Avaliação do perfil pós dose terapêutica com iodo-131 em pacientes da FCECON com carcinoma diferenciado de tireóide no período de 2012 a 2016 / Evaluation of the post-therapeutic dose profile with iodine-131 in FCECON patients with differentiated thyroid carcinoma in the period from 2012 to 2016

Yago da Silva Pimenta, Wei Tsu Havim Chang Colares, Roseana do Santos Medeiros da Silva, Thaís de Arruda Reinehr, Gabriel Pacífico Seabra Nunes, Marco Aurélio Dantas Vieira Belém, Lia Mizobe Ono, Igor Dias Coelho

Abstract


Introdução A radioiodoterapia (RAI) I131 é o método mais utilizado para terapia e localização de imagens da glândula tireoide A neoplasia de tireoide, dentre todos os tipos de câncer, foi a que mais cresceu em incidência, representando hoje a neoplasia mais comum da glândula. O tratamento com I131 é um procedimento padrão após a tireoidectomia total por carcinoma papilífero de tireoide, diminuindo a probabilidade de recidiva. Normalmente a dosimetria é montada individualmente, levando em consideração o estadiamento e o perfil prognóstico do paciente. O objetivo do trabalho é avaliar o perfil sócio-demográfico e clinico dos pacientes portadores de carcinoma diferenciado da tireoide da FCECON que realizaram RAI. Metodologia: Trata-se de um estudo analítico, retrospectivo nos prontuários dos pacientes de 2012 a 2016 dos pacientes submetidos a pesquisa de corpo inteiro no Centro de Medicina Nuclear do Amazonas e na FCECON. Resultados: O trabalho obteve um total de 213 pacientes, porém apenas 149 possuíam estudo patológico presente no prontuário, sendo 84,7% do sexo feminino, possuindo uma média de 44 anos de idade, tendo o mais novo 10 anos e o mais velho 78. 51,3% possuem mais de 45 anos, destes 50,6% encontram-se na quinta década de vida, e, entre aqueles abaixo dos 45 anos (49,7%), apenas 21,9% estão na segunda década de vida. Conclusão: O trabalho obteve um excelente resultado, visto a percepção do super-tratamento de diversos pacientes, chamando a atenção para as atualizações quanto ao seguimento do paciente portador do câncer bem diferenciado de tireoide.


Keywords


Isótopo, Iodo, Câncer, Tireoide

References


Hasselink ENK et al. Effects on salivar function in DTC. J Nucl Med. 2016; 57:1685-91.

Tang J et al. The role of radioactive iodine therapy in papillary thyroid cancer: an observational study based on SEER. OncoTargets and The(1)rapy 2018:11: 3551 – 3560

Grosse DHJ, Menhart K, Schmidbauer B. Differentiated Thyroid Cancer—Treatment: State of the Art. Int. J. Mol. Sci. 2017, 18, 1292;

Ahn B-C. Personalized Medicine Based on Theranostic Radioiodine Molecular Imaging for Differentiated Thyroid Cancer. Biomed Res Int. 2016;2016:1–9.

Rosário PW, Ward LS, Carvalho GA, Graf H, Maciel RMB, Maciel LMZ, et al. Consenso noduloecâncer20132. 2013;

Cordeiro EAK, Martini JG. Perfil dos pacientes com câncer de tireoide submetidos à radioiodoterapia. Texto e Context Enferm. 2013;22(4):1007–14.

de Jong JR, Brouwers AH, Vissink A, Jager PL, Coppes RP, Klein Hesselink EN, et al. Effects of Radioiodine Treatment on Salivary Gland Function in Patients with Differentiated Thyroid Carcinoma: A Prospective Study. J Nucl Med. 2016;57(11):1685–91.

Charalambous A, Frangos S, Talias M. RESEARCH PROTOCOL A randomized controlled trial for the use of Thymus Honey in decreasing Salivary Gland Damage following Radioiodine Therapy for Thyroid cancer : research protocol. 2013;1663–71.

Dartora K. Em Tratamento Com Iodoterapia Em Um Hospital Do Rio. 2015;116–22.

Germano CMR, Bonato D, Maion VH, Avó LR da S de, Melo DG, Fontanella BJB. Possíveis novos determinantes da qualidade de vida de pacientes com câncer de tireoide tratado: um estudo qualitativo. Cien Saude Colet. 2016;21(8):2451–62.

Fernández-Vañes L, Llorente JL, García-Cabo P, Menéndez M, Pedregal D, Rodrigo JP, et al. Management of differentiated thyroid carcinomas. Acta Otorrinolaringol Esp. 2018;(xx).




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n4-022

Refbacks

  • There are currently no refbacks.