Conhecimento e comportamentos de risco entre adolescentes relacionados às doenças causadas pelo beijo / Knowledge and risk behaviors among adolescents related to diseases caused by kissing

Andréa Ferreira Soares, Brisa Miller Sobrinho Santos, Lucas Santos Lima

Abstract


O presente trabalho trata-se de um estudo descritivo-exploratório que verificou o conhecimento e o comportamento quanto ao risco de doenças transmitidas pelo beijo. A coleta de dados foi realizada com 232 adolescentes de ambos os sexos, na faixa etária entre 10 e 19 anos,em uma escola pública de Aracaju, Sergipe. Utilizou-se como instrumento para o levantamento das informações um questionário autoaplicável antes e após a intervenção educativa. Os resultados evidenciaram que quase a totalidade dos adolescentes reconheceu o beijo como uma forma de transmissão de doenças (p=0,9762), apesar de a maioria negar contágio anterior em ambos os testes (p=0,7030). Quanto às doenças do beijo mais conhecidas, observou-se aumento de respostas positivas no pós-teste (p<0,0001). Verificou-se que o comportamento dos adolescentes em eventos sociais caracteriza-se, predominantemente, por beijar um parceiro fixo em ambos os testes(p=0,0730 e p=0,2819). A atração, seguida pelo exibicionismo e prazer foram os sentimentos que mais motivaram o jovem a beijar (p>0,05).Quantoao conhecimentodos adolescentes sobre a sua saúde bucal, foi relatado que cerca de 30% da amostra já desenvolveu alguma lesão bucal, com destaque para a ocorrência de úlceras (aftas), gengiva sangrante e bolhas em ambos os testes (p>0,05).Portanto, foi demonstrado que apesar dos adolescentes saberem da possibilidade da transmissão de doenças através do beijo, poucos as conheciam efetivamente antes das palestras, porém quanto ao hábito de beijar o grupo avaliado teve o perfil de baixo risco.


Keywords


Adolescência, prevenção de doenças, doenças transmissíveis, comportamento.

References


ALVARENGA, M. S., et al. Insatisfação com a imagem corporal em universitárias brasileiras. Jornal Brasileiro de Psiquiatria. Rio de Janeiro, v. 59, n. 1, p. 44-51, 2010.

BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Boletim epidemiológico: hepatites virais. Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de DST, AIDS e Hepatites Virais. Brasília. Ministério da Saúde, 2012.

BERROCAL, T. G.; et al. Prevalência da infecção pelo virus Epstein-Barr em voluntários doadores de sangue e indivíduos com AIDS na cidade de São Paulo. ArqMedHospFacCienc Med. São Paulo, v. 51, n. 1, p. 8-13, 2007.

HATTORI, W. T. Escolha de parceiros na adolescência (dissertação). Natal,2009. Acesso em 23 de jan 2013. MACSWEEN, K. F., et al. Infectiousmononucleosis in universitystudents in the United kingdom: evaluationoftheclinicalfeaturesandconsequencesofthedisease. ClinInfectDis. Escócia, v. 50, n. 1, p. 699-706, 2010. OBARA, M. Y., et al. Manifestações bucais em pacientes portadores de doenças sexualmente transmissíveis. J Bras Doenças Sex Transm. Manaus, v. 20, n. 3, p. 161-166, 2008. Acesso em 23 de jan 2013

VIANA, S. A. S.; LIMA, P. T.; OLIVEIRA, L. L.; CONFESSOR, A. S. Principais doenças transmitidas pelo beijo: conhecimento e comportamento dos jovens-adultos. [projeto de pesquisa]. Paraíba. 2015.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.