Combate ao Aedes Aegypti e investigação epidemiológica de dengue na área de abrangência da unidade de atenção primária à saúde Sebastião Amorim II / Combating Aedes Aegypti and epidemiological investigation of dengue in the area of coverage of the primary health care unit Sebastião Amorim II

Rúbia Cecília Barbone e Melo, Anna Paula Ferreira, Eliardo Nunes de Melo, Isabelle Cristina Cambraia, Luísa Catão Alves Ribeiro de Castro, Múcio Costa Loureiro, Frederico Vilani Vilela

Abstract


Dengue, Zika e Chikungunya são doenças virais que têm se tornado um grande problema de saúde pública no Brasil. Segundo o Ministério da Defesa (2015), 80% dos focos de criadores do mosquito encontram-se no interior e ao redor das residências. De acordo com os registros no Sistema de Informação de Agravos de Notificação, em 2012 notificou-se 77 casos em Patos de Minas, hoje este número até o mês de maio de 2016 já se encontra em torno de 233 casos. Dada a gravidade da situação, este trabalho objetivou a busca ativa de focos de proliferação e medidas de conscientização da população em especial da Unidade Básica de Saúde Sebastião Amorim II no intuito de reduzir a incidência do número de casos e direcionar o problema para os órgãos públicos responsáveis com embasamento teórico e prático.

 


Keywords


Dengue, Epidemiologia, Saúde Pública, Promoção da Saúde.

References


FLORIANÓPOLIS. Secretaria de Saúde. Alerta Epidemiológico: Dengue, Zika, Chikungunya. Diretoria de Vigilância em Saúde. Florianópolis, 2015. 7p. Disponível em: . Acesso em 05 maio. 2016.

SINAN. Dengue: Notificação segundo Região de Saúde. Minas Gerais, 2012. Disponível em: . Acesso em 07 maio. 2016.

PATOS DE MINAS. Secretaria de Saúde. Incidência de Dengue no Município de Patos de Minas. Diretoria de Vigilância Epidemiológica. Patos de Minas, 2016.

BRASIL. Dengue: aspectos epidemiológicos, diagnóstico e tratamento. Ministério da Saúde. Fundação Nacional de Saúde, Brasília, 2002. Disponível em: . Acesso em 08 junho. 2016.

BRASIL. Ministério da Defesa. Informativo sobre a saúde preventiva. Exército Brasileiro. Departamento Geral do Pessoal. Diretoria de Saúde, v.5, n. 1, 2015.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n3-222

Refbacks

  • There are currently no refbacks.