Conhecimento dos estudantes do Instituto Federal do Amazonas sobre o mito do uso de hormônios na produção de frangos / Knowledge of Amazonas Federal Institute students about the myth of hormone use in broiler production

Felipe Faccini dos Santos, Glebson Carvalho Freitas, Anísia Karla de Lima Galvão

Abstract


O objetivo desse trabalho foi avaliar o nível de informação dos estudantes do Instituto Federal de do Amazonas, Campus Manaus Zona Leste, sobre o mito do uso de hormônios na produção de frangos de corte. A população-alvo foi composta por estudantes de três cursos relacionados às Ciências Agrárias e de dois cursos não relacionados à área. O instrumento de coleta dos dados foi o questionário, composto por questões de múltipla escolha, preenchidos pelos próprios participantes do estudo. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos e todos os participantes assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Os percentuais de estudantes que já haviam cursado disciplinas sobre produção de frangos de corte foram respectivamente 6,5%; 94,7%; 25,7%; 3,2% e 0,0%, para os cursos de Medicina Veterinária, Agropecuária, Agroecologia, Informática e Secretariado. A maioria (86%) já ouviu falar sobre o uso de hormônios na produção de frangos de corte. Entre estudantes dos cursos de ciências agrárias, 49,41% acharam que o uso de hormônios é preocupante e 32,94% consideraram que esta suposta utilização cause problemas para a saúde humana. Entre os alunos dos cursos não relacionados às ciências agrárias, 98,36% acreditam que a utilização destes produtos é preocupante, enquanto 56,6% destes creem que cause problemas à saúde humana. Assim, constatou-se que o mito da utilização de hormônios na criação de frangos de corte está amplamente difundido entre os estudantes, embora os que cursam disciplinas na área de ciências agrárias tenham se mostrado mais informados sobre o tema. Os resultados revelam a necessidade de ampla divulgação sobre a problemática para a sociedade.


Keywords


estudantes, avicultura, carne, produção animal, questionário

References


ALBUQUERQUE, F.C.F. et al. Desmistificação sobre o uso de hormônios na produção de frangos de corte: Nível de conhecimento de estudantes de Zootecnia. In: CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 10., 2015, Teresina, PI. Anais... Teresina: CNPA, 2015. R0160-1. Disponível em: < http://www.cnpa2015.com.br/anais/resumos/R0160-1.PDF>. Acesso em 29 set. 2016.

BOSSOLANI, I.L. et al. Avaliação do perfil dos consumidores de carne de frango no Município de Araçatuba – SP. Veterinária e Zootecnia, v. 19, n. 2, p. 131, 2012. Disponível em: < http://repositorio.unesp.br/handle/11449/133002>. Acesso em 29 set. 2016.

BUENO, P.V. et al. Avaliação com profissionais da área da saúde sobre o uso de hormônios na dieta de frangos de corte. In: SIMPÓSIO DE CIÊNCIAS DA UNESP–DRACENA. 5. 2009, Dracena, SP. Anais eletrônicos..., Dracena: UNESP- Dracena, 2009. Disponível em: . Acesso em 29 set. 2016.

CARVALHO, D.C.O. et al. Consumo de carne de frango e de ovos de aves de granja pela população da região de Petrolina. Extramuros, v. 3, n. 1, p.128-134, 2015. Disponível em: < http://www.periodicos.univasf.edu.br/index.php/extramuros/article/view/644 >. Acesso em 29 set. 2016.

CERVO, A. L. et al. Metodologia Científica. 6. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2007. 242 p.

FRANCISCO, D.C. et al. Caracterização do consumidor de carne de frango da cidade de Porto Alegre. Ciência Rural, v. 37, n. 1, p. 253-258, 2007. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782007000100041>. Acesso em 29 set. 2016. doi: 10.1590/S0103-84782007000100041

FREITAS, H. et al. Método de pesquisa survey. Revista de Administração, v. 35, n. 3, p. 105-112, 2000. Disponível em: . Acesso em 10 nov. 2015.

GODOY, A.S. Introdução à pesquisa qualitativa e suas possibilidades. Revista de Administração de Empresas, v. 35, n. 2, p. 57-63, 1995. Disponível em: . Acesso em 10 nov. 2015. doi: 10.1590/S0034-75901995000200008

GONÇALVES, A.S. O mito do hormônio no frango. Revista V&Z em Minas, ano XXI, n. 109, p.35-36, 2011. Disponível em: . Acesso em 10 nov. 2015. doi: 10.1590/S0034-75901995000200008

LEANDRO, N.S.M. et al. Influência do peso Inicial de pintos de corte sobre o desempenho e o rendimento de carcaça de frangos e a viabilidade econômica da produção. Revista Brasileira de Zootecnia, v.35, n.6, p. 2314-2321, 2006. Disponível em: . Acesso em 10 nov. 2015. doi: 10.1590/S1516-35982006000800017

LEITE, A.P.L. et al. Efeito do uso do propionato de testosterona sobre o desempenho de frangos de corte, de 01 a 46 dias de idade. Magistra, v. 16, n. 2, p. 59-65, 2004.

MATTAR, F.N. Pesquisa de marketing. Edição compacta. São Paulo: Atlas, 1996. 64 p.

ROSA, C.O. et al. Características do mercado consumidor de carne de frango em um município de médio porte. Enciclopédia Biosfera, v.9, n.17; p. 518-532, 2013. Disponível em: . Acesso em 29 set. 2016.

RUFINO, J.P.F.; CRUZ, F.G.G.; SILVA, A.F.; COSTA, V.R.; COSTA, A.P.G.C.; BEZERRA, N.S. Desconstrução do mito sobre a utilização de hormônios exógenos na produção avícola. Revista Científica de Avicultura e Suinocultura, v. 2, n. 2, p. 43-54, 2016. Disponível em: < http://www.periodicos.ufam.edu.br/RECAS/article/view/2751>. Acesso em 06 dez. 2016.

SILVA, C.M. et al. Perfil do consumidor de carne de frango do município de JATAÍ- GO. Enciclopédia Biosfera, v. 11, n. 21, p. 1468-1478, 2015. Disponível em: . Acesso em 29 set. 2016.

SOUZA, R.P.P. et al. Perfil do consumidor de carnes no município de Ilha Solteira – SP. In: SIMPÓSIO DE QUALIDADE DA CARNE, 4., 2012, Jaboticabal, SP. Anais... Jaboticabal: UNESP, 2012. p.1-3. Disponível em: . Acesso em 29 set. 2016.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n3-248

Refbacks

  • There are currently no refbacks.