Manejo nutricional de pacientes com Lesão por Pressão em Terapia Intensiva / Nutritional management of patients with Intensive Care Pressure Injury

Danielly Ramalho de Oliveira, Ivaneide Marques de Araújo, Fernanda Mayara Moreira Cavalcante, Carla Laíne Silva Lima, Marcelo Oliveira Holanda, Luciana Pereira dos Santos, Natalia do Vale Canabrava, Sandra Machado Lira

Abstract


Existem várias complicações frequentes da Lesão por pressão em pacientes graves, impactando diretamente sobre sua recuperação e qualidade de vida. Considerando-se a importância dos aspectos nutricionais para a prevenção e tratamento da LPP nos pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva, o presente trabalho teve como objetivo analisar e comparar a dieta prescrita pelo o profissional de nutrição com as recomendações da literatura, nos aspectos de oferta calórica e proteica. O estudo foi desenvolvido na UTI de um Hospital da rede pública em Fortaleza. Apesar de não ter sido encontrado na literatura nenhum estudo que comparasse a dieta prescrita pelo nutricionista com as recomendações da literatura, chegou-se à conclusão que o estado nutricional deficiente do paciente de UTI está diretamente correlacionado com o desenvolvimento de lesões por pressão, e que a proteína é de suma importância para a prevenção e tratamento da LPP.

 


Keywords


Lesão por pressão, UTI, Estado nutricional

References


Sanders LSC, Pinto FJM. Ocorrência de úlcera por pressão em pacientes internados em um hospital público de Fortaleza-CE. Rev. Min. Enferm. 2012 [acesso 10 de abril de 2020];16(2):166-170. Disponível em: http://www.reme.org.br/artigo/detalhes/515

National Pressure Ulcer Advisory Panel (NPUAP). Announces a change in terminology from pressure ulcer to pressure injury and updates the stages of pressure injury, 2016. Disponível em: https://www.woundsource.com/blog/national-pressure- ulcer-advisory-panel-npuap-announces-change-in-terminology-pressure-ulcer

Rocha FDRR, Oliveira DC, Carvalho ARB, Leal MG. Produção científica sobre as abordagens preventivas das úlceras por pressão. Rev. Interd. 2013;6(4):196-204.

Rogenski NMB, Kurcgant P. Incidência de úlceras por pressão após a implementação de um protocolo de prevenção. Rev. Latino-Am. Enferm. 2012;20(2):333-339. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S010411692012000200016&lng=en

Borghardt AT. Avaliação de risco e de fatores preditores para desenvolvimento de úlcera por pressão em pacientes críticos. 2013. Espírito Santo: Universidade Federal do Espírito Santo - Dissertação (Pós graduação em Enfermagem), 2013.

Rolim JA, Vasconcelos JMB, Caliri MHL, Santos IBC. Prevenção e tratamento de úlceras por pressão no cotidiano de enfermeiros intensivistas. Rev. Rene [Internet]. 2013 [acesso 10 deabril2020];14(1):14857.Disponívelem:http://www.periodicos.ufc.br/rene/article/view/3346/2584

Dalapicola MM. A importância do suporte nutricional em pacientes portadores de úlcera de pressão. Cad. Saúde Desenv. 2013;2(2):76-89.

Organización Panamericana de la Salud. División de Promoción y Protección de la Salud (HPP). Encuesta Multicentrica salud beinestar y envejecimiento (SABE) em América Latina el Caribe: Informe Preliminar [Internet]. In: XXXVI Reunión del Comité asesor de investigaciones em Salud; 9-11 jun 2001; Kingston, Jamaica: OPAS, 2002 [acesso em 10 de abril 2020]. Disponível em: www.opas.org/program/sabe.htm

Sales MCM, Borges EL, Donoso MTV. Risco e prevalência de úlceras por pressão em uma unidade de internação de um hospital universitário de Belo Horizonte. Rev. Min. Enferm. 2010;14(4):566-75.

Stein EA, Santos JLG, Pestana AL, Guerra ST, Prochnow AG, Erdmann AL. Ações dos enfermeiros na gerência do cuidado para prevenção de úlceras por pressão em unidade de terapia intensiva. Rev. de Pesquisa Cuidado é Fundamental Online [Internet].2012;4(3):26052612.Disponívelem:https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=505750894018

Lima APG, Lima CG, Gonçalves O, Oliveira, IR. O uso terapêutico da papaína em úlceras por pressão. Revista do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa e Extensão. Patos de Minas: UNIPAM 2011;8(1):12-31.

Perrone F, Paiva AA, Souza LMI, Faria CS, Paese MCS, Aguilar-Nascimento JE, et al. Estado nutricional e capacidade funcional na úlcera por pressão em pacientes hospitalizados. Rev. Nutr. [Internet]. 2011;24(3):431-438. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1415-52732011000300006

Prado YS, Tiengo A, Brasil AC. A influência do estado nutricional no desenvolvimento de lesões por pressão em pacientes suplementados. RBONE-Rev. Bras. de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento. 2017;11(68),699-709.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n3-204

Refbacks

  • There are currently no refbacks.