Uso do facebook e whatsapp em atividades acadêmicas no ensino em enfermagem: Um estudo comparativo / Use of facebook and whatsapp in academic activities in nursing education: A comparative study.

Luciana Emi Kakushi, Yolanda Dora Martinez Évora, Marta Cristiane Alves Pereira

Abstract


No contexto educativo, a utilização das tecnologias da Web 2.0 como as redes sociais, vem sendo muito discutida pelos educadores pois são ferramentas inovadoras para a criação de comunidades de aprendizagem. Para sua utilização é necessário compreender como se pode ensinar e aprender, formal e informalmente, em espaços abertos de aprendizagem colaborativa. Diante das possibilidades da utilização das redes sociais no ensino, o objetivo deste trabalho foi comparar a participação e satisfação entre o uso do Facebook e WhatsApp no ensino superior em enfermagem. Os resultados demonstraram a formação de redes densas nos grupos do WhatsApp e Facebook evidenciando uma elevada participação dos alunos e a conectividade entre eles. Em relação à satisfação, 66,7% dos alunos gostaram de utilizar o WhatsApp e 22,2% o Facebook, 94,4% dos alunos gostariam que a estratégia de ensino fosse replicada novamente e 100% dos alunos responderam que o Facebook e o WhatsApp contribuíram no desenvolvimento do exercício. Portanto, diante da alta participação e satisfação na utilização das redes sociais no ensino superior de enfermagem, seria importante considerar esses ambientes como uma opção estratégica de metodologia de ensino, buscando inovar no processo de aprendizagem e atender as necessidades de seus alunos.


Keywords


Mídias Sociais, Aprendizagem, Estudantes de enfermagem.

References


KHOSHNOOD, Z.; NOUHI, E.; SABZEVARI, S. What are the faculty lecturers’ knowledge, attitude and practice toward using social media’s in nursing education and research? Asian Journal of Nursing Education and Research, v. 6, n. 4, p. 433–438, 2016. Disponível em: . Acesso em: 24 de ago. 2017.

OLUFADI, Y. Social Networking Time Use Scale (SONTUS): a new instrument for measuring the time spent on the social networking sites. Telematics and Informatics, v. 33, n. 2, p. 452–471, 2016. Disponível em: . Acesso em:13 set. 2017.

MOREIRA, J. A.; JANUÁRIO, S. Redes sociais e educação reflexões acerca do Facebook enquanto espaço de aprendizagem. In: PORTO, C.; SANTOS, E. O. Facebook e Educação publicar, curtir, compartilhar. Campina Grande: EDUEPB, 2014. p. 67–84. Disponível em: . Acesso em: 3 out. 2017.

DOGORITI, E.; PANGE, J.; ANDERSON, G. S. The use of social networking and learning management systems in English language teaching in higher education. Campus-Wide Information Systems, v. 31, n. 4, p. 254–263, 2014. Disponível em: . Acesso em: 14 de set. 2017.

SILVA, E. S.;DIAS, B. J. C.; SOUZA, J. L. M.; LIMA, M. S. Learning based on a problem applied in emergency and nursing education in nursing: an experience report. Braz. J. Hea. Rev., Curitiba, v. 2, n. 4, p. 2525-2529, jul./aug. 2019. DOI:10.34119/bjhrv2n4-024

ALVES, T. P.; ARAÚJO, R. K. S. O Moodle e o Facebook como ambientes pedagógicos: concepções discentes acerca do uso destes ambientes. Em Teia - Revista de Educação Matemática e Tecnológica Iberoamericana, v. 4, n. 2, p. 1–16, 2013. Disponível em: . Acesso em: 17 jul. 2017.

SCHROEDER, J.; GREENBOWE, T. J. The chemistry of Facebook: using social networking to create an online community for the organic chemistry laboratory. Innovate: Journal of Online Education, v. 5, n. 4, 2009. Disponível em: . Acesso em: 6 nov. 2017.

ANDRADE, D. C. M.; BRUM, A. K. R.; NEVES, R. P. S.; CALVO, D. G. M.; SILVA, D. M. L. Use of interactive digital tools in meeting to teach patient safety. Braz. J. Hea. Rev., Curitiba, v. 3, n. 2, p. 1531-1541 mar/abr. 2020. DOI:10.34119/bjhrv3n2-017

RAIMAN, L.; ANTBRING, R.; MAHMOOD, A. WhatsApp Messenger as a tool to supplement medical education for medical students on clinical attachment. BMC Medical Education, v. 17, n. 1, 2017. Disponível em: . Acesso em: 6 dez. 2017.

BOWMAN, N. D.; AKCAOGLU, M. “I see smart people!”: using Facebook to supplement cognitive and affective learning in the university mass lecture. The Internet and Higher Education, v. 23, p. 1–8, 2014. Disponível em: . Acesso em: 14 set. 2017.

RECUERO, R.; BASTOS, M.; ZAGO, G. Análise de redes para mídia social. Porto Alegre: Sulina, 2015. 182 p.

TOWER, M.; LATIMER, S.; HEWITT, J. Social Networking as a learning tool: nursing students’ perception of efficacy. Nurse Education Today, v. 34, n. 6, p. 1012–1017, 2014. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2017.

DUKE, V. J. A.; ANSTEY, A.; CARTER, S.; GOSSE, N.; HUTCHENS, K. M.; MARSH, J. A. social media in nurse education: utilization and E-professionalism. Nurse Education Today, v. 57, p. 8–13, 2017. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2017.

KARAPANOS, E.; TEIXEIRA, P.; GOUVEIA, R. Need fulfillment and experiences on social media: a case on Facebook and WhatsApp. Computers in Human Behavior, v. 55, p. 888–897, 2016. Disponível em: . Acesso em: 10 de jul. 2017.

BONINI-ROCHA, A. C.; OLIVEIRA, L. F.; ROSAT, R. M.; RIBEIRO, M. F. M. Satisfação, percepção de aprendizagem e desempenho em vídeo aula e aula expositiva. Ciências & Cognição, v. 19, n. 1, p. 47–57, 2014. Disponível em: . Acesso em: 13 dez 2017.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n4-145

Refbacks

  • There are currently no refbacks.