Perfil epidemiológico de intoxicação exógena por agrotóxicos no Município de Jataí, Goiás / Epidemiological profile of exogenous intoxication by pesticides in the Municipality of Jataí, Goiás

Giovana Rocha Queiroz, Francisco Inácio de Assis Neto, Geovana Morais Peres, Gustavo Albertini Souza, Hellen Miranda Campos, Igor Henrique Alves, Edlaine Faria de Moura Villela

Abstract


A intoxicação exógena é um conjunto de sinais e sintomas decorrentes da exposição a substâncias químicas. Um tipo dessa intoxicação é por agrotóxicos, os quais tiveram seu uso aumentado mundialmente nos últimos dez anos com o objetivo de aumentar a produtividade e à necessidade de combate às pragas. Todavia, o uso exacerbado de agrotóxicos pode causar danos à saúde e ao meio ambiente. Objetivos: Caracterizar e descrever o número de indivíduos intoxicados por agrotóxicos agrícolas e domésticos no município de Jataí no período de 2008 a 2017. Métodos: Trata-se de um estudo de caráter descritivo, transversal, realizado com dados coletados no DATASUS, pelo sistema Tabnet, dos anos de 2008 a 2017 acerca do município de Jataí e comparados com o estado de Goiás e com o Brasil. O estudo foi realizado pelo Observatório de Epidemiologia e Serviços de saúde (EpiServ). Foram coletados dados sobre intoxicação exógena por agrotóxicos agrícolas e domésticos. As variáveis utilizadas foram sexo, faixa etária, escolaridade e circunstâncias de intoxicação. Resultados: Diante da análise, observou-se uma possível correlação entre faixa etária e escolaridade, em que indivíduos entre 20-59 anos e sem ensino fundamental completo detêm 75% dos acidentes. Além disso, quando se pensa em âmbito estadual, o município de Jataí é responsável por 10% de todos os acidentes com agrotóxicos no estado de Goiás, um número significante considerando a extensão do estado. Conclusões: Observou-se haver uma tendência crescente em relação ao número de pessoas contaminadas por agrotóxicos. Além disso, nota-se que há um maior grau de intoxicação em homens. Quanto às circunstancias de intoxicação, a maior parte destas decorre de acidentes, embora a taxa por tentativa de suicídio também seja significativa.

Keywords


agroquímicos, saúde pública, notificação compulsória, envenenamento.

References


Almeida, M.D., Cavendish, T.A, Bueno, P.C, Ervilha, I.C, Gregório, L.S, Kanashiro, N.B.O, Rohlfs, D.B, Carmo, T.F.M (2017). The flexibilization of the Brazilian legislation on pesticides and the risks to human health: analysis of Bill of Law nº 3.200/2015. Caderno de Saúde Pública, 33(7), 2017.

Brasil, Ministério da saúde. Relatório Nacional de Vigilância em Saúde de Populações Expostas a Agrotóxicos. Brasília DF, 1 (2), 2018.

Dalbó, Juliana, Filgueiras, Lívia Alves, & Mendes, Anderson Nogueira. (2019). Effects of pesticides on rural workers: haematological parameters and symptomalogical reports. Ciência & Saúde Coletiva, 24(7), 2569-2582. Epub July 22, 2019.

Ismael, L., Rocha, E., Lins Filho, L., & Lima, R. (2015). Resíduos de agrotóxicos em alimentos: preocupação ambiental e de saúde para população paraibana. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, 10(3), 24 - 29.

Lopes, Carla Vanessa Alves, & Albuquerque, Guilherme Souza Cavalcanti de. (2018). Agrotóxicos e seus impactos na saúde humana e ambiental: uma revisão sistemática. Saúde em Debate, 42(117), 518-534.

Malaspina, Fabiana Godoy, ZiniLise, Michael Laurence & Bueno, Priscila Campos (2011). Perfil epidemiológico das intoxicações por agrotóxicos no Brasil, no período de 1995 a 2010. Cad. saúde colet., (Rio J.);19(4), out. 2011.

Mello C.M; silva, LF. (2013). Fatores associados à intoxicação por agrotóxicos: estudo transversal com trabalhadores da cafeicultura no sul de Minas Gerais. Epidemiologia e Serviços de Saúde, Brasília, 22 (4),2013, 609-620.

Moreira, Josino C., Jacob, Silvana C., Peres, Frederico, Lima, Jaime S., Meyer, Armando, Oliveira-Silva, Jefferson J., Sarcinelli, Paula N., Batista, Darcilio F., Egler, Mariana, Faria, Mauro V. Castro, Araújo, Alberto José de, Kubota, Alexandre H., Soares, Mônica de O., Alves, Sergio R., Moura, Cláudia M., & Curi, Rosane. (2002). Avaliação integrada do impacto do uso de agrotóxicos sobre a saúde humana em uma comunidade agrícola de Nova Friburgo, RJ. Ciência & Saúde Coletiva, 7(2), 299-311.

Murakami, Yumie, Pinto, Nanci Ferreira, Albuquerque, Guilherme Souza Cavalcanti de, Perna, Paulo de Oliveira, & Lacerda, Adriana. (2017). Intoxicação crônica por agrotóxicos em fumicultores. Saúde em Debate, 41(113), 563-576.

Naughton, Sean & Terry, Alvin. (2018). Neurotoxicity in acute and repeated organophosphate exposure. Toxicology, 408, 101–112.

Neves, Pedro Dias Mangolini, & Bellini, Marcella. (2013). Intoxicações por agrotóxicos na mesorregião norte central paranaense, Brasil - 2002 a 2011. Ciência & Saúde Coletiva, 18(11), 3147-3156.

Okuyama, Julia Hiromi Hori, Galvão, Taís Freire, & Silva, Marcus Tolentino. (2020). Intoxicações e fatores associados ao óbito por agrotóxicos: estudo caso controle, Brasil, 2017. Revista Brasileira de Epidemiologia, 23, e200024. Epub May 11, 2020.

Pignati, W.A, Lima, F.A.N.S, De Lara, D.D, Correa, M.L.M, Barbosa, J.R, Leão, L.H.C, Pignatti, M.G (2017) Distribuição espacial do uso de agrotóxicos no Brasil: uma ferramenta para a Vigilância em Saúde. Ciência e saúde coletiva, 22 (10) Out. 2017.

Porto, Marcelo Firpo, & Soares, Wagner Lopes. (2012). Modelo de desenvolvimento, agrotóxicos e saúde: um panorama da realidade agrícola brasileira e propostas para uma agenda de pesquisa inovadora. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, 37(125), 17-31.

Ristow, Letiane Peccin, Battisti, Iara Denise Endruweit, Stumm, Eniva Miladi Fernandes, & Montagner, Sandra Emilia Drews. (2020). Fatores relacionados à saúde ocupacional de agricultores expostos a agrotóxicos. Saúde e Sociedade, 29(2), e180984. Epub 18 de maio de 2020.

Santana V.S; moura, M.C.P; nogueira, F.F (2013). Mortalidade por intoxicação ocupacional relacionada a agrotóxicos, 2000-2009, Brasil. Revista de Saúde Pública, 47(03), Jun. 2013.

Souza, Andressa de, Medeiros, Afonso dos Reis, Souza, Ana Cláudia de, Wink, Márcia, Siqueira, Ionara Rodrigues, Ferreira, Maria Beatriz Cardoso, Fernandes, Luciana, Loayza Hidalgo, Maria Paz, & Torres, Iraci Lucena da Silva. (2011). Avaliação do impacto da exposição a agrotóxicos sobre a saúde de população rural: Vale do Taquari (RS, Brasil). Ciência & Saúde Coletiva, 16(8), 3519-3528.

Souza, G.S, Costa, L.C.A, Maciel, A. C, Reis, F.D.V, Pamplona, Y.A.P (2017). Presença de agrotóxicos na atmosfera e risco à saúde humana: uma discussão para a Vigilância em Saúde Ambiental. Ciência e saúde coletiva, 22 (10), Out 2017.

Ubessi, Liamara Denise, Ubessi, Cassiane, Kirchner, Rosane Maria, Jardim, Vanda Maria da Rosa & Stumm, Eniva Miladi Fernandes (2015). Uso de equipamentos de proteção por agricultores que utilizam agrotóxicos na relação com problemas de saúde. Revista de Enfermagem - UFPE OnLine, Recife, v. 9, n. 4, p. 7230-7238.

WHO. World Health Organization. Estatísticas mundiais de saúde 2019: Monitorando a saúde dos ODS [Internet]. Organização Mundial de Saúde;2019.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n4-078

Refbacks

  • There are currently no refbacks.