos. Monográfia de Conclusão da Especialização Latu Sensu do Instituto Qualittas de Pós – Graduação,Campo Grande,2008.

Devoyod, JJ., 1990. Yeasts in cheese-marking. In: Spencer, J.F.T., Spencer. D.M. (Eds.), Yeasts Techonology. Springer. Heldel-berg, pp. 229-240.

Early, R. Tecnologia de los productos lacteos, 1998. Aspen Publisher, Inc.

FIGUEIREDO, R. M. SSOP: padrões e procedimentos operacionais de sanitização; PRP: Programa de redução de patógenos; manual de procedimentos e desenvolvimento. São Paulo: Manole, 2001.

FRANCO, B. D. G.; LANDGRAF, M. Microbiologia dos Alimentos. Rio de Janeiro: Atheneu, 2004.

FRAZIER, W. C. Microbiologia de los alimentos. Acribia,4ªed. Zaragoza, España, 681p., 1993.

FREITAS. A. C; FIGUEREDO. Paulo. Conservação de Alimentos. Lisboa,2000. 203p.

FURTADO, M.M. Principais problemas dos queijos: causas e prevenção. São Paulo: Fonte, 1999. 176p.

Irlinger F, Mounier J (2009) Microbial interactions in cheese: implications for cheese quality and safety. Cur Opin Biotechnol 20:142-148.

GOMBOSSY. B.D.M; LANDRAF. M. Microbiologia dos Alimentos. São Paulo: Editora Atheneu, 2007.

HARBUTT. J. O livro do queijo. São Paulo: Editora Globo S.A, 2009.

Jacques, ., Casaregola, s. Safety assessment of dairy microorganisms: The hermiascomycetous yeasts. 2008. International Journal of Food Microbiology, v. 126, p.321-326.

Jakobsen, M., Narvhus, J. Yasts and their possible beneficial and negative effects on the quality of dairy products. 1996. International Dairy Journal, v. 6, p. 755-768.

JAY. J. M. Microbiologia de Alimentos.6 ed.Porto Alegre: Artmed Editora, 2005. 711p.

Johnson, M.E. Cheese Products (capítulo 11). In: Marth, E.H.;Steele, J.L.Applied Dairy Microbiology. Nova lorque: Mareei Dekker. 2001.

Kaminarides SE,Laskos NS.Yeasts in factory brine of feta cheese. Aust J Dairy Technol 47:68, 1992.

NASSU. R.T, MACEDO. B.A, LIMA. M.H.P. Queijo Coalho.Brasilia: Embrapa Informação Tecnologica, 2006. 45p.

KONEMAN et al, W. C.Color Atlas andTextbookofDiagnostic. Microbiology. 5ª ed. Lippincott. NY, 1395p., 1997

MENDONÇA, R.C.S., VIEIRA, E.N.R., OLIVEIRA, K.A.deM. Patógenos na indústria de carnes e derivados. In: Editado [por] Regina Célia Santos Mendonça… [e outros]. Microbiologia de Alimentos: qualidade e segurança na produção e consumo. Viçosa-MG: Tribuna Editora Gráfica, p. 21-48, 2003.

OLIVEIRA, C.A.F. et al. Características físico-químicas e microbiológicas de queijos Minas Frescal e Mussarela, produzidos em algumas fábricas de laticínios do Estado de São Paulo. Higiene Alimentar. 1998.

OLIVER, C.A.F. et al. Características físico-químicas e microbiológicas de queijos minas frescal e mussarela. Pirassununga. 2008.

Pinto, A.T; Schmidt, V.; Raimundo, SA; Raihmer, F. Uso de ozónio no controle de fungos em sala de maturação de queijos. Acta Scientiae Veterinariae. 35(3): 333-337, 2007.

Rohm, H., Eliskases-Lechner, F., Brauner, M. Diversity of yeasts in selected dairy products. 1992. Journal of Applid Bacteriology, v. 72. P. 370-376.

RUTHES, L.D.; GOULARTE, M.M.M. Qualidade microbiológica de queijos de diversas regiões do Estado do Paraná. Higiene Alimentar, v.27, n.218/219, p.172-176, 2013.

SANTOS, Aline Silva. Queijo minas artesanal da microrregião do serro-mg: efeito da sazonalidade sobre a microbiota do leite cru e comportamento microbiológico durante a maturação. 2010. 67 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Zootecnia, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Diamantina - Mg, 2010

SILVA, N.; NETO, R. C.; JUNQUEIRA, V. C. A.; SILVEIRA, N. F. A. Manual de Métodos de Análise Microbiológica de Alimentos. São Paulo: Livraria Varella, 1997.

PREZOTTO, L.L. Qualidade Ampla: referência para a pequena agroindústria rural inserida numa proposta de desenvolvimento regional descentralizado. In: LIMA, D.M.A.; WILKINSON, J.(Org.). Inovações nas tradições da agricultura familiar. Brasília: CNPq/Paralelo 15, 2002. p.285-300.

SOUSA, AZB; ABRANTES, MR; SAKAMOTO, SM; SILVA, JBA; LIMA, PO; LIMA, RN; ROCHA, MOC; PASSOS, YDB. Aspectos físico-químicos e microbiológicos do queijo tipo coalho comercializado em estados do nordeste do Brasil. Arq Bras Inst de Biologia [online], São Paulo, v.81, n.1, p.30-35, 2014.

Viljoen, B.C.;Greyling, T Yeasts associated with cheddar and Gouda making. Int Dairy J 28:79, 1995.

Welthagen, J. J., Viljoen, B.C. The isolation and identification of yeasts obtained during the manufacture and ripening of Cheddar cheese. 1999. Food Microbiology, v. 16, p. 63-73.

Welthagen, J. J., Viljoen, B.C. Yeast profile in Gouda cheese during processing and ripening. 1998. International Journal of Food Microbiology, v. 41. P. 185-194.

Assunto: Coliformes. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Coliforme - Acesso em 11 de março de 2018.

Assunto: Coliforme. Disponível em: http://www.portalsaofrancisco.com.br/biologia/coliformes - Acesso em 11 de março de 2018.

Acesso: Escherichia coli. Disponível em: http://www.foodsafety.gov/poisoning/causes/bacteriaviruses/ecoli/ - Acesso em 11 de março de 2018.

Assunto: Fabricação do queijo. Disponivel em: https://www.queijosnobrasil.com.br/portal/tudo-sobre-queijo/69-fabricar-queijo-minas-frescal Acessado em 11 de março.

Assunto: Historia do queijo. Disponivel em: https://www.queijosnobrasil.com.br/portal/tudo-sobre-queijo/146-historia-dos-queijos Acessado em 11 de março de 2018.

Assunto: Produção de queijo no Brasil. Disponível em: http://www.sebraemercados.com.br/boletim-tecnicas-e-boas-praticas-na-producao-de-queijos/ - Acesso em 11 de março de 2018.

Assunto: Salmonella. Disponível em: https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/medicina/ocorrencia-de-salmonela-sp-em-queijos-frescos/65040- Acesso em 11 de março de 2018.

Assunto: Staphylococus Aureus. Disponivel em: https://www.quali.pt/microbiologia/482-staphylococcus-aureus - Acesso em 11 de março de 2018.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n4-302

Refbacks

  • There are currently no refbacks.