Impulsividade? Compulsividade? Comportamentos abusivos na contemporaneidade / Impulsivity? Compulsivity? Abusive behaviors in contemporaneity

Leia Maria de Mora Cardenuto, Lisete Barlach, Mara Luiza Vieira Ceroni, Priscilla de Castro Campos Leitner

Abstract


Este laboratório teórico-prático tem como objetivo contribuir para a compreensão das diferentes demandas compulsivas na atualidade, tais como a toxicomania, compulsão alimentar, vigorexia, ortorexia, e o consumismo, dentre outras. Por meio de uma experiência de trabalho psi-corporal, almeja propor técnicas para o manejo destas questões. Apoiando-se em diferentes perspectivas teórico-clínicas, busca-se compreender as paixões tóxicas, considerando as falhas no desenvolvimento psicossexual, nas defesas caracterológicas, e na constituição do sujeito. A abordagem incluirá a compulsividade pelo enfoque narcísico, discutindo comportamentos, atitudes e relações sociais, a partir deste tipo de neurose que tem lugar em uma cultura que promove o “Show do Eu”. O corpo e a autoimagem corporal também fazem parte desta questão, cada vez mais presente em sua complexidade na atualidade. Por meio de exercícios, visualizações e trocas em grupo será possível vivenciar este assunto tão emergente e estabelecer relações entre a teoria e a prática terapêutica.


Keywords


Adições, Comportamento Compulsivo, O Corpo na Contemporaneidade.

References


BAUMAN, Z. O Mal-estar da pós-modernidade. Jorge Zahar Editor. RJ, 1999.

CLAUER, Heinrich. Múltiplos saberes em Psicologia Corporal – Análise Bioenergética, Editora Libertas, v.II, 2015

KERNBERG, O. Psicoterapia psicodinâmica de pacientes borderline. Porto Alegre: Artmed, 1991.

KERNBERG, O. et al. Psicoterapia dinâmica das patologias leves de personalidade. Porto Alegre: Artmed, 2008.

LAPLANCHE, J; PONTALIS, J.-B. Vocabulário da Psicanálise. Dir. D. Lagache, 10ª edição. Martins Fontes Editora, 1988.

LOWEN, A. O corpo em terapia. São Paulo: Summus, 1977.

MCWILLIAMS, N. Diagnóstico psicanalítico. Porto Alegre: Artmed, 2014.

MENDONÇA, J. R. S. A droga como um recurso ao mal-estar na civilização. Psicologia em Revista, Belo Horizonte, v. 17, n. 2, p. 240-260 ago, 2011.

REICH, W. O caráter impulsivo: um estudo da patologia do ego. Tradução: Maya Hantower SP: Ed. WMF Martins Fontes, 2009.

SANTOS, T. C.; AZEREDO, F. A. M. Um tipo excepcional de caráter. Psyche (Sao Paulo) [online]. 2005, vol.9, n.16 [citado 2016-05-04], pp. 77-95 . Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-11382005000200006&lng=pt&nrm=iso.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n4-257

Refbacks

  • There are currently no refbacks.