Qualidade De Vida De Jovens Vivendo Com Hiv, No Brasil, Por Transmissão Vertical: Uma Revisão De Literatura / Quality Of Life Of Young People Living With HIV, In Brazil, By Vertical Transmission: A Literature Review

Alexia Bárbara Porto Mollinar, Ingrid de Paula Costa Pereira, Jéssica Sabrina Feitosa Araújo, Josicleide de Sena Rodrigues Smith, Maria Clara Aguiar Guerra, Maria Helena Rodrigues de Mendonça

Abstract


Os primeiros vírus HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana) surgiram na África Sub-Ariana no final da década de 70 e início da década de 80. Assim o trabalho tem como objetivo avaliar os impactos da infecção pela transmissão vertical do HIV em crianças e adolescentes, verificando o desenvolvimento, no que tange, aspectos emocionais desses indivíduos na fase escolar, bem como das interações sociais e dificuldades enfrentadas. A metodologia aplicada na pesquisa trata-se de um estudo desenvolvido na forma observacional de caráter descritivo, a partir de pesquisas bibliográficas com materiais já publicados. Como resultados e discursão verificou-se que as questões voltadas para os conflitos e discussões sobre gênero, sexualidades desviantes e direitos sexuais e reprodutivos necessitam urgentemente serem discutidos e inseridos na formação e educação permanente de profissionais da saúde especialmente para população sexualmente ativa. Como conclusão ressalta-se que a partir da coleta de dados, como é a vida e os aspectos sociais e emocionais, bem como, o as dificuldades enfrentadas pelos jovens e/ou crianças entre 10 a 20 anos que possuem HIV/AIDS por transmissão vertical, ou seja, jovens e crianças que não foram os agentes de sua condição e que não conhecem uma vida sem a doença.


Keywords


HIV, Transmissão Vertical, Vida sexual, Qualidade de vida.

References


ANDREATTA, L. B; SAMMARCO, G. N. Aspectos Clínicos De Crianças Portadoras da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida por Transmissão Vertical: Uma Revisão Bibliográfica. Revista Saúde e Pesquisa, n.2, v.5, p.481-423, maio/ago. 2012.

ANDREOLLI, A. As pessoas que vivem com HIV/AIDS: uma revisão de literatura científica. 2008. 43 f. Trabalho de Conclusão de Curso de Especialização em Saúde Pública) – Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.

ARAUJO, T. M, et al. Fatores de risco para infecção por HIV em Adolescentes. Rev. Enferm. Rio de Janeiro, v.20, n.2, p. 242-247, 2012.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA INTERDISCIPLINAR DE AIDS (ABIA). AIDS e a escola: nem indiferença, nem discriminação. Rio de Janeiro, 1993.

BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Saúde do Adolescente e do Jovem. Brasília. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/proteger_cuidar_adolescentes_atencao_basica_2ed.pdf. Acesso em: 10 dez. 2019.

BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO. HIV/AID 2018. Disponível em: http://www.aids.gov.br/pt-br/pub/2018/boletim-epidemiologico-hivaids-2018. Acesso em: 12 dez. 2020.

BRASIL, MINISTÉRIO DA SAÚDE. Cai a transmissão vertical do HIV. 2019. Disponível em http://www.blog.saude.gov.br/index.php/geral/53091-cai-transmissao-vertical-do-hiv-no-brasil/. 29 out 2019.

BUBADUÉ, R.M; PAULA, C.C; CARNEVALE, F.; MARÍN, S.C.O.; BRUM, C.N.; PADOIN S.M.M. Vulnerabilidade ao adoecimento de crianças com HIV/AIDS em transição da infância para a adolescência. Esc Anna Nery (impr.), 2013 out - dez; 17 (4): 705 – 712,

COTRIM, S. Crianças Soropositivas e escola. Disponível em: http://abiaids.org.br/_img/media/AAA49%20parte2.pdf. Acesso em: 10 dez. 2019.

DIÓGENES, M. S. B. et al. Estudos Cardiológicos longitudinal em crianças expostas ao vírus da Imunodeficiência Humana tipo 1 por via perinatal. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, v.85, n.4, p.233-240,2006.

DABIS, F.; EKPINI, E.R. HIV-1/AIDS e saúde materno-infantil na África. The Lanceta.; v.359, n.9323, p. 2097-104. Junho de 2002.

DARMONT, M.Q.R. et al. Adesão ao pré-natal de mulheres HIV+ que não fizeram profilaxia da transmissão vertical: um estudo sócio comportamental e de acesso ao sistema de saúde. Cad. Saúde Pública., vol.26, n.9, pp.1788-1796. 2010.

DIAS, J.J, COSTA M.C.O, SILVA C.A.L et al. Sobrevida em Crianças e Adolescentes Infectados via Vertical pelo HIV e Fatores Associados ao Óbito. Revista de Enfermagem UFPE. n. 11, p. 5328-38. dez. 2017.

GÓIS, A.R.S et al. Representações sociais de profissionais da saúde sobre as pessoas vivendo com hiv/aids. Av Enferm. 2017;35(2):171-180.

GOMES, D.T. et al. Assistência de enfermagem prestada a uma mãe hiv+ na estratégia de saúde da família: um relato de experiência. Braz. J. Hea. Rev., Curitiba, v. 3, n. 2, p.3171-3177 mar./apr. 2020.

GONÇALVES, T. R., CARVALHO, F. T. DE, FARIA, E. R. DE, GOLDIM, J. R. E PICCININI, C. A. Vida reprodutiva de pessoas vivendo com hiv/aids: revisando a literatura. Psicologia & Sociedade; 21 (2): 223-232, 2009.

GUERRA, C. P. P. Crianças e adolescentes com HIV/Aids: revisão de estudos sobre revelação do diagnóstico, adesão e estigma. Paideia, v.19, n. 42, p.59-65 Jan/abr. 2009.

GUEDES-GRANZOTTI, R. B. et al. Linguagem oral e escrita de crianças soropositivas para o HIV: um acompanhamento longitudinal. Res Audiol., Commun. v.22, v.1852. July, 2017.

LANA F.C.F; LIMA A.S. Avaliação da prevenção da transmissão vertical do HIV em Belo Horizonte, MG, Brasil. Ver. Bras. Enferm, v.63, n.4, p.14-22. Ago., 2010.

MATOS, J. B. et al. Avaliação do Desenvolvimento Cognitivo em Crianças de 2 a 9 anos Portadoras de HIV por Transmissão Vertical. Revista UNILUS Ensino e Pesquisa, v.14, n.36, p. 163-177, jul./set.2017.

MELO, E. B.; BRUNI, A. T.; FERREIRA, M. M. C. Inibidores da HIV-integrase: potencial abordagem farmacológica para tratamento da AIDS. Quim. Nova, v. 29, n. 3, p. 555-562, 2006.

OLIVEIRA, J. F. de. et al. Qualidade de Vida de Crianças e Adolescentes Infectados pelo HIV. Revista Ciência Cuidado e Saúde, p.879-884, 2015.

OLIVEIRA, Lédice Lino de; NEGRA, Marinella Della; NOGUEIRA-MARTINS, Maria Cezira Fantini. Projetos de Vida de Adultos Jovens Portadores de HIV por Transmissão Vertical: estudo exploratório com usuários de um ambulatório de Infectologia. Saúde Soc. São Paulo, v.21, n.4, p.928-939, 2012.

OSELKA, G. W. Prevenção da transmissão vertical do HIV. Revista da Associação Médica Brasileira, v.47, n.4, p. 284-284, 2001.

PAIVA, V. et al. A sexualidade de adolescentes vivendo com HIV: direitos e desafios para o cuidado. Ciência & Saúde Coletiva. v. 16, n. 10, p 4199-4210, out 2011.

PAULA, C.C; CABRAL, I.E; SOUZA, I.E.O. O cotidiano do ser-adolescendo com aids: movimento ou momento existencial?. Esc Anna Nery Rev Enferm, 2009 jul-set; 13 (3): 632-39.

PEREIRA, B. S. et al. Fatores Associados à infecção pelo HIV/AIDS entre adolescentes e adultos jovens matriculados em Centro de testagem e Aconselhamento no estado da Bahia. Ciência Saúde Coletiva, v.19, n.3, p 747-58, 2014.

RIBEIRO, A.C. et al. Perfil Clínico de Adolescente que têm AIDS. Cogitare Enferm., v. 15, n. 2, p.256-62, Abr/Jun 2012.

SAMPAIO, N. L. F. et al. O impacto do conhecimento prévio da soropositividade em parturientes. DST - J Bras. Doenças Sex Transm. v.4, n2, p. 61-66, abr/maio/jun., 2003.

SANTOS, N. J. S. Contextos de vulnerabilidade para o HIV entre mulheres brasileiras. Cadernos de Saúde Pública, v. 25, p. 321-333, 2009.

SANTOS, S. M. et al. Transmissão Vertical do HIV: Dificuldade na Adesão ao Pré-natal. Revista de Enfermagem Contemporânea. v.6, n.1, p.56-61, Abr. 2017.

SEIDL, E. M. F.et al. Crianças e adolescentes vivendo com HIV/Aids e suas famílias: aspectos psicossociais e enfrentamento Psic.: Teor. e Pesq. V.21, n.3, sept./Dec. 2005.

SILVA, Neide Emy Kurokawa; ALVARENGA, Augusta Thereza de; AYRES, José Ricardo de C M. Aids e gravidez: os sentidos do risco e o desafio do cuidado. Rev Saúde Pública 2006, 40(3):474-81.

SOUZA, S.M.B, ANDRADE, J. A. Soro prevalência para HIV em gestantes acompanhadas pelo Programa de Saúde da Família de Campina Grande, Paraíba (PB). Rev. Baiana Saúde Pública; v.27, n.1/2, p. 28-37, jan/jul., 2003.

UNAIDS. Relatório e Publicações. Disponível em: https://unaids.org.br/relatórios-e-publicações. Acesso em: 29 out. 2019.

ZUCCHI, E. et al. Estigma e discriminação vividos na escola por crianças e jovens órfãos por AIDS. Educação e Pesquisa, São Paulo, v.36, n.3, p. 719-734, set/dez. 2010.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n4-157

Refbacks

  • There are currently no refbacks.