Cuidados de enfermagem ao paciente acometido por infarto agudo do miocárdio: uma revisão integrativa / Nursing care for patients affected by acute myocardial infarction: an integrative review

Rafael Antunes da Silva, Diego de Jesus França, Patrícia de Paula Marins dos Reis, Silvia Lima Petroceli dos Santos

Abstract


A Síndrome Coronariana Aguda (SCA) compreende um termo operacional que define uma gama de sintomas clínicos compatíveis, com isquemia miocárdica aguda. O curto intervalo de tempo para o início do tratamento é de extrema importância, pois está relacionado ao melhor prognóstico dos pacientes. Esse estudo consiste em uma revisão integrativa da literatura onde se objetivou identificar nas produções científicas publicadas, as ações realizadas pelos enfermeiros durante o atendimento de um paciente com dor torácica, sugestiva de isquemia miocárdica aguda no serviço de emergência hospitalar. A busca de artigos indexados foi realizada nas bases de dados da Biblioteca Virtual de Saúde, Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências em Saúde, de janeiro de 2019 a abril de 2019. Foram analisados 08 artigos e um Manual da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Conclui-se nessa revisão ressaltou a importância de estruturar as ações do cuidado de saúde por meio de protocolos de atendimento aos pacientes acometidos por infarto agudo do miocárdio.


Keywords


infarto do miocárdio, enfermagem, emergência.

References


ANDRADE, K.B.S., et al. A Avaliação Do Tempo De Espera Do Eletrocardiograma Inicial Em Pacientes Com Síndrome Coronariana Aguda. Revista de Enfermagem da UERJ, Rio de Janeiro, v. 23, n. 4, p. 443-448, jul/ago, 2015. Disponível em: . Acesso em: 10 jan. 2019.

CARVALHO, D.C.; PAREJA, D.C.T.; MAIA, L.F.S. A Importância Das Intervenções De Enfermagem Ao Paciente Com Infarto Agudo Do Miocárdio. Revista Recien, São Paulo, v. 3, n. 8: p. 5-10, 2013. Disponível em: . Acesso em: 10 jan. 2019.

CAVEIÃO, C., et al. Dor Torácica: Atuação Do Enfermeiro Em Um Pronto Atendimento De Um Hospital Escola. Revista de Enfermagem do Centro Oeste Mineiro, Minas Gerais, v. 4, n. 1, p. 921-928, jan/abr, 2014. Disponível em: . Acesso em: 10 jan. 2019.

COSTA, T.F.; CEOLIM, M.F. A Enfermagem Nos Cuidados Paliativos À Criança E Adolescente Com Câncer: Revisão Integrativa Da Literatura. Revista Gaúcha de Enfermagem, Porto Alegre, v. 31, n. 4, p. 776-784, dez, 2010. Disponível em: . Acesso em: 10 jan. 2019.

CUNHA, G. H., et al. Diagnósticos De Enfermagem Segundo A Teoria Do Autocuidado Em Pacientes Com Infarto Do Miocárdio. Revista Aquichan, Chía - Colômbia, v. 18, n. 2, p. 222-233, 2018. Disponível em: . Acesso em: 15 jan. 2019.

MAIER, G.S.O.; MARTINS, E.A.P.; DELLAROZA, M.S.G. Indicadores Pré-Hospitalares Na Avaliação Da Qualidade Da Assistência Ao Paciente Com Síndrome Coronariana Aguda. Revista Gaúcha de Enfermagem, Rio Grande do Sul, v. 36, n. 3, p. 49-55, set, 2015. Disponível em: . Acesso em: 15 jan. 2019.

RESOLUÇÃO COFEN Nº 423/2012. Normatiza, no Âmbito do Sistema Cofen/Conselhos Regionais de Enfermagem, a Participação do Enfermeiro na Atividade de Classificação de Riscos. Disponível em: . Acesso em: 15 jan. 2019.

SAMPAIO, E.S.; MUSSI, F.C. Cuidado De Enfermagem: Evitando O Retardo Pré Hospitalar Face Ao Infarto Agudo Do Miocárdio. Revista de Enfermagem da UERJ, Rio de Janeiro, v. 17, n. 3, p. 442-446, jul/set, 2009. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2019.

SANTOS, F.G., et al. Avaliação Da Qualidade Do Atendimento Ao Paciente Com Síndrome Coronariana Aguda No Serviço De Emergência. Revista Eletrônica de Enfermagem, Goiás, v. 17, n. 4, out/dez, 2015. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2019.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE CARDIOLOGIA. V Diretriz da Sociedade Brasileira de Cardiologia Sobre Tratamento do Infarto Agudo do Miocárdio com Supradesnível do Segmento ST. Revista da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Rio de Janeiro, v. 105, n. 2, Suplemento 1, ago, 2015. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2019.

VIEIRA, A.C., et al. Percepção Dos Enfermeiros De Emergência Na Utilização De Um Protocolo Para Avaliação Da Dor Torácica. Texto Contexto Enfermagem, Santa Catarina, v. 25, n. 1, 2016. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2019.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n3-239

Refbacks

  • There are currently no refbacks.