Conformidade da prescrição anti-hipertensiva e controle da pressão arterial na atenção básica do município de Imperatriz – MA / Compliance of antihypertensive prescription and blood pressure control in primary care in the city of Imperatriz – MA

Daniela Lima Campos, Saymo Carneiro Marinho, Poliana Lima Campos, Sergio Ryschannk Dias Belfort, Rhíllary Santana Sá, Bruna da Silva Lima, Murilo Lima Campos

Abstract


Fundamento: A adesão às diretrizes terapêuticas é essencial para a obtenção do controle da pressão arterial (PA). Objetivo: Avaliar a taxa de controle pressórico e do grau de conformidade das prescrições de anti-hipertensivos com as VII Diretrizes Brasileiras de Hipertensão Arterial na atenção básica de Imperatriz – MA. Método: Estudo transversal, retrospectivo, incluindo 231 pacientes, entre 18-100 anos, que foram atendidos no Centro de Medicina Especializada em Imperatriz no ano de 2017, selecionados aleatoriamente. Foram analisadas as classes de anti-hipertensivos prescritas, a conformidade dessas prescrições, as principais inadequações e o grau de controle da PA dos indivíduos. Resultados: A taxa de conformidade das prescrições foi de 70,9%. Os bloqueadores do receptor da angiotensina foram os fármacos mais utilizados (67,5%) e a monoterapia, o esquema terapêutico mais empregado (49,3%). A inadequação mais comum foi a prescrição de apenas um medicamento como tratamento de paciente com hipertensão arterial tipo 1, apresentando alto risco cardiovascular (30,3%). A taxa de controle de acordo com as metas pressóricas foi de 57,7%. Quando a prescrição não estava conforme, a maioria dos pacientes apresentava pressão arterial não controlada (p < 0,001). Conclusão: Depreende-se, assim, que, com a atualização frequente do corpo clínico, de modo que seja possível contemplar as revisões das diretrizes, aliada à distribuição gratuita dos medicamentos e à educação do paciente hipertenso sobre sua patologia, será possível alcançar as metas de controle da pressão arterial e diminuir o impacto socioeconômico dos desfechos cardiovasculares.


Keywords


Anti-Hipertensivos, Fidelidade a Diretrizes, Hipertensão.

References


Malachias MVB, Souza WKSB, Plavnik FL, Rodrigues CIS, Brandão AA, Neves MFT et al. 7ª Diretriz brasileira de hipertensão arterial. Arq Bras Cardiol. 2016;107(3): 1-103.

Novello MF, Rosa MLG, Ferreira RT, Nunes IG, Jorge AJL, Correia DMS, et al. Compliance with the Prescription of Antihypertensive Medications and Blood Pressure Control in Primary Care. Arq Bras Cardiol. 2017 (Ahead print).

Heleno P, Emerick L, Mourão N, Pereira D, Santos I, De Oliveira AS et al. Systemic arterial hypertension, blood pressure levels and associated factors in schoolchildren. rev assoc med bras. 2017;63(10):869-875.

Sauza-Sosa JC, Cuéllar-Álvarez J, Villegas-Herrera KM, Sierra-Galán LM. Aspectos clínicos actuales del monitoreo ambulatorio de presión arterial. Arch Cardiol Mex. 2016;86(3):255–9.

Dantas RCO, Da Silva JPT, Dantas DCO, Roncalli AG. Fatores associados às internações por hipertensão arterial. Einstein (São Paulo). 2018;16(3):1-7.

Mion Junior D, Da Silva GV, De Gusmão JL, Machado CA, Amodeo C, Nobre F, et al. Os médicos brasileiros seguem as diretrizes brasileiras de hipertensão? Arq Bras Cardiol. 2007;88(2):212–7.

Da Silva SSBE, De Oliveira SFSB, Pierin AMG. The control of hypertension in men and women: A comparative analysis. Rev da Esc Enferm. 2016;50(1):50–8.

Vitor AF, Monteiro FPM, Morais HCC, Cândido, Vasconcelos JDP, Lopes MVO, De Araújo TL. Perfil das condições de seguimento terapêutico em portadores de hipertensão arterial. Esc Anna Nery. 2011;15(2):251–60.

Machado JC, Cotta RMM, Moreira TR, Da Silva LS. Análise de três estratégias de educação em saúde para portadores de hipertensão arterial. Ciência & Saúde Coletiva. 2016;21(2):611-620.

Fava L, Coelho SM, da Silva PCDS, Gonçalves P, Wilson I, Gomes DM et al. Clases de antihipertensivos y su combinación entre personas con hipertensión arterial sistémica en el sistema público. Enfermería Global. 2017;16(45):20-50.

Correa A, Rochlani Y, Khan MH, Aronow WS. Pharmacological management of hypertension in the elderly and frail populations. Expert Rev Clin Pharmacol. 2018;11(8):805–17.

Picon R V., Fuchs FD, Moreira LB, Fuchs SC. Prevalence of hypertension among elderly persons in urban Brazil: A systematic review with meta-analysis. Am J Hypertens. 2013;26(4):541–8.

Lima SML, Portela MC, Koster I, Escosteguy CC, Ferreira VMB, Brito C, et al. Utilização de diretrizes clínicas e resultados na atenção básica à hipertensão arterial TT - Use of clinical guidelines and the results in primary healthcare for hypertension. Cad Saude Publica. 2009;25(9):2001–11.

Veronez LL, Simões MJS. Análise da prescrição de medicamentos de pacientes hipertensos atendidos pelo SUS da rede municipal de saúde de Rincão - SP. Rev Ciencias Farm Basica e Apl. 2008;29(1):45–51.

Tenório Filho NJ, Iargas RO, Oliveira LPS, Silva DDS, Vasconcelos GC, Soares LP, et al. Prescrição Anti-Hipertensiva E Efetividade Do Controle Pressórico Ambulatorial. Rev Cereus. 2018;10(3):50–61.

Kaplan NM. Chlorthalidone versus hydrochlorothiazide: A tale of tortoises and a hare. Hypertension. 2011;58(6):994–5.

Maluf Júnior I, Zahdi MR, Unterstell N, Maluf EMCP, De Sousa AB, Loures FD. Avaliação da adesão de médicos ao protocolo de hipertensão arterial da secretaria municipal de saúde de Curitiba. Arq Bras Cardiol. 2009;94(1):86–91.

Nobre F, Ribeiro AB, Mion D. Control of arterial pressure in patients undergoing anti-hypertensive treatment in Brazil: Controlar Brazil. Arq Bras Cardiol. 2010;94(5):663–70.

Póvoa R, Barroso WS, Brandão AA, Jardim PCV, Barroso O, Passarelli Jr. O, et al. I Brazilian Position Paper on Antihypertensive Drug Combination. Arq Bras Cardiol . 2014;102(3):203–10.

Nogueira D, Faerstein E, Coeli CM, Chor D, Lopes CDS, Werneck GL. Reconhecimento , tratamento e controle da hipertensão arterial : Estudo Pró-Saúde , Brasil. Rev Panam Salud Publica. 2010;27(7):103–9.

Monteiro AAF, Silva GCA, Silva LV, da Cunha LS, Torres PA. Estudo sobre a adesão ao tratamento de hipertensão arterial sistêmica na UBSF de Três Poços/Study on adherence to the treatment of systemic arterial hypertension at the UBSF of Três Poços. Brazilian Journal of Health Review. 2020;3(1): 1289-1305.

Sociedade Brasileira de Cardiologia / Sociedade Brasileira de Hipertensão / Sociedade Brasileira de Nefrologia. VI Diretrizes Brasileiras de Hipertensão. Arq Bras Cardiol 2010;95(1 supl.1):1-51.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n4-237

Refbacks

  • There are currently no refbacks.