Intervenção fisioterapêutica no vaginismo tipo primário: revisão integrativa/Physiotherapeutic intervention in primary type vaginism: integrative review

Lyana Belém Marinho, Karen Luana dos Santos, Rejane Cristina Fiorelli de Mendonça

Abstract


Introdução: O vaginismo é uma condição sexual definida por espasmos involuntários dos músculos do assoalho pélvico que acometem o ato sexual. Os espasmos dos músculos pélvicos interferem na penetração do pênis. A intervenção fisioterapêutica com técnicas manuais e exercícios proprioceptivos pode influenciar na qualidade de vida das mulheres portadoras do vaginismo, visto que, é necessário um tratamento multidisciplinar para que a qualidade sexual seja alcançada. Objetivo: Descrever a atuação da fisioterapia no vaginismo do tipo primário. Metodologia: Trata-se de uma revisão integrativa tendo como base de dados Scielo e Google Acadêmico onde foram selecionados 5 artigos com os termos boleanos and: disfunções sexuais, vaginismo e fisioterapia entre os anos 2006 a 2015. Resultados e Discussão: Foram encontrados artigos que utilizaram a cinesioterapia do assoalho pélvico associado a outras técnicas para o tratamento do vaginismo primário, visto que, as mais citadas na associação foram a respiração com a massagem vibracional e a combinação com o uso de dilatadores. Conclusões: Observou-se que das várias técnicas utilizadas como resposta positiva no quadro da disfunção tipo vaginismo, a maior abordagem foi o fortalecimento dos músculos do assoalho pélvico o que se faz necessário outros estudos para comprovar a eficácia desse método no tratamento do vaginismo tipo primário.


Keywords


Disfunções sexuais,Vaginismo,Fisioterapia.

References


ANTUNES, A. Abordagem multidisciplinar no tratamento do vaginismo: adicionar fisioterapia ao modelo clássico. Relato de um caso-Follow up, 2014. Disponível em:

CASTRO, A.B.U.O. et al. Abordagem e tratamento do vaginismo pelo MFC - relato de dois casos. An Congr Bras Med Fam Comunidade. Belém, 2013 Maio; 12:288. Disponível em: < https://www.cmfc.org.br/brasileiro/article/view/219>

CEREJO, A.C. Disfunção sexual feminina: prevalência e factores relacionados. Rev Port Clin Geral 2006;22:701-20. Disponível em:

SANTOS, S.R. et al. Disfunção sexual na mulher: uma abordagem prática. Rev Port Med Geral Fam 2015;31:351-3. Disponível em:

PIASSAROLLI, V.P. et al. Treinamento dos músculos do assoalho pélvico nas disfunções sexuais femininas. Rev Bras Ginecol Obstet. 2010; 32(5):234-40. Disponível em:




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n4-060

Refbacks

  • There are currently no refbacks.