Sistematização da Assistência Multidisciplinar ao Paciente em Unidade Oncológica de Manaus: Um Relato de Experiência / Systematization of Multidisciplinary Patient Care in Oncology Units in Manaus: An Experience Report

Vitória de Souza Ximenes, Adriene Coelho Guimarães, Beatriz Mella Soares Pessoa, Letícia Ingrid Ramos Rossy, Sophia Maia Dib Bastos, Thaise Farias Rodrigues, Viviane de Souza Bernardes, Saullo Anderson Costa Monteiro

Abstract


O câncer representa importante causa de morbimortalidade mundial, sendo um grave problema de saúde pública. A abordagem multidisciplinar é considerada pela Organização Mundial de Saúde como um elemento indispensável para o bem-estar do doente e da família, ao proporcionar uma compreensão mais detalhada e auxiliar no melhor manejo da assistência.  Este estudo consiste em uma pesquisa observacional, descritiva e prospectiva, e visa descrever as experiências vivenciadas por acadêmicos de Medicina no atendimento ambulatorial, acompanhados pela equipe multidisciplinar do ambulatório de cabeça e pescoço da Unidade Oncológica de Referência do Estado do Amazonas. A equipe é composta por assistente social, psicólogo, cirurgião dentista, fonoaudiólogo, enfermeiros e médico especialista, e reforça a importante relação entre questões biomédicas, psicológicas e sociais, retratando a complexidade dos serviços prestados, proporcionando um atendimento especializado de forma humanizada, visto que cada categoria traz consigo particularidades essenciais ao desenvolvimento da assistência integral à saúde. Os pacientes foram acompanhados semanalmente, durante 6 meses, através de avaliação de prontuários e observação nas consultas de retorno, totalizando 60 pacientes. O apoio multidisciplinar afetou positivamente o planejamento e a implementação terapêutica, fortalecendo a adesão às recomendações e decisões clínicas, resultando em maior confiança na abordagem terapêutica por parte dos pacientes.


Keywords


Equipe de Assistência ao Paciente, Práticas interdisciplinares.

References


ALGTEWI E, OWENS J, BAKER SR. Online support groups for head and neck cancer and health related quality of life. Qual Life Res (2017) 26:2351–2362.

ANCP (Academia Nacional de Cuidados Paliativos). Manual de Cuidados Paliativos ANCP. 2012.

ANDRADE C.J.; GALHARDI S.R.R.B.; AVOGLIA H.R.C.; Reações defensivas de pacientes em tratamento oncológico: análise das principais formas de enfrentamento, Brazilian Journal of health Review, Maio-junho 2020. 5881-5899.

CASTRO, F. B. B.; SANTOS, J. P. O serviço social na assistência ao paciente paliativo em uma unidade de referência em oncologia de Alagoas. Gep News. v.2, n.2, p.682-689, 2019.

DE ALMEIDA P.F. BARBOSA M.G.A. DOS SANTO S.M. DA SILVA E.I. LINS S.R.O. A relação entre o enfermeiro e o paciente nos cuidados paliativos oncológicos. Brazilian Journal of health Review, Março-abril 2020. 1465-1483.

Instituto Nacional de Câncer (INCA): Julho Verde: INCA debate linha de cuidado e diagnóstico precoce de tumores de cabeça e pescoço, 2019. Disponível em: . Acesso em: 31 de julho de 2020.

Instituto Oncoguia (2017). Disponível em: http://www.oncoguia.org.br/cancer-home/cancer-de-cabeca-e-pescoco/3/122/. 10.

JUNGERMAN I, TOYOTA J, MONTONI NP, AZEVEDO EHM, GUEDES RLV, DAMASCENO A et al. Patient concerns inventory for head and neck cancer. Psychooncology 2013, 22(4): 807- 13.

Ministério da Saúde, Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). Estimativa 2018: Incidência de Câncer no Brasil. Rio de Janeiro, RJ. 2018.

NICIDA, L.R.A. SCHWEICKARDT, J.C. Fundação Centro de Controle de Oncologia: Uma Abordagem da História da Política de Controle do Câncer no Amazonas. Revista Brasileira de Cancerologia 2017: 63 (30); 189-197.

NIERO, A. C. et al. Cuidados de enfermagem ao paciente oncológico em pós-operatório de cirurgia de cabeça e pescoço. RIES – Revista Interdisciplinar de Estudos em Saúde. v.7, n. 1, p. 249-262, 2018.

NIGRO C, DENARO N, MERLOTTI A, MERLANO M. Head and neck cancer: improving outcomes with a multidisciplinary approach. Cancer Manag Res. 2017; 18; 9:363-371.

NOVAES, Í. S. Assistência odontológica de pacientes em tratamento oncológico: concepção do cirurgião dentista. 2019. 42 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) - Faculdade Maria Milza, Governador Mangabeira, Bahia, 2019.

PAULA, J. M. et al. Avaliação da satisfação da comunicação de indivíduos após laringectomia total. Rev Enferm Atenção Saúde. 7(1), p. 65-75, 2018.

PIMENTEL, E. R. S. et al. Relações entre sintomatologia depressiva com pacientes em tratamento oncológico. Revista Braz Cubas. v.8, n. 10, p. 79-90, 2019.

PIO, E. S. S.; ANDRADE, M. C. M. Psico-oncologia: A atuação do Psicólogo junto aos famialares e ao paciente oncológico. Revista Mosaico. v. 11, n.1, p. 93-99, 2020.

PORTO A.R Visão dos profissionais sobre seu trabalho no programa de internação domiciliar interdisciplinar oncológico: uma realidade brasileira.. av.enferm., XXXII (1): 72-79, 2014

ROSSETTO, M. A. A. de M. Qualidade de vida em pacientes com câncer de cabeça e pescoço. 2018. Dissertação (Mestrado Profissional) – Universidade Estadual de Campinas, 2018.

SANTOS, L. C. O papel do Cirurgião Dentista na equipe multidisciplinar de oncologia. Orientador: Claudia Cristiane Baiseredo de Carvalho. 2018. 13f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Odontologia) - Centro Universitário do Planalto Central Apparecido dos Santos, 2018.

VELOSO, C. S.; SILVA, D. S. Revista Destaques Acadêmicos, Lajeado, v. 10, n. 3, p. 199-208, 2018. ISSN 2176-3070.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n4-208

Refbacks

  • There are currently no refbacks.