Inclusão da pessoa com deficiência no trabalho: estudo transversal/Inclusion of disable people in the labor: cross-sectional study

Jhony de Almeida Estevam, Denise Loureiro Vianna, Susi Mary de Souza Fernandes

Abstract


Introdução: O último censo demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística revelou a prevalência de 24% de pessoas com deficiência (PcD). O número elevado de indivíduos nesta condição impõe à sociedade e ao Estado a elaboração de políticas que garantam a cidadania desta população. Mesmo com força de lei as ações afirmativas ainda não conseguem atingir a inserção plena das PcD no mercado de trabalho. Objetivos: investigar a inclusão de PcD no trabalho, em um município da Grande São Paulo. Método: Foi elaborado um questionário eletrônico, na plataforma Google docs, remetido as empresas registradas na junta comercial do estado de São Paulo. Os dados coletados foram: o número de PcD contratados, tipos de deficiências, fatores que interferem na contratação, meios para seleção, programas de capacitação internos e a percepção quanto a inclusão de PcD. Resultados: Os questionários foram enviados e respondidos por 12 empresas. Destas apenas 08 com PcD contratados. Nenhuma das empresas atingiu o percentual exigido em lei. As deficiências mais prevalentes foram as físicas e sensoriais. A CID-10 foi o critério utilizado para classificação das deficiências. A falta de qualificação foi a principal justificativa para não contratar PcD. Conclusão: As empresas consultadas não atendem às exigências da lei. A falta de qualificação foi o fator impeditivo para a contratação. Houve predomínio de contratação de deficiências leves. Não existe uma política de capacitação implantada para a adaptação dos demais funcionários às PcD nas empresas.


Keywords


Pessoa com Deficiência, Saúde Ocupacional, Política Pública.

References


BARROS, K.F.B.; TELES, M.A.P.; FERNANDEZ C.B. pessoas com deficiência- pcd e mercado de trabalho formal: Os desafios para inclusão social no Brasil. Brasil, 2013

BRASIL. A inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. 2. ed. Brasília: MTE, SIT, 2007.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Diário Oficial da União. Brasília DF. 1988

BRASIL: LEI Nº 8.112, DE 11 DE DEZEMBRO DE 1990. Dispõe sobre o regime jurídico dos servidores públicos civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais. Diário Oficial da União. Brasília DF. Disponível em .

BRASIL. Lei n. 12.470, de 31 de agosto de 2011. Altera a Lei n. 8.742. Disponível em: .

BRASIL: LEI Nº 13.146, DE 6 DE JULHO DE 2015. Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Diário Oficial da União. Brasília – DF Disponível em .

CANAL, P.; CRUZ, R. M. Aspectos psicológicos e reabilitação profissional: revisão

de literatura. Estudos de Psicologia, Campinas, v. 30, n. 4, p. 593-601, out./dez. 2013. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-166X2013000400012

Cieza, A., Sabariego, C., Bickenbach, J. et al. Rethinking Disability. BMC Med 16, 14 (2018). https://doi.org/10.1186/s12916-017-1002-6

COSTA, N R et al. Proteção social e pessoa com deficiência no Brasil. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 21, n. 10, p. 3037-3047, out. 2016.

FALEIRO, B.G. os desafios para inclusão social no Brasil. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2012

FÁVERO, E.A.G. O direito das pessoas com deficiência: garantia de igualdade na diversidade. WVA. Rio de Janeiro, 2004.

FERNANDES, S. M. S. Tradução, adaptação cultural e análise da confiabilidade da versão brasileira do questionário de reabilitação para o trabalho: WORQ. 2017. 125 f. Tese Doutorado em Distúrbios do Desenvolvimento. Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2017.

FERNANDES, S.M.S.; DÁntino, M.L.F.; BUCHALLA, C. M.; Santos, C.T.; SILVA, M.V.B; ASSIS, S.M.B. Inclusão no trabalho: caminhos para avaliação da capacidade funcional da pessoa com deficiência. In: DISTÚRBIOS DO DESENVOLVIMENTO: Estudos Interdisciplinares. 01. ed. São Paulo: Editora Memnon, 2018. v. 01. 484p.

FINGER, M.E., ESCORPIZO, R., GLASSEL, A., GMUNDER, H.P., LUCKENKEMPER, M., CHAN, C. et al. ICF Core Set for vocational rehabilitation: results of an international consensus conference. Disability and rehabilitation. v.34, n. 5, p. 429-438, oct. 2012.

GARCIA, V. G.; MAIA, A. G. Características da participação da pessoa com deficiência e/ou limitação funcional no mercado de trabalho brasileiro. R. bras. Est. Pop. v. 31, n.2, p. 395-418. Rio de Janeiro, 2014.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico 2010: características gerais da população, religião e pessoas com deficiência.

Rio de Janeiro, 2010.

LEME, M. E. S. Pessoas com deficiência e o trabalho: o discurso de sujeitos e instituições. Tese (Doutorado). Campinas, Faculdade de Educação da Unicamp, 2010.

Momsen, A.H., Stapelfeldt, C.M., Rosbjerg, R. et al. International Classification of Functioning, Disability and Health in Vocational Rehabilitation: A Scoping Review of the State of the Field. J Occup Rehabil 29, 241–273 (2019). https://doi.org/10.1007/s10926-018-9788-4

NEVES-SILVA, P; PRAIS, F, G; SILVEIRA, AM. Inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho em Belo Horizonte, Brasil: cenário e perspectiva. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 20, n. 8, p. 2549-2558, ago. 2015

NUBILA, H.B.; BUCHALLA, C.M. O papel das Classificações da OMS - CID e CIF nas definições de deficiência e incapacidade. Rev Bras Epidemiol. V.11. N2. P. 324 -35. São Paulo, 2008.

PEREIRA, A C C; PASSERINO, L. Um estudo sobre o perfil dos empregados com deficiência em uma organização. Rev. bras. educ. espec., Marília, v. 18, n. 2, p. 245-264, junho, 2012.

SANTOS, C.T. et al. A inserção da pessoa com deficiência na reabilitação profissional: revisão de literatura. Cadernos de Pós-Graduação em Distúrbios do Desenvolvimento São Paulo, v. 18, n. 1, p. 9-30, jan./jun. 2018 http://dx.doi.org/10.5935/cadernosdisturbios.v18n1p9-30

SANTOS, W. Deficiência como restrição de participação social: desafios para avaliação a partir da Lei Brasileira de Inclusão. Ciênc. saúde coletiva, Rio de Janeiro, v. 21, n. 10, p. 3007-3015, out. 2016

SILVA, P.N.; PRAIS F.G.; SILVEIRA A. M. Inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho em Belo Horizonte, Brasil: cenário e perspectiva. Ciência e saúde coletiva. V.20. N.8. p.2549 -58. Belo Horizonte, 2015

SOUZA, A.A.A.; VERONEZE R.B.; SANTOS J.V.P.; SANTOS T.L.B.; SALES A.P. Inserção ou Inclusão? Uma análise das Políticas Públicas e Privadas para Promoção do Ingresso de Pessoas com Deficiência no Mercado de Trabalho. Anpad. Salvador, 2012

TANAKA, E.D.O.; MANZINE E.J.; O que os empregadores pensam sobre o trabalho da pessoa com deficiência? Rev. Bras. Ed. Esp. Marilia, V.2. N.11. p. 273-294, 2005.

TAKAHASHI, M., KATO, M., LEITE, R. A. O. Incapacidade, reabilitação profissional e Saúde do Trabalhador: velhas Questões, novas abordagens. Rev. Bras. Saúde ocup. v.121, n. 35, p. 07-09, jan./jun. 2010.

VIOLANTE, R.R; LEITE, L.P. A empregabilidade das pessoas com deficiência: uma análise da inclusão social no mercado de trabalho do município de Bauru, sp. Cad. Psicol. Soc. Trab. V.14, N.1, São Paulo, 2011.

ZANITELLI, L. M. A lei de cotas para pessoas portadoras de deficiência nas empresas brasileiras: impacto e possíveis alternativas. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 18, n. 7, p. 2085-2094, jul. 2013. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-8123 2013000700024




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n4-046

Refbacks

  • There are currently no refbacks.