Perfil epidemiológico da tuberculose no município de Teixeira de Freitas de 2001 a 2017/Tuberculosis epidemiological profile in Teixeira de Freitas municipality from 2001 to 2017

Jorge Luiz Fortuna, Paula Andréa Oliveira Soares

Abstract


Tuberculose é uma doença infectocontagiosa causada pelo bacilo Mycobacterium tuberculosis. Apesar de fácil prevenção e cura, permanece como grave ameaça à saúde pública. Este trabalho teve como objetivo analisar os dados epidemiológicos da tuberculose notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), no período de 2001 a 2017 no município de Teixeira de Freitas-BA. Realizou-se um estudo epidemiológico onde os dados das variáveis quantitativas e qualitativas (forma; sexo; faixa etária; escolaridade; tipo de entrada; cultura de escarro; confirmação laboratorial e desfecho), coletados dos dados epidemiológicos sobre tuberculose no SINAN, foram apresentados e analisados através de frequência absoluta e percentual, além do coeficiente de incidência. Foram notificados 1.539 casos novos de tuberculose no município de Teixeira de Freitas-BA, sendo que 491 (31,90%) em mulheres e 1.048 (68,10%) em homens. O coeficiente de incidência variou de 31,91 (2016) e 103,48 (2003) por 100.000 habitantes. Observou-se maior incidência em adultos jovens entre 20-39 anos de idade, totalizando 725 (47,11%) dos casos. O ensino fundamental incompleto foi o nível de escolaridade com maior incidência com um total de 454 (29,50%). Tuberculose do tipo pulmonar foi de 1.389 (90,25%) casos, enquanto que as outras formas de tuberculose foram notificadas 150 (9,75%). Taxas de abandono do tratamento encontram-se acima do preconizado pelo Ministério da Saúde e, consequentemente, a porcentagem de cura está abaixo do esperado pelo Programa Nacional de Controle da Tuberculose (PNCT).


Keywords


Epidemiologia, Mycobacterium, Bacilo de Koch.

References


AMORIM, F. D. B.; PEREIRA, K. S.; ROCHA, J. A.; ANDRADE, M. V. M.; DANTAS, C. C. Perfil de portadores de tuberculose no CMS de Rio das Ostras: subsídios para o cuidar em enfermagem. Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online, 2 (Supl.):1.018-1.021, 2010.

ANDRADE, H. S.; SANTOS, R. C. F.; FONSECA, J. C. N. Perfil dos portadores de tuberculose em um município de Minas Gerais. Ciência & Saúde, 11(1):1-6, 2018.

ARCÊNCIO, R. A.; OLIVEIRA, M. F.; VILLA, T. C. S. Internações por tuberculose pulmonar no Estado de São Paulo no ano de 2004. Ciência & Saúde Coletiva, 12(2):409-417, 2007.

BIERRENBACH, A. L.; GOMES, A. B. F.; NORONHA, E. F.; SOUZA, M. F. M. Incidência de tuberculose e taxa de cura, Brasil, 2000 a 2004. Revista de Saúde Pública, 41(Supl. 1):24-33, 2007.

BRASIL. Ministério da Saúde. Fundação Nacional de Saúde. Centro de Referência Prof. Hélio Fraga. Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia. Controle da Tuberculose: Uma Proposta de Integração Ensino-Serviço. 5. ed. Rio de Janeiro: FUNASA/CRPHF/SBPT. 2002, 236 p.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância Epidemiológica. Manual de Recomendações Para o Controle da Tuberculose no Brasil. Série A. Normas e Manuais Técnicos. Brasília: Ministério da Saúde. 2011, 284 p.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância Epidemiológica. Programa Nacional de Controle da Tuberculose (PNCT). [online]. Disponível em: Acessado em 20 de agosto de 2018.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Vigilância das Doenças Transmissíveis. Brasil Livre da Tuberculose. Plano Nacional Pelo Fim da Tuberculose Como Problema de Saúde Pública. Brasil: Ministério da Saúde. 2017, 52 p.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Especial Tuberculose. Boletim Epidemiológico, 43:1-12, 2012.

BUSS, P. M.; PELLEGRINI FILHO, A. A saúde e seus determinantes sociais. Cadernos de Saúde Pública, 23(3):545-552, 2007.

COELHO, D. M. M.; VIANA, R. L.; MADEIRA, C. A.; FERREIRA, L. O. C.; CAMPELO, V. Perfil epidemiológico da tuberculose no município de Teresina-PI, no período de 1999 a 2005. Epidemiologia e Serviços de Saúde, 19(1):33-42, 2010.

DE VRIES, G.; VAN HEST, R.; BAKKER, M.; ERKENS, C.; VAN DEN HOF, S.; MEIJER, W.; OUD, K.; SLUMP. E.; VAN DISSEL, J. Policy and practice of programmatic management of latent tuberculosis infection in The Netherlands. Journal of Clinical Tuberculosis and Other Mycobacterial Diseases, 7:40-48, 2017.

DUARTE, R.; SILVA, D.; RENDON, A.; ALVES, T. G.; RABAHI, M. F.; CENTIS, R.; KRITSKI, A.; MIGLIORI, G. B. Eliminação da tuberculose na América Latina: considerações. Jornal Brasileiro de Pneumologia, 44(2):73-76, 2018.

DYE, C.; WILLIAMS, B. G. The population dynamics and control of tuberculosis. Science, 328(5.980): 856-861, 2010.

FERRACIO, M.; CRUZ, R. A.; BIAGOLINI, R. E. M. Tratamento supervisionado da tuberculose: a opinião da equipe do programa Saúde da Família. Saúde Coletiva, 4(14):55-61, 2007.

FERRAZ, J. C.; MELO, F. B. S.; ALBUQUERQUE, M. F. P. M.; MONTENEGRO, S. M. L.; ABATH, F. G. C. Immune factors and immnoregulation in tuberculosis. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, 39(1):1.387-1.397, 2010.

FORTUNA, D. B. S.; FORTUNA, J. L. Perfil epidemiológico da tuberculose pulmonar de casos notificados no município de São Gonçalo-RJ no período de 2006 a 2009. Scientia Plena, 9(10):1-11, 2013.

GOMES, A. B. Perfil epidemiológico da tuberculose entre casos notificados no município de Bacabal no período de 2005 e 2010. Faculdade de Educação de Bacabal – FEBAC. Curso de Enfermagem. 2011. [online]. Disponível em: Acesso em 11 de julho de 2018.

GONÇALVES, J. A. A.; COSTA-MATOS, A.; TAVARES-NETO, J. Tuberculose no estado do Acre: Série Histórica de 1996 a 2000. Gazeta Médica da Bahia, 76(2):3-11, 2006.

HIJJAR, M. A.; PROCÓPIO, M. J.; FREITAS, L. M. R.; GUEDES, R.; BETHLEM, E. P. Epidemiologia da tuberculose. Pulmão, 14(4):310-314, 2005.

IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Cidades. Brasil. Bahia. Teixeira de Freitas. [online]. Disponível em Acessado em 20 de agosto de 2018.

KOZAKEVICH, G. V.; SILVA, R. M. Tuberculose: revisão de literatura. Arquivos Catarinenses de Medicina, 44(4):34-47, 2015.

LÖNNROTH, K.; CASTRO, K. G.; CHACAYA, J. M.; CHAUHAN, L. S.; FLOYD, K.; GLAZIOU, P.; RAVIGLIONE, M. Tuberculosis control and elimination 2010-50: cure, care, and social development. Lancet, 375:1.814-1.829, 2010.

LÖNNROTH, K.; MIGLIORI, G. B.; ABUBAKAR, I.; D’AMBROSIO, L.; DE VRIES, G.; DIEL, R.; DOUGLAS, P.; FALZON, D.; GAUDREAU, M. A.; GOLETTI, D.; OCHOA, E. R. G.; LOBUE, P.; MATTEELLI, A.; NJOO, H.; SOLOVIC, I.; STORY, A.; TAYEB, T.; VAN DER WERF, M. J.; WEIL, D.; ZELLWEGER, J. P.; AZIZ, M. A.; AL LAWATI, M. R.; ALIBERTI, S.; OÑATE, W. A.; BARREIRA, D.; BHATIA, V.; BLASI, F.; BLOOM, A.; BRUCHFELD, J.; CASTELLI. F.; CENTIS, R.; CHEMTOB, D.; CIRILLO, D. M.; COLORADO, A.; DADU, A.; DAHLE, U. R.; DE PAOLI, L.; DIAS, H. M.; DUARTE, R.; FATTORINI, L.; GAGA, M.; GETAHUN, H.; GLAZIOU, P.; GOGUADZE, L.; DEL GRANADO, M.; HAAS, W.; JÄRVINEN, A.; KWON, G. Y.; MOSCA, D.; NAHID, P.; NISHIKIORI, N.; NOGUER, I.; O'DONNELL, J.; PACE-ASCIAK, A.; POMPA, M. G.; POPESCU, G. G.; CORDEIRO, C. R.; RØNNING, K.; RUHWALD, M.; SCULIER, J. P.; SIMUNOVIĆ, A.; SMITH-PALMER, A.; SOTGIU, G.; SULIS, G.; TORRES-DUQUE, C. A.; UMEKI, K.; UPLEKAR, M.; VAN WEEZENBEEK, C.; VASANKARI, T.; VITILLO, R. J.; VONIATIS, C.; WANLIN, M.; RAVIGLIONE, M. C. Towards tuberculosis elimination: an action framework for low-incidence countries. European Respiratory Journal, 45(4):928-952, 2015.

MACEDO, J. L.; OLIVEIRA, A. S. S. S.; PEREIRA, I. C.; ASSUNÇÃO, M. J. S. M. Perfil epidemiológico da tuberculose em um município do Maranhão. Revista Ciência & Saberes, 3(4):699-705, 2017.

MACIEL, E. L. N.; SALES, C. M. M. Vigilância epidemiológica da tuberculose no Brasil: como é possível avançar mais? Epidemiologia e Serviços de Saúde, 25(1):175-178, 2016.

MASCARENHAS, M. D. M.; ARAÚJO, L. M.; GOMES, K. R. O. Perfil epidemiológico da tuberculose entre casos notificados no município de Piripiri, estado do Piauí, Brasil. Epidemiologia e Serviços de Saúde, 14(1):7-14, 2005.

MIGLIORI, G. B.; LIENHARDT, C.; WEYER, K.; VAN DER WERF, M. J.; BLASI, F.; RAVIGLIONE, M. C. Ensuring rational introduction and responsible use of new TB tools. Outcome of an ERS multisector consultation. European Respiratory Journal, 44(6):1.412-1.417, 2014.

PAREEK, M.; GREENAWAY, C.; NOORI, T.; MUNOZ, J.; ZENNER, D. The impact of migration on tuberculosis epidemiology and control in high-income countries: a review. BMC Medicine, 14:1-10, 2016.

PELLEGRINI FILHO, A. Determinantes Sociais da Saúde: o que há de novo? 13/07/2011. Centro de Estudos, Políticas e Informação sobre Determinantes Sociais da Saúde (CEPI DSS). ENSP. FIOCRUZ. [online]. Disponível em: Acessado em 20 de agosto de 2018.

PILLER, R. V. B. Epidemiologia da Tuberculose. Pulmão, 21(1):4-9, 2012.

PINTO, P. F. P. S.; SILVEIRA, C.; RUJULA, M. J. P.; CHIARAVALLOTI NETO, F.; RIBEIRO, M. C. S. A. Perfil epidemiológico da tuberculose no município de São Paulo de 2006 a 2013. Revista Brasileira de Epidemiologia, 20(3):549-557, 2017.

RABAHI, M. F.; SILVA JÚNIOR, J. L. R. D.; CONDE, M. B. Evaluation of the impact that the changes in tuberculosis treatment implemented in Brazil in 2009 have had on disease control in the country. Jornal Brasileiro de Pneumologia, 43(6):437-444, 2017.

RENDON, A.; FUENTES, Z.; TORRES-DUQUE, C. A.; GRANADO, M. D.; VICTORIA, J.; DUARTE, R.; MIGLIORI, G. B. Roadmap for tuberculosis elimination in Latin American and Caribbean countries: a strategic alliance. European Respiratory Journal, 48(5):1.282-1.287, 2016.

RODRIGUES, A. M. X.; SILVA, K. M. R.; VIEIRA, M. R.; MACEDO, T. F. Epidemiologia da tuberculose no Brasil nos últimos 10 anos. Revista de Enfermagem da UFPI, 5(2):75-79, 2016.

SÁNCHEZ. A. R.; DIUNA, V.; CAMACHO, L. A. B.; LAROUZÉ, B. A tuberculose nas prisões: uma fatalidade? Cadernos de Saúde Pública, 22:1.547-1.555, 2006.

SÁNCHEZ, A. R.; MASSARI, V.; GERHARDT, G.; BARRETO, A. W.; CESCONI, V.; PIRES, J.; ESPÍNOLA, A. B.; BIONDI, E.; LAROUZÉ, B.; CAMACHO, L. A. B. A tuberculose nas prisões do Rio de Janeiro, Brasil: uma urgência de saúde pública. Cadernos de Saúde Pública, 23(3):545-552, 2007.

SELIG, L.; BELO, M.; CUNHA, A. J. L. A.; TEIXEIRA, E. G.; BRITO, R.; LUNA, A. L.; TRAJMAN, A. Óbitos atribuídos à tuberculose no estado do Rio de Janeiro. Jornal Brasileiro de Pneumologia, 30(4):417-424, 2004.

SEVERO, N. P. F.; LEITE, C. Q. F. Caracterização da população portadora de tuberculose do município de Américo Brasiliense-SP, no período de 1992 a 2002. Revista de Ciências Farmacêutica Básica e Aplicada, 26(1):83-86, 2005.

SILVA, I. L. C.; LIMA, L. R.; COSTA, M. J. M.; CAMPELO, V. Perfil epidemiológico da tuberculose no município de Teresina-PI de 2008 a 2012. Revista Interdisciplinar Ciências e Saúde, 4(1):36-46, 2017.

SINAN (Sistema de Informação de Agravos de Notificação). Ministério da Saúde. Tuberculose – Casos Confirmados Notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação – Bahia. [online]. Disponível em Acessado em 20 de junho de 2018

SUTHAR, A. B.; LAWN, S. D.; DEL AMO, J.; GETAHUN, H.; DYE, C.; SCULIER, D.; STERLING, T. R.; CHAISSON, R. E.; WILLIAMS, B. G.; HARRIES, A. D.; GRANICH, R. M. Antiretroviral therapy for prevention of tuberculosis in adults with HIV: A systematic review and meta-analysis. PLoS Medicine, 9(7):1-15, 2012.

TORRES-DUQUE, C. A.; ALCALÁ, Z. M. F.; RENDÓN, A.; MIGLIORI, G. B. Roadmap for tuberculosis elimination in Latin America and the Caribbean. Archivos de Bronconeumología, 54(1):7-9, 2018.

VEEN, J.; MIGLIORI, G. B.; RAVIGLIONE, M. C.; RIEDER, H. L.; DARA, M.; FALZON, D.; KUYVENHOVEN, J. V.; SCHWOEBEL, V.; ZALESKIS, R. Harmonization of TB control in the WHO European Region: the history of the Wolfheze Workshops. European Respiratory Journal, 37(4):950-959, 2011.

VIANA, I. M. G.; SAUAIA, N.; SAUAIA, B. A.; MONTEIRO, S. G.; FIGUEIREDO, P. M. S. Perfil epidemiológico de pacientes com baciloscopia positiva para tuberculose pulmonar. Revista da Sociedade Brasileira de Clínica Médica, 8(6):505-508, 2010.

WATANABE, A.; RUFFINO-NETTO, A. O perfil epidemiológico dos casos de tuberculose notificados em Hospital terciário. Ribeirão Preto – São Paulo. Boletim de Pneumologia Sanitária, 9(1):19-34, 2001.

WHO (World Health Organization). Global Tuberculosis Report. Geneva: World Health Organization. 2017, 249 p.

WHO (World Health Organization). Tuberculosis (TB). [online]. Disponível em Acessado em 20 de agosto de 2018.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n3-247

Refbacks

  • There are currently no refbacks.