Osteossíntese de fratura de parede anterior do seio frontal - relato de caso / Osteosynthesis of anterior sinus wall fracture - case report

Daniel Facó da Silveira Santos, Eliardo Silveira Santos, George Matos Ferreira Gomes Júnior, Felipe Gomes Xavier, Jéferson Martins Pereira Lucena Franco, Anderson Maia Meneses, José Valdir Pessoa Neto

Abstract


O trauma facial é considerado como a principal causa de lesões temporárias ou permanentes que podem levar a alterações funcionais e/ou estéticas ao respectivo paciente. Vítimas de fraturas craniofaciais complexas envolvendo o osso frontal podem apresentar deformidade facial que varia de acordo com a gravidade e intensidade do trauma. Dessa forma, o objetivo deste trabalho foi relatar um caso de fratura da parede anterior do seio frontal durante prática desportiva, bem como seu tratamento. Paciente, M.C.C., gênero masculino, 20 anos, compareceu a um serviço de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial da cidade de Fortaleza – CE, após ser vítima de trauma em face por atividade desportiva. Ao exame clínico, observou-se equimose periorbital do lado esquerdo e perda de projeção em região frontal à esquerda. Ao exame de imagem por tomografia computadorizada, pôde-se observar fratura da parede anterior do seio frontal à esquerda com deslocamento. O tratamento se deu por abordagem em centro cirúrgico sob anestesia geral para redução e fixação dos seguimentos ósseos fraturados utilizando-se placas e parafusos do sistema 1.5mm. O paciente encontra-se com 6 meses de pós-operatório, sem queixas estéticas ou funcionais. O manejo cirúrgico dos pacientes vítimas de trauma em face deve ser realizado sempre que bem indicado, avaliando-se os exames clínicos e imaginológicos com bastante critério afim de se estabelecer um correto plano de tratamento que promova o menor grau de morbidade ao paciente além de devolver seu aspecto estético e funcional à maneira que era antes do trauma.

 

 

 

 


Keywords


Trauma, osso frontal, tratamento.

References


BALLIN, Carlos et al. Epidemiological profile of 277 patients with facial fractures treated at the emergency room at the ENT Department of Hospital do Trabalhador in Curitiba/PR, in 2010. International Archives Of Otorhinolaryngology, [s.l.], v. 16, n. 04, p.437-444, 10 dez. 2013. Thieme Publishing Group. http://dx.doi.org/10.7162/s1809-97772012000400003.

LESSA, Edmar Soares et al. Fraturas do seio frontal: conduta em relação ao ducto nasofrontal. Revista Brasileira de Cirurgia Plástica, Rio de Janeiro, v. 102, n. 1, p. 19-20, set. 2010.

CONCI, Ricardo Augusto; MARTINS, José Ricardo Pereira; TOMAZI, Flávio Henrique. Surgical Treatment of Frontal Sinus Fracture. Rev. Cir. Traumatol. Buco-maxilo-fac, Camaragibe, v. 12, n. 2, p.31-36, abr./jun. 2012.

JARDIM, Ellen Cristina Gaetti; SANTIAGO JÚNIOR, Joel Ferreira; GUASTALDI, Fernando Pozzi Semeghini. FRATURA DO SEIO FRONTAL: RELATO DE CASO. Revista Odontológica de Araçatuba, Araçatuba, v. 31, n. 2, p.35-39, jul./dez. 2012.

MONTOVANI, Jair Cortez et al. Cirurgia das fraturas do seio frontal: estudo epidemiológico e análise de técnicas. Revista Brasileira de Otorrinolaringologia, [s.l.], v. 72, n. 2, p.204-209, abr. 2006. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/s0034-72992006000200009

PRADO, Felippe Bevilacqua et al. Analysis of the Frontal Sinus Morphology and the Titanium Plates Shape in Skull Fracture for Human Identification. International Journal Of Odontostomatology, [s.l.], v. 10, n. 2, p.303-308, ago. 2016. SciELO Comision Nacional de Investigacion Cientifica Y Tecnologica (CONICYT). http://dx.doi.org/10.4067/s0718-381x2016000200018

SANTOS, Mikle Bruno Pessoa; CAVALIERI, Irio; ARAðJO, Marcelo Marotta. Tratamento de fratura do seio frontal seguido da obliteração do sistema de drenagem: relato de caso. Revista Portuguesa de Estomatologia, Medicina Dentária e Cirurgia Maxilo Facial, Lisboa, v. 4, n. 51,p.210-230, 22 maio 2012

SILVA, Jonathan Ribeiro da et al. Treatment of frontal bone fracture sequelae through inversion of the bone fragment. Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, [s.l.], v. 43, n. 6, p.472-475, dez. 2016. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/0100-69912016006011

SIQUEIRA, Evandro José; ALVAREZ, Gustavo Steffen; BOLSON, Patricia Borchadt. ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR DO TRAUMA FACIAL GRAVE. Revista da Amrigs, Porto Alegre, v. 58, n. 4, p.275-280, out./dez. 2014.

TOMAZI, Flávio Henrique Silveira et al. Fratura panfacial: relato de caso. Archives Of Oral Research, [s.l.], v. 9, n. 472, p.91-96, jan./abr. 2013. Pontificia Universidade Catolica do Parana - PUCPR. http://dx.doi.org/10.7213/archivesoforalresearch.09.001.rc02

Universidade de Maringá. Retrospective study of frontal bone fractures at State University of Maringá between 2009-2012.2012. Disponível em: . Acesso em: 16 set. 2017.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n3-230

Refbacks

  • There are currently no refbacks.