Requisitos funcionais de Software para Doenças Crônicas na Estratégia Saúde da Família / Functional Software Requirements for Chronic Diseases in Family Health Strategy

Luana Matos Silva Araújo, João Paulo Silva Araújo, Yolanda Dora Martinez Évora, Silvana Martins Mishima

Abstract


Objetivo: Identificar requisitos funcionais necessários à criação de aplicativo para a classificação de risco de pacientes portadores de doenças crônicas.

Método: Pesquisa descritiva exploratória na abordagem qualitativa, utilizou-se como suporte teórico conceitos da integralidade. Realização de entrevistas semiestruturadas com enfermeiros da Estratégia de Saúde da Família, analisadas na vertente temática.

Resultados: Emergiram três temas: disponibilização do aplicativo, requisitos necessários à classificação de risco e as expectativas dos enfermeiros quanto à criação do aplicativo. Apreendeu-se o posicionamento dos enfermeiros frente à ampliação dos requisitos funcionais na produção de aplicativo para pacientes com condições crônicas, suas expectativas, sugestões, críticas a respeito.

Considerações Finais: Foi possível identificar como os enfermeiros analisam a possibilidade da criação de um software para a classificação de risco de portadores de Diabetes e Hipertensão, além da inclusão de outros requisitos funcionais para além dos elementos conceituais já estabelecidos como suporte ao trabalho na rede de atenção.

Keywords


Enfermagem em Saúde Pública, Atenção primária à saúde, Software, Estratégia Saúde da Família, Doença crônica.

References


Mendes EV. As redes de atenção à saúde. Brasília: Organização Pan-Americana da Saúde, 2011. Available from: http://www.paho.org/bra/index.php?option=com_docman&view=download& category_slug=servicos-saude-095&alias=1402-as-redes-atencao-a-saude-2a-edicao-2&Itemid=965

Campos CEA. O desafio da integralidade segundo as perspectivas da vigilância da saúde e da saúde da família. Ciênc. saúde coletiva [Internet]. 2003 [cited 2018 Mar 11]; 8(2): 569-584. Available from: http://www.scielo.br/pdf/csc/v8n2/a18v08n2.pdf

Goldwasser RS, Lobo MSC, Arruda EF, Angelo SA, Lapa e Silva JR, Salles AA, et al. Dificuldades de acesso e estimativas de leitos públicos para unidades de terapia intensiva no estado do Rio de Janeiro. Rev Saude Pública [Internet]. 2016 [cited 2017 Dez 12]; 50(19): 1-10. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v50/pt_0034-8910-rsp-S1518-87872016050005997.pdf

Matumoto S, Fortuna CM, Kawata LS, Mishima SM, Pereira MJB. Nurses’ Clinical Practice in Primary Care: a Process Under Construction. Rev. latinoam. enferm. [Internet]. 2011 [cited 2017 Dez 10]; 19(1): 123-130. Available from: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v19n1/pt_17.pdf

Kahl C, Meirelles BHS, Lanzoni GMM, Koerich C, Cunha KS. Actions and interactions in clinical nursing practice in Primary Health Care. Rev Esc Enferm USP. [Internet] 2018 [cited 2018 Set 22]; 52: e03327. Available from: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v52/en_0080-6234-reeusp-52-e03327.pdf

Organização Pan-Americana da Saúde. Ampliação do papel dos enfermeiros na atenção primária à saúde. Washington, D.C.: OPAS; 2018. Available from: http://iris.paho.org/xmlui/bitstream/ handle/123456789/34960/9789275720035_por.pdf?sequence=6

Pinheiro R, Mattos RA. Os sentidos da integralidade na atenção e no cuidado à saúde. Rio de Janeiro: ABRASCO, 2009. Available from: https://cepesc.org.br/wp-content/uploads/2013/08/ Livro-completo.pdf

Feuerwerker LCM. Micropolítica e saúde: produção do cuidado, gestão e formação. Porto Alegre: Rede UNIDA, 2014. Available from: http://www.saude.sp.gov.br/resources/humanizacao/ biblioteca/dissertacoes-e-teses/micropolitica_e_saude_laura_camargo.pdf

Filha FSSC, Nogueira LT, Viana LMM. Hiperdia: adherence and perception of users accompanied by the Family Health Strategy. Rev. RENE [Internet]. 2011 [cited 2018 Abr 15]; 12(esp): 930-936. Available from: http://www.revistarene.ufc.br/vol12n4_esp_pdf/ a06v12esp_ n4. pdf.

Starfield B. Atenção Primária: equilíbrio entre necessidades de saúde, serviços e tecnologia. Brasília: UNESCO, Ministério da Saúde, 2002. Available from: https://www.nescon.medicina. ufmg .br/biblioteca/imagem/0253.pdf

Goulart FAA. Doenças crônicas não transmissíveis: estratégias de controle e desafios e para os sistemas de saúde. Brasília: Organização Pan-Americana da Saúde, 2011. Available from: https://www.nescon.medicina.ufmg.br/biblioteca/imagem/4857.pdf

Souza RS, Bastos MAR. Acolhimento com classificação de risco: o processo vivenciado por profissional enfermeiro. REME rev. min. enferm. [Internet]. 2008 [cited 2018 Abr 09]; 12(4): 581-586. Available from: reme.org.br/exportar-pdf/304/v12n4a18.pdf

Strudwick G. Predicting Nurses’ Use of Healthcare Technology Using the Technology Acceptance Model. Comput. inform. nurs. [Internet]. 2015 [cited 2017 Dez 10]; 33(5): 189-198. Available from: https://insights.ovid.com/pubmed?pmid=25974361

Goes TM, Polaro SHI, Gonçalves LHT. Cultivo do bem viver das pessoas idosas e tecnologia cuidativo-educacional de enfermagem. Enferm. foco (Brasília) [Internet]. 2016 [cited 2017 Dez 12]; 7(2): 47-517. Available from: http://revista.portalcofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/viewFile/ 794/319.

Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. Linha-Guia de Hipertensão Arterial Sistêmica, Diabetes Mellitus e Doença Renal Crônica. 3ª edição atualizada. Belo Horizonte, 2013. Available from: https://pt.scribd.com/document/299275306/Linha-Guia-Hipertensao-Diabetes-Doenca-Renal

Bardin L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70; 2011.

Carrer A, Toso BRGO, Guimarães ATB, Conterno JR, Minosso KC. Effectiveness of the Family Health Strategy in units with, and without, the Mais Médicos (More Doctors) Program in a municipality in the west of Paraná state, Brazil. Ciênc. saúde coletiva [Internet]. 2016 [cited 2017 Dez 10]; 21(9): 2849-2860. Available from:http://www.scielo.br/pdf/csc/v21n9/1413-8123-csc-21-09-2849.pdf

Fernandes CS, Martins MM, Gomes BP, Gomes JA, Gonçalves LHT. Family Nursing Game: Desenvolvendo um jogo de tabuleiro sobre Família. Esc. Anna Nery Rev. Enferm. [Internet]. 2016 [cited 2017 Dez 14]; 20(1): 33-37. Available from: http://www.scielo.br/pdf/ean/v20n1/1414-8145-ean-20-01-0033.pdf

Carneiro AD, Morais GSN, Costa SFG, Batista PSS, Costa KC. Prescrição de medicamentos e solicitação de exames por enfermeiros no PSF: aspectos éticos e legais. Rev. eletrônica enferm. [Internet]. 2008 [cited 2017 Dez 05]; 10(3): 756-765. Available from: https://www.fen.ufg.br/fen_ revista/v10/n3/pdf/v10n3a21.pdf

Sousa LD, Lunardi Filho WD, Cezar-Vaz MR, Figueiredo PP. A clínica como prática arborífica e rizomórfica do trabalho em enfermagem cirúrgica. Rev. Esc. Enferm. USP [Internet]. 2013 [cited 2018 Mar 22]; 47(6): 1389-1396. Available from: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v47n6/0080-6234-reeusp-47-6-01389.pdf

Sousa LD, Filho WDL, Thofehrn MB. Visibilidade do trabalho do enfermeiro no contexto do modelo clínico de assistência. Rev. enferm. UERJ. [Internet]. 2015 [cited Set 24] ; 23(3): 407-412. Available from: http://www.facenf.uerj.br/v23n3/v23n3a19.pdf

Brasil. Decreto nº 94.406 de 08 de Junho de 1987. Regulamenta a Lei nº 7.498 de 25 de junho de 1986, que dispõe sobre o exercício da enfermagem, e dá outras providências. Diário Oficial da União, 1987.

Ferraccioli P, Acioli S. As diferentes dimensões do cuidado na prática realizada por enfermeiros no âmbito da atenção básica. Rev. pesqui. cuid. fundam. [Internet]. 2017 [cited 2018 Mar 15]; 9(1): 28-36. Available from: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/3964 /pdf_1

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Acolhimento à demanda espontânea: queixas mais comuns na Atenção. Brasília: Ministério da Saúde; 2012. Cadernos de Atenção Básica n. 28, v. II. Available from: http://189.28.128.100/dab/ docs/publicacoes/cadernos_ab/caderno_28.pdf

Peduzzi M. The SUS is interprofessional. Interface comun. saúde educ. [Internet]. 2016 [cited 2018 Set 22]; 20(56): 199-201. Available from: http://www.scielo.br/pdf/icse/v20n56/1807-5762-icse-20-56-0199.pdf

Malta DC, Merhy EE. The path of the line of care from the perspective of non- transmissible chronic diseases. Interface comun. saúde educ. [Internet]. 2010 [cited 2017 Dez 12]; 14(34): 593-605. Available from: http://www.scielo.br/pdf/icse/v14n34/aop0510

Tibes CMS, Dias JD, Zem-Mascarenhas, SH. Mobile applications developed for the health sector in Brazil: an integrative literature review. REME rev. min. enferm. [Internet]. 2014 [cited 2018 Set 13]; 18(2): 1-5. Available from: www.reme.org.br/exportar-pdf/940/v18n2a16.pdf

Rodrigo J, Souza EG, Januário MM. Informatics competencies essential to decision making in nursing management. Revista da Escola de Enfermagem da USP. [Internet]. 2016 [cited 2017 Set 13]; 50(1): 109-117. Available from: http://dx.doi.org/10.1590/s0080-623420160000100015.

SILVA, Áchelles Monise Batista da et al. Territorialização em saúde na atenção primária: relato de experiência de acadêmicos em medicina. Brazilian Journal of health Review. 2020 [cited 2020 Jul 25]; 3(4): 8793-8805. Available from: https://www.brazilianjournals.com/index.php/BJHR/article/view/13538/11345.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n4-202

Refbacks

  • There are currently no refbacks.