HIV na terceira idade: O aumento de casos como reflexo da falta de informação direcionada / HIV in old age: The increase in cases reflecting the lack of targeted information

Geovanna Ribeiro Athie, Amanda Rocha Cardoso, Juliana Nascimento Cruz, Mariana Bodini Angeloni

Abstract


Introdução: O aumento da incidência de HIV nas pessoas idosas é alarmante, e vem se disseminado de forma crescente, sendo um problema de saúde pública. É necessário, portanto refletir sobre o atendimento aos idosos, buscando estratégias para o atendimento dessa população com ações de promoção e educação em saúde que deem visibilidade e visem a instrução dessa faixa etária. Objetivos: Apresentar uma revisão bibliográfica sobre a ocorrência de HIV/AIDS em pessoas da terceira idade. Métodos: Para isso utilizou-se pesquisa nas plataformas Pubmed e Scielo e na página virtual do Ministério da Saúde do Brasil de revisões e dados bibliográficos com os termos “HIV/AIDS”, “HIV e terceira idade”, “AIDS e terceira idade”. Resultados: A sexualidade na velhice é um tema considerado tabu não só pela população, mas pelos próprios profissionais da saúde, que atendem apenas visão biologista do envelhecimento. A falta de informação atrelada a redescoberta do sexo, medicações para impotência e reposição hormonal e a associação do preservativo apenas como método anticoncepcional, acaba deixando essa população desinformada e suscetíveis a doenças sexualmente transmissíveis como HIV. Tal vulnerabilidade vem se mostrando cada vez mais problemática, quando analisamos dados do Ministério da Saúde vemos um aumento preocupante do número de casos nos últimos anos de HIV na terceira idade. Conclusão: Considerando que a contaminação de HIV tem se disseminado entre os idosos de forma crescente, e que os meios de prevenção e transmissão, constituem aspectos importantes dessa patologia, faz necessário uma maior mobilização em educação e saúde voltada para essa população.


Keywords


Terceira idade; HIV; AIDS; Prevenção.

References


Santos SSC. Enfermagem Gerontogeriátrica da reflexão à ação cuidativa. 2. ed. Editora Robe, São Paulo, 2011.

IBGE (BR). (2018). Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD Contínua) de 2017. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Veras R. Envelhecimento populacional contemporâneo: demandas, desafios e inovações. Rev. Saúde Pública [online]. 2009; 43(3): 548-554.

Carvalho Filho ET. Fisiologia do envelhecimento In. Netto, Matheus Papaléo. Gerontologia: a velhice e o envelhecimento em visão globalizada. São Paulo, Atheneu, 2002.

Ribeiro A. Sexualidade na Terceira Idade In: Papaléo Netto M. Gerontologia: A velhice e o Envelhecimento em visão Globalizada. edição única. Editora Atheneu, Belo Horizonte, cap. 13, p124-135, 2002.

Ministério da Saúde (BR). Boletim Epidemiológico de HIV e Aids. Brasília: Ministério da Saúde, 2019.

Soares R, Armindo RD, Rocha G. A imunodeficiência e o sistema imunitário. O comportamento em portadores do HIV. Arq Med. 2014; 28(4).

Lazzarotto AR, Kramer AS, Hãdrich M, Tonin M, Caputo P, Srinz E. O Conhecimento de HIV/AIDS na Terceira idade: estudo epidemiológico no Vale dos Sinos. Ciênc. saúde coletiva [online]. 2008. 13(6): 1833-1840.

Araujo VLB, Brito, DMS, Gimeniz MT, Queiroz TA, Tavares CM. Características da Aids na terceira idade em um hospital de referência do Estado do Ceará, Brasil. Rev. bras. epidemiol. 2007. 10(4): 544-554.

Santos AFM, Assis M. Vulnerabilidade das idosas ao HIV/AIDS: despertar das políticas públicas e profissionais de saúde no contexto da atenção integral: revisão de literatura. Rev bras geriatr gerontol [online]. 2011. 14(1): 147-57.

Silva AO, Loreto MDS, Mafra MCT. HIV na terceira idade: repercussões nos domínios da vida e funcionamento familiar. Ver Faculd Serv Social da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. 2017. 39(15): 129 – 154.

Sousa JL. Sexualidade na terceira idade: Uma discussão da Aids, envelhecimento e medicamentos para disfunção erétil DST – J bras Doenças Sex Transm. 2008. 20(1): 59-64

Cambrizzi C, Lara GM. HIV/AIDS em idosos brasileiros. Revista Conhecimento Online. 2012; v. 1.

Alencar RA, Ciosak SI. Aids em idosos: motivos que levam ao diagnóstico tardio. Rev Bras Enferm. 2016. 69(6): 1076 – 1081.

Bezerra VP, Nunes TB, Nogueira JA, Pedrosa AP, Trigueiro, DRSG, Silva, DM. Vulnerabilidade de idosos ao contágio pelo HIV no contexto de práticas preventivas. Rev Enferm UFPE [online]. 2014. 8(1):22-9.

Martins JJ, Barra DCC, Santos TM, Hinkel V, Nascimento ERP, Albuquerque GL, Erdmann AL. Educação em saúde como suporte para a qualidade de vida de grupos da terceira idade. Revista Eletrônica de Enfermagem [online]. 2007. 9(2): 443-456.

Barreto AC, Rebelo CPP, Barreiros PGL, Costa AR, Amorim RJ, Castro MS, Barreto DC, Silva JAC. Capacitação de agentes comunitários de saúde e análise dos conhecimentos adquiridos a respeito do HIV em um distrito sanitário. Braz J Hea Ver. 2020. 3(4): 7286-7295.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n4-085

Refbacks

  • There are currently no refbacks.